Honda CB 600F Hornet 2007 - Roupa nova

Mudança foi radical, incluindo motor e quadro: moto passa a ter aspecto mais agressivo e esportivo, além de menor peso e ser equipada com injeção eletrônica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/10/2006 22:39 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Visual modernizado pela Honda Itália ganhou escape baixo e faróis assimétricos - Fotos: Honda/Divulgação Visual modernizado pela Honda Itália ganhou escape baixo e faróis assimétricos
A novíssima Honda Hornet 600 acaba de ser lançada na Europa e dá salto de uma década. Completamente nova, agora usa o motor da poderosa superesportiva CBR 600RR, modelo 2007, com injeção eletrônica, enquanto a antecessora, que é importada oficialmente para o Brasil, é equipada com o propulsor da CBR 600F de 1997. O visual tem proposta mais radical e jeitão street fighter (guerreiro urbano), além de escape, quadro, rodas, freios, painel e farol totalmente novos.

O salto, como na história do sapo (se não pula, morre de fome), também foi motivado pela concorrência, que avançou no segmento, com modelos mais modernos. Para mudar o visual, a matriz japonesa pediu socorro à filial Itália, que aplicou o reconhecido e badalado estilo italiano no modelo. O resultado foi uma nova moto, mais agressiva, com farol assimétrico de duas lâmpadas e painel que lembra um pouco a também italiana Cagiva Raptor e até as concorrentes nipônicas Kawasaki Z750 e ER 6n.

Alma

A personalidade e identificação do modelo, porém, não foram alteradas. Já o quadro, com arquitetura de uma viga, normalmente são duas que sustentam o motor, agora é em alumínio, fabricado com técnicas siderúrgicas avançadas. A balança da suspensão traseira também é em alumínio. O conjunto, que também ganhou novas rodas em liga leve de 17 polegadas e cinco raios, além do motor mais compacto e moderno, teve o peso reduzido em cinco quilos em relação ao modelo anterior, passando para 173 kg a seco.
Motor agora é o da CBR 600 RR 2007, com injeção eletrônica. Já os freios podem ter opcionalmente sistema ABS - Motor agora é o da CBR 600 RR 2007, com injeção eletrônica. Já os freios podem ter opcionalmente sistema ABS

Ainda no visual, a lanterna traseira ficou mais afilada e ganhou leds na iluminação. O painel, inclinado para o piloto, fica em uma espécie de topete acima do farol, e tem informações analógicas e digitais conjugadas. O novo escape é um dos destaques. Agora tem saída baixa e curta, para centralizar as massas e rebaixar o centro de gravidade, seguindo tendência de estilo. A tarefa, porém, exigiu uma complicada ginástica dos tubos, que ficam de um lado, enquanto o abafador, uma enorme marmita em forma de bala, fica do outro, em uma solução para lá de intrigante.

Usina

O motor da superesportiva CBR 600RR foi devidamente amansado para cumprir as exigências do segmento naked ou street fighter, e equipar a nova Hornet 600. O motor de quatro cilindros em linha, 16 válvulas e refrigeração líquida é equipado com injeção eletrônica de última geração, que rendem 102 cv a 12 mil rpm e torque de 6,35kgfm a 10.500 rpm. Um acréscimo de 5,5 cv, que aliados à maior tecnologia e menor peso do conjunto, representa salto de qualidade e desempenho.

Os freios foram modernizados. Na dianteira, há dois discos de 296 mm e na traseira, um disco de 240 mm. Entretanto, agora podem ser equipados opcionalmente com sistema ABS e CBS, que distribui a freada nas duas rodas, independentemente da vontade do piloto. A suspensão dianteira é telescópica, com tubos de 41 mm e 120 mm de curso. A traseira é mono regulável, com 128 mm. O câmbio tem seis marchas, o tanque, 19 litros e a chave, sistema antifurto.
Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
19 de setembro de 2017
11 de setembro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação