Kawasaki ER-6n – Dois é bom

Com motor de dois cilindros paralelos, modelo chega ao mercado em janeiro, com nacionalidade brasileira, visual agressivo e preço competitivo diante da concorrência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/12/2009 09:54 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Fotos Kawasaki/Divulgação
Apresentada oficialmente ao público brasileiro durante o 10º Salão das Duas Rodas de São Paulo, em outubro, o modelo Kawasaki ER-6n vai chegar ao consumidor em janeiro. A motocicleta, lançada mundialmente em 2005, é a terceira fabricada no Brasil pela Kawasaki na linha de montagem instalada em Manaus. As outras são a Ninja 250R e a naked Z-750. A nova motocicleta nacional é equipada com motor de dois cilindros paralelos, com 649cm³, refrigeração líquida, oito válvulas e injeção eletrônica, que fornece 72,1cv a 8.500rpm e torque de 6,7kgfm a 7.000rpm.

Veja mais fotos da Kawasaki ER-6n!

O novo modelo é fruto do esforço da marca para recuperar o mercado perdido, quando era representada por terceiros. Nesse período, apesar da força do nome, o consumidor ficou desamparado e a sua imagem seriamente arranhada. Mas desde 15 de outubro de 2008 a Kawasaki Motores do Brasil assumiu oficialmente as operações no país, inaugurando sua fábrica em Manaus um ano depois, tornando-se a primeira unidade fabril da marca na América Latina. Paralelamente, também vai ampliando sua rede de concessionárias. A ER-6n inicia 2010 como parte dessa missão.

Estratégia

Além de tentar restabelecer um dos pilares básicos de mercado, completamente abandonados até então, com um pós-vendas e assistência técnica convincentes, a Kawasaki ataca no lado comercial, com uma política de preços agressiva. A nova ER-6n será comercializada por R$ 25.990, já incluindo frete e seguro. Para seduzir o consumidor, o modelo apresenta como uma das principais virtudes a boa faixa de torque, que facilita o uso no dia a dia, inclusive no trânsito complicado das grandes cidades, e também no lazer dos fins de semana, com a possibilidade de encarar as estradas sem problemas.

O amortecedor traseiro foi deslocado para a lateral do quadro - O amortecedor traseiro foi deslocado para a lateral do quadro


A arquitetura de motor com dois cilindros paralelos, montado sobre coxins de borracha para reduzir vibrações, deixa o modelo mais estreito e leve, proporcionando agilidade nas mudanças de direção e na convivência com o labirinto do tráfego urbano. Nas estradas, por outro lado, pode sofrer um pouquinho nas retas mais longas. O visual também é agressivo. O estilo naked, ou sem roupa, não comprometeu a personalidade. Na dianteira, a ER-6n tem um conjunto de faróis empilhados de grandes proporções. No topo, o painel funciona como um apêndice e, diferentemente da maioria dos modelos do segmento, tem o velocímetro como destaque, em vez do contagiros, que é digital.

Trilho

Para quem pega estrada com freqüência, a marca tem como opcional uma pequena bolha que melhora o conforto aerodinâmico. Outro detalhe de estilo chama a atenção. O escape tem saída baixa e compacta sob o motor, como uma espécie de limpa trilhos. A providência ajuda a centralizar e rebaixar as massas e também deixa o conjunto traseiro mais limpo. As dimensões compactas, com entre-eixos de 1.405mm, exigiram um quadro estudado, construído com tubos e peças moldadas, que deslocaram o amortecedor traseiro para a lateral direita da moto. Com possibilidade de regulagens, tem 125mm de curso.

O amortecedor dianteiro é convencional, com 120mm de curso e barras com 41mm de diâmetro. As rodas são de liga leve, com aros de 17 polegadas, como nos modelos esportivos, para conferir maior agilidade em trechos sinuosos. O freio dianteiro tem duplo disco, estilo margarida, com 300mm de diâmetro e pinças radiais. O freio traseiro, também estilo margarida, tem 220mm de diâmetro. Ainda no visual, as setas dianteiras são integradas nas capas do radiador e a lanterna traseira tem lâmpadas LEDs. O peso a seco é de 174kg, o câmbio de seis marchas e o tanque comporta 15,5 litros. Informações na Moto Cidade: (31) 3378-8000.
Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
21 de agosto de 2017
14 de agosto de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação