Ainda dá tempo de conferir a Bienal do Automóvel

Os fãs têm hoje e amanhã para conferir todas as atrações da segunda edição do evento. Confira o que os visitantes estão achando do evento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/12/2009 11:17 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
O casal Marcos Paulo e Laura Maria no corredor dos veículos antigos - Beto Magalhaes/EM/D.A Press O casal Marcos Paulo e Laura Maria no corredor dos veículos antigos

A Bienal do Automóvel abriu as portas ao público na quarta-feira e quem ainda não foi ao evento só tem até amanhã para conferir as atrações. Em sua segunda edição, a relevância da mostra não são os lançamentos, mas a ótima oportunidade dos mineiros verem de perto as últimas novidades dos principais fabricantes de veículos do país, além de modelos mais difíceis de se encontrar pelas ruas, sem contar os veículos especiais em exposição e todas as atividades. "O objetivo é que a Bienal seja o segundo maior evento automotivo do país", afirma Hudson Navarro, diretor do evento.

A estrela da festa é o Audi R8, com seu motor V10, que desenvolve 525hp de potência e alcança velocidade máxima de 316km/h. O comerciante Hilário Alves de Brito, que estava em um pequeno grupo de admiradores do superesportivo, disse que, se ganhar na Mega-Sena, este seria o carro escolhido para sua nova vida de milionário. O R8 já pode ser comprado no Brasil por R$ 696.500.

Outro bólido que está chamando a atenção na Bienal é o Fórmula 1 da Renault, pilotado por Fernando Alonso no último campeonato. "Nunca tinha visto uma máquina dessa tão de perto. Só uma réplica. Em 2006, eu até assisti um grande prêmio em Indianápolis (nos Estados Unidos), mas é claro que não deu para ver assim, parado e tão de perto", conta o estudante Marcus Braga, fã de Fórmula 1.

No corredor dedicado aos antigos chamava a atenção um senhor de olho nas relíquias em exposição, acompanhado por seu neto um tanto desinteressado. Mas o aposentado Edson Gino Alves garantiu que o neto é apaixonado por automóveis e foi ele quem deu a ideia de ir à Bienal, já que não foi possível visitar o último Salão de São Paulo. O garoto, Rafael Alves dos Reis, explicou que gosta de carros sim, mas sua preferência é pelos modelos atuais, como o Nissan GT-R.

ITALIANOS

O estande da Fiat reuniu um grupo de italianos que moram em Belo Horizonte em torno de um Fiat 500. O comerciante Palmino Andreetto falava que seu primeiro carro foi um Cinquecento (o das antigas, é claro). "Gostava tanto do carrinho que eu até chorei quando vendi o meu", garante o italiano. Seu compatriota, o empresário Roberto Guglielmotto, explica que o sentimento dos italianos pelo Cinquecento é semelhante ao que os brasileiros têm pelo Fusca. "Em minha lua de mel eu rodei 2.400 quilômetros com um Fiat 500", conta Roberto.

O carismático Mini Cooper também reuniu seus admiradores. "Ainda não é comum ver esse carro pelas ruas de Belo Horizonte, por isso estou aqui fotografando e vendo os detalhes", disse o autônomo Wesley de Souza, que gosta do design retrô do modelo inglês. Outros carros que têm recebido muitas visitas são dois Nissan GT-R, uma Ferrari 355, um Camaro SS e um Challenger STR.

ANTIGOS

A sessão de antigos também está reunindo muitos visitantes. Otávio Pinto de Carvalho, curador da mostra e vice-presidente do Veteran Car Club de Minas Gerais, explica que o ambiente principal de veículos antigos representa uma breve evolução da história do automóvel, que começa por um Schacht de 1902.

VEJA MAIS FOTOS DOS CARROS ANTIGOS


Outro ambiente traz uma seleção de esportivos nacionais, como o Interlagos, Brasinca, GT Malzoni, Karmann-Ghia, Puma e SP1. Ao lado desse estande, o visitante pode ver alguns esportivos importados, como a Mercedes-Benz 300 SL, Ferrari 308 GTS, Corvette Stingray e até uma Lamborghini Diablo. Marcos Paulo Correa veio da cidade mineira de Carandaí especialmente para a Bienal. Ele conta que prefere os veículos antigos, mas faz uma ressalva para alguns modelos atuais, como o Camaro SS.

VRUM

No estande do Vrum, o pequeno Ezequiel Starling de Castro, de 5 anos, tirava fotos dentro do Porsche exposto ali. Seu pai, Dayan Botelho, disse que o pequeno adora carros e pediu para ir ao evento. O empresário Alessandro Dias Leão também estava no ambiente do Vrum se divertindo no simulador de corridas, em que os comandos e o assento reagem de acordo com o que acontece no game. "Quero sentir a emoção de estar dentro desses carros", disse Alessandro.

BIENAL DO AUTOMÓVEL 2009
De 9 a 13 de dezembro, no Complexo de Exposição Gameleira
Avenida Amazonas, 6.030, Gameleira, Belo Horizonte
Transporte público: O local do evento é ao lado de uma estação do metrô, ligado por uma passarela. Também existem várias linhas de ônibus que passam pela Avenida Amazonas. Os táxis poderão deixar e pegar os passageiros dentro do Expominas.
Preço do estacionamento: R$ 15
Informações: www.bienaldoautomovel.com.br
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
20 de dezembro de 2016
16 de dezembro de 2016

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação