Kawasaki Vulcan 900 Custom - Preto básico

Equipado com o tradicional motor de dois cilindros em V e injeção eletrônica de combustível, novo modelo tem pintura em tons escuros e pedaleiras avançadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/04/2010 16:28 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Fotos: Kawasaki/Divulgação
Inegavelmente, a base do mercado brasileiro de motocicletas é composta pelo segmento utilitário de modelos de baixa cilindrada. Entretanto, vai dando claros sinais de amadurecimento, com uma variada gama e sequência de lançamentos, inclusive de modelos de maior cilindrada, para um público-alvo bastante específico. Esses sinais ficam ainda mais evidentes com o lançamento da Kawasaki Vulcan 900 Custom, SE, Special Edition, disponível desde o mês passado nas revendas e que é uma versão da Vulcan 900 Classic, já comercializada oficialmente no Brasil. Dois modelos que usam a mesma base mecânica e praticamente o mesmo nome.

Características de um mercado cada vez mais exigente, que permite a convivência de modelos semelhantes, porém com diferenças técnicas que possibilitam o encaixe em nichos mais específicos, para atender as exigências sutis dos consumidores. A Vulcan 900 Custom, apresentada ao público durante o Salão Das Duas Rodas, em outubro do ano passado, em São Paulo, chega agora ao mercado, com características mais esportivas em relação ao modelo Classic. O motor tem a tradicional arquitetura com dois cilindros em V, mas conta com refrigeração líquida (o radiador fica quase camuflado) e injeção eletrônica de combustível.

Borracha


Com 903cm³, quatro válvulas por cilindro, potência de 50cv a 5.700 rpm e torque de 8,0Kgfm a 3.700rpm, o motor tem ainda balanceiros no virabrequim e está montado em coxins de borracha, para tentar minimizar as vibrações características deste formato de propulsor. A Kawasaki, japonesa de Akashi, depois de apanhar no Brasil com representantes sem compromisso com o consumidor, resolveu assumir ela própria o negócio, instalando uma fábrica em Manaus, Amazonas, além de ampliar a rede de concessionárias. Essa operação está permitindo também a diversificação da linha de motocicletas, como a nova Vulcan 900 Custom.

Outra característica do novo modelo Custom são as rodas de liga leve, em vez das tradicionais raiadas. Na dianteira, aro maior, de 21 polegadas, calçado com pneu 80/90, mais fino do que o da irmã Classic. O para-lama também é menos envolvente. Já a roda traseira, do tipo maciça, tem aro de 15 polegadas e um respeitável pneu, com borracha de 180mm de largura. A pintura também é diferente. O preto, espécie de curinga no mundo fashion, predomina inclusive na roda dianteira, com tonalidades sólidas e foscas, fazendo um interessante contraste com os cromados dos longos escapes duplos e suas pontas chanfradas, capas de setas e retrovisores, fornecendo um certo ar de sofisticação e requinte.

Esticada

Outro cacoete custom são as pedaleiras. Posicionadas mais à frente, deixam as pernas do piloto esticadas, favorecendo também a inclinação nas curvas, já que não raspam no chão com tanta facilidade, se comparadas às plataformas de pés disponíveis na irmã Classic. O guidão também é diferente. Mais estreito e plano, revela uma disposição ligeiramente esportiva, embora velocidade não seja a prioridade desse segmento, que presa mais o vigor do motor em baixos giros e o conforto. Nesse quesito, a Vulcan Custom 900 conta com um enorme banco para o piloto, tipo poltrona, em duas tonalidades, e que fica a apenas 685mm do chão.

A versão apresentada no Salão de São Paulo chega agora por R$ 34.990 - A versão apresentada no Salão de São Paulo chega agora por R$ 34.990


As suspensões também ajudam, com cursos um pouco mais longos. Na dianteira, um garfo do tipo telescópico, com tubos de 41mm de diâmetro e 150mm de curso. Na traseira, o sistema mono, com curso de 100mm e possibilidade de sete regulagens, para maltratar menos a coluna e os rins do piloto. O freio dianteiro tem disco único de 300mm de diâmetro e o traseiro, 270mm. O câmbio tem cinco marchas e a transmissão final é por correia dentada. O quadro é em aço, tipo berço duplo, e o painel, com velocímetro e tela digital, fica sobre o tanque, que comporta 20 litros. A nova Kawasaki Vulcan 900 Custom custa R$ 34.990. Informações: (31) 3378-8000.

Gosta de motos? Não deixe de visitar a MotoFair, que abre as portas para o público no dia 22, na quinta-feira. Clique no link abaixo e confira o que vai rolar no evento.

Leia mais sobre a Moto Fair.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
17 de outubro de 2017
09 de outubro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação