Sem tremeliques e suor

Harley-Davidson Touring e CVO ganham novos motores e suspensões na linha 2017

Modelos das famílias estradeira e especiais da Harley-Davidson, Touring e CVO 2017 ganharam novo motor, mais forte, rápido, econômico e redondo, equipado com refrigeração líquida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/09/2016 13:49 / atualizado em 05/09/2016 18:53 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
O modelo Road King, rei da estrada, adota o motor Milwaukee-Eight 107 com arrefecimento a ar e óleo - Harley Davidson/Divulgação O modelo Road King, rei da estrada, adota o motor Milwaukee-Eight 107 com arrefecimento a ar e óleo
A americana Harley-Davidson deu mais um passo na modernização de suas motocicletas, apresentando a linha 2017 da família de modelos Touring e CVO. As novas motocicletas ganharam inéditos motores e novas suspensões. Desde seu início, há mais de um século, a Harley-Davidson tem a tradição de batizar seus motores. Assim surgiram os propulsores “cabeça”, ou head, pelo formato peculiar de cada cabeçote, com os dois cilindros refrigerados a ar, começando com os Flathead, seguidos pelos Knucklhead, Panhead e Shovelhead.

Passada essa fase, vieram recentemente os motores Evolution e TwinCam. Agora, em sua linha 2017, partindo do zero, são apresentados os novos motores, com a tradicional arquitetura de dois cilindros em V, inclinados em 45 graus, batizados de Milwaukee-Eight em homenagem à cidade onde foi fundada, e ao novo cabeçote com quatro válvulas por cilindro, totalizando oito. São três versões: 107 Standard, refrigerado a ar e óleo; 107 refrigeração a água; e 114 com refrigeração líquida. O número 107 indica a capacidade em polegadas cúbicas, padrão nos Estados Unidos, que corresponde a 1.750cm³, e 114, a 1.870cm³ de cilindrada.

VIBRAÇÃO
A nova e nona geração de motores, Milwaukee-Eight, atende às rígidas normas ambientais impostas pela Euro 4, na Europa, semelhantes às impostas pelo Promot no Brasil. Mas não é só. Os novos propulsores, projetados com tecnologia de última geração, segundo a montadora, também apresentam redução de 75% no índice de vibração, por conta de novos balanceiros internos e fixação no quadro por coxins de borracha, reduzindo em grande parte uma das características mais marcantes e também uma das mais incômodas e criticadas da marca.

A Touring Ultra Limited tem novo e inédito motor equipado com refrigeração líquida - Harley Davidson/Divulgação A Touring Ultra Limited tem novo e inédito motor equipado com refrigeração líquida
Segundo a montadora, os novos motores, que vão equipar inicialmente os modelos Touring e CVO, também reduzem outra característica bastante desconfortável da marca. O calor que praticamente cozinha as pernas dos pilotos, com a otimização do sistema de exaustão. Além disso, os novos motores também apresentam melhor desempenho, com cerca de 10% a mais de torque, com recuperação mais rápida de velocidade, ao mesmo tempo em que acusa cerca de 11% a menos de consumo de combustível. Com isso, esse tipo de motor também deve ser adotado progressivamente nas demais famílias da marca.

Harley Davidson/Divulgação


A estradeira Street Glide também traz o novo motor de dois cilindros em V - Harley Davidson/Divulgação A estradeira Street Glide também traz o novo motor de dois cilindros em V
BRASIL A linha Touring é composta pelos modelos estradeiros Road King, Street Glide Special, Street Glide, Ultra Limited, Ultra Limited Special, Ultra Limited Low, Electra Glide Ultra Classic, Road Glide, Road Glide Special e Road Glide Ultra. No Brasil, são comercializados os modelos Road King Classic, Street Glide Special e Ultra Limited. A Road King e a Street Glide passaram a adotar o novo motor Milwaukee-Eight 107 Standard arrefecido a ar e óleo, e a Ultra Limited o Milwaukee-Eight 107 com refrigeração a água. Esse sistema, porém, não chega a ser integral e refrigera somente pontos mais críticos do cabeçote.

Customizada de fábrica, CVO Limited tem motor mais forte, Milwaukee-Eight 114 - Harley Davidson/Divulgação Customizada de fábrica, CVO Limited tem motor mais forte, Milwaukee-Eight 114
A linha CVO é composta por modelos customizados de fábrica. Modelos especiais, com pinturas personalizadas e parte técnica preparada, de mais de uma família de modelos. No Brasil, são comercializadas as CVO Street Glide e CVO Limited. Esses modelos receberam em sua linha 2017 motores Milwaukee-Eight 114, que correspondem a 1.870cm³ de cilindrada, equipados com refrigeração líquida. Tanto a nova linha Touring 2017 quanto a CVO 114 estão equipadas com novas suspensões na dianteira e traseira, mais eficientes e também com possibilidade de regulagens.

Tags: touring cvo vrum Harley-Davidson Touring e CVO ganham novos motores e suspensões na linha 2017 Estado de Minas

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
19 de setembro de 2017
11 de setembro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação