Bateria recarregada

Triumph Speed Triple R 1050 ganha potência e torque com melhores freios e suspensões

Equipada com motor de três cilindros em linha mais potente, Triumph Speed Triple R 1050 também ganhou novas suspensões e freios, além de muita eletrônica, ajustes no quadro e modernizações no visual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 09/08/2016 14:00
O motor ganhou mais vigor e uma entrega de potência regulável - Eduardo Rimoli/Triumph/Divulgação O motor ganhou mais vigor e uma entrega de potência regulável
De Tuiuti (SP) - O figurino visível da nova Speed Triple R 1050 manteve o estilo, com modernizações no visual. Porém, o manequim invisível, dentro do motor, com a tradicional arquitetura de três-cilindros em linha da marca, foi refeito para ganhar potência e torque, o que exigiu também melhores freios e suspensões, além do emprego de muita eletrônica embarcada e ajustes no quadro. Uma ampla reforma, que deixou a naked inglesa com uma pegada esportiva ainda mais explícita, embora também seja capaz de rodar sem tanta pressa nas ruas das cidades.

A mágica da transformação começa pela parte mecânica, com 104 alterações no motor, entre elas, novos pistãos, virabrequim, câmara de combustão, cabeçote, escape, radiador e caixa do filtro de ar. As modificações produziram um aumento de 5cv na potência, que agora atinge 140cv a 9.500rpm, e uma curva de torque mais plana, de 11,4kgfm a 7.850rpm, para ganhar mais força desde os giros mais baixos, facilitando a pilotagem. Com isso, o motor, segundo a engenharia da fábrica, também ficou 10% mais econômico.

ELETRÔNICA A metamorfose invisível continua na eletrônica. A nova central de processamento (ECU) comanda cinco modos de pilotagem, em conjunto com o controle de tração e freios ABS. O modo road para estrada, rain para chuva ou pisos escorregadios, sport para condução mais apimentada, track para pilotagem de pista, com interferência mínima dos sistemas de controle, e rider, no qual o piloto configura do seu jeito o controle de tração e atuação do ABS. Entretanto, se o piloto for teimoso, é só desligar e controlar tudo sozinho.

As suspensões, o controle de tração e o ABS são ajustáveis - Eduardo Rimoli/Triumph/Divulgação As suspensões, o controle de tração e o ABS são ajustáveis
Outro destaque no modelo Speed Triple R (que também tem a versão de entrada Speed Triple S) são as novas suspensões. Na dianteira, um garfo invertido com bengalas Ohlins ajustáveis e 120mm de curso. Na traseira, sistema mono, com 130mm de curso, ancorado em balança monobraço. Os freios também são de grife. Na dianteira, dois discos de 320mm de diâmetro, com pinças radiais monobloco de quatro pistãos Brembo. Na traseira, um disco de 255mm de diâmetro com pinça Nissin.

A posição de comando deixa o piloto preparando para o ataque - Eduardo Rimoli/Triumph/Divulgação A posição de comando deixa o piloto preparando para o ataque
ANDANDO A pilotagem é mais esportiva, com as pedaleiras mais recuadas e o tronco inclinado para frente, embora apoiado em um guidão mais alto. O quadril também fica encaixado no banco bipartido (com o requinte das costuras aparentes), proporcionando uma posição de comando divertida e pronta para atacar as curvas. Para ganhar em agilidade, também em baixas velocidades, o quadro em treliça foi redesenhado e encurtado, reduzindo em 20mm a distância entre-eixos. As rodas são de liga leve de 17 polegadas, calçadas com pneus de alto desempenho.

Eduardo Rimoli/Triumph/Divulgação
No visual, a nova Speed Triple R ganhou uma nova rabeta, inspirada na esportiva Daytona 675 R, novo para-lama dianteiro e novas abas de tanque (com 15,5 litros de capacidade), ambos de fibra de carbono. Os retrovisores ficam nas extremidades do guidão, mas o exótico par de faróis facetados, como olhos esbugalhados, foi conservado, ganhando luz de posição diurna com LEDs. Os novos escapes também conservaram a antiga fórmula de saída alta, embaixo da rabeta. A Speed Triple R 1050 tem preço sugerido de R$ 59.500.

(*) Viajou a convite da Triumph
Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
14 de agosto de 2017
07 de agosto de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação