Triumph Tiger 800

Trinca nervosa

A nova moto chega ao mercado mundial, equipada com motor de três cilindros em linha e em duas versões de acabamento: uma estradeira e outra mista cidade e campo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/01/2011 17:41 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Fotos: Triumph/Divulgação
Apresentadas em novembro, no Salão de Milão, Itália, a nova Triumph 800 e sua versão XC, de utilização mista cidade e campo, finalmente estrearam no mercado na última sexta-feira. A marca inglesa, representada no Brasil pela Imocx (Grupo Izzo), já comercializa aqui o modelo Tiger 1050, que agora ganha a companhia da irmã menor, embora ainda sem prazo e preço definidos. Assim como a irmã maior, a nova Tiger 800 tem motor de três cilindros em linha, desenvolvido especialmente para o modelo. A marca tem apostado nesta arquitetura, que equipa diversos modelos de sua gama, passando inclusive pela superesportiva Daytona 675.

A equação desta trinca permite um motor mais estreito que o do tipo quatro cilindros em linha, mas um funcionamento igualmente “redondo”, além de se aproximar dos resultados de torque, proporcionados pelos motores com dois cilindros em V. O propulsor da nova Tiger 800, porém tem cerca de 85% de componentes desenvolvidos especialmente para o modelo, que inaugura um novo segmento dentro da família, e está equipado com injeção eletrônica de combustível, refrigeração líquida e quatro válvulas por cilindro, que gera potência de 95cv a 9.300rpm e torque de 8,06kgfm a 7.850rpm. Uma cavalaria bastante nervosa para motor de 799cm³.


Versões Batizada apenas de Tiger 800, a versão “standard” tem rodas de liga leve, com aro de 19 polegadas na dianteira e 17 polegadas na traseira, medidas mais apropriadas para rodar no asfalto e em estradas, que é a sua vocação. Para tanto, conta com pequeno para-brisa, tanque de 18,9 litros e a possibilidade do freio ABS, como opcional. O banco também pode ser regulado na altura, entre 810mm e 830mm do chão, para mais conforto. A versão batizada de XC tem as rodas raiadas, como convém a um modelo que também pode rodar na terra, além de aro dianteiro com 21 polegadas de diâmetro, mais adequado para superar buracos e obstáculos.



O aro traseiro também é de 17 polegadas, mas os pneus são do tipo todo terreno. Além disso, a nova Triumph Tiger 800 XC conta com protetores de mão nas manoplas e um sobre para-lamas dianteiro, ao estilo bico de pato, tornando o modelo bastante parecido com a BMW F 800 GS, que “coincidentemente” também tem motor de 800 cm³ (de dois cilindros paralelos), e proposta igualmente on-off road. Os dois modelos devem disputar o mercado mundial, incluindo o Brasil. O modelo XC também permite a regulagem na altura do banco, variando entre 818mm e 868mm. O motor é comum aos dois modelos, que diferem nas suspensões em função da utilização de cada uma.

Suspensões O modelo standard conta com suspensão dianteira invertida Showa, com tubos de 45mm de diâmetro e 180mm de curso. A suspensão traseira, também Showa, é do tipo mono e tem 170mm de curso. Ambas reguláveis. No modelo XC, a suspensão dianteira, também invertida, tem tubos de 45mm de diâmetro, mas 220mm de curso, enquanto a suspensão traseira tem 215mm de curso. Ambas são da marca Showa reguláveis. O quadro é comum aos dois modelos, construído em tubos de aço em semitreliça, com o motor fazendo parte da estrutura. A balança da suspensão traseira, porém, é em alumínio, e o câmbio, de seis marchas.

Os freios também são comuns. Na dianteira, dois discos de 308mm de diâmetro e na traseira um disco de 255mm. O visual é típico dos modelos de utilização mista, ou on-off road. Escape com saída alta, guidão mais largo e posição de pilotagem mais em pé e relaxada. Os faróis são duplos, mas a Triumph vai oferecer como acessório, faróis auxiliares, além de manoplas aquecidas, sistema de navegação e bolsas para viagem. O painel mescla elementos analógicos, como o conta-giros e uma tela digital, com as demais informações. O peso da moto abastecida atinge a marca de 210 kg, que já nasce merecendo um regime.
O modelo XC tem protetores de mão e para-lamas bico de pato - O modelo XC tem protetores de mão e para-lamas bico de pato

Tags:

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
04 de novembro de 2017
28 de outubro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação