BMW Link Concept antecipa as tendências sobre duas rodas

Conectado ao smartphone e equipado com motor elétrico, motocicleta conceito tem desenho ousado e futurista. Baterias podem ser recarregadas ou substituídas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 31/07/2017 19:31 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Os comandos no guidão são sensíveis ao toque - BMW/Divulgação Os comandos no guidão são sensíveis ao toque

Quando uma fábrica apresenta modelos classificados como conceito está sinalizando as tendências que adotarão em futuro não muito distante, como o scooter elétrico BMW Link. Também permite que os projetistas “viagem na maionese”, com mais liberdade para criar protótipos com muita tecnologia e desenho ousado, que vão frequentar exposições, como demonstração de sua capacidade e também para monitorar a reação do público. Depois, desenvolvem a versão “comercial”, adaptando os custos de produção, eliminando os exageros propositais para aumentar a mira dos holofotes.

Apresentado no sofisticado Concorso d`Eleganza Villa d`Este de 2017, à beira do lago de Como, no Norte da Itália, realizado desde 1929, premiando modelos clássicos e históricos, o BMW Link Concept também foi uma espécie de ponte entre o passado e o futuro. O conceito começa pela motorização, que aboliu o tradicional motor a combustão, adotando o elétrico, com emissão zero de poluentes. Um propulsor que vai ganhando participação aceleradamente, em função das normas ambientais cada vez mais rigorosas nos quatro cantos do mundo.

O banco tem estilo tábua de passar roupa - BMW/Divulgação O banco tem estilo tábua de passar roupa

RODA Um dos entraves para este tipo de motor ainda é a sua baixa autonomia, volume e peso das baterias, além do dilatado tempo necessário para a recarga. Para contornar e minimizar estes problemas, as baterias foram posicionadas no assoalho, rebaixando as massas e o centro de gravidade. Além disso, podem ser facilmente destacadas e substituídas por outras carregadas, eliminando a demora no “reabastecimento”. Este posicionamento também abriu espaço para a criação de um porta-malas embaixo do banco, que comporta um capacete e tem tampa deslizante que pode ser acionada com a simples aproximação do braço do piloto.

O motor elétrico tem até marcha à ré - BMW/Divulgação O motor elétrico tem até marcha à ré

O motor também foi deslocado para a parte interna da roda e tem até marcha à ré, para facilitar as manobras. A adoção desse tipo de motor vem se tornando irreversível. Até a americana Harley-Davidson, que cultua os enormes V dois, cujo som já tentou patentear, desenvolveu seu modelo elétrico Live Wire, sem som algum. A Honda e a Yamaha se juntaram (entre outros desenvolvimentos individuais) em um projeto elétrico (E-Kizuma), para a cidade japonesa de Saitama. Nas competições, a Fórmula E, com monopostos elétricos, atrai as montadoras e a Inglaterra, Alemanha e outros países estudam a proibição futura da produção de motores a combustão.

O porta-malas tem acesso com tampa deslizante - BMW/Divulgação O porta-malas tem acesso com tampa deslizante

CELULAR Outra medida irreversível dos tempos modernos adotada pelo BMW link Concept é a integração com o telefone celular. Por meio dele e do acesso à sua agenda, o scooter faz alerta de compromissos, estuda e indica a melhor e mais rápida rota, ou a mais bonita, se houver tempo, e até escolhe as músicas preferidas do piloto para amenizar o caminho. O painel também é futurista. As informações do roteiro, por exemplo, são mostradas via projeção no para-brisa, evitando que o piloto desvie o foco da visão. As outras informações (carga das baterias, por exemplo) são indicadas em outro mostrador abaixo do guidão.

As informações do roteiro são projetadas no para-brisa - BMW/Divulgação As informações do roteiro são projetadas no para-brisa

O piloto também tem à disposição um exótico banco (tipo tábua de passar roupa), com possibilidade de regulagem, inclusive longitudinalmente, e com ressalto lombar, além de iluminação com LEDs na dianteira e na traseira, quase camuflada. Os comandos no guidão são sensíveis ao toque. Já o visual, deixa parte transparente e cabos elétricos propositalmente expostos dos dois lados. Porém, a pintura pode ser customizada conforme o gosto do freguês. As rodas são maciças, com grande distância entre-eixos, e a transmissão, por correia. A suspensão traseira tem único amortecedor posicionado do lado esquerdo.

Tags: vrum mascarenhas teo concept link bmw

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
23 de outubro de 2017
17 de outubro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação