Um inglês popular

Belíssimo Austin Healey 100-4 BN2 foi lançado na década de 50 como esportivo de baixo custo. Recentemente, um exemplar do modelo foi levado a leilão por US$ 80 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/11/2007 15:15 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Pára-brisa pode ficar abaixado para diminuir resistência do ar - Fotos: Catálogo Christies/Reprodução Pára-brisa pode ficar abaixado para diminuir resistência do ar
Em 1906, Herbert Austin fundou aquela que seria uma das maiores fábricas inglesas de automóveis. Depois de conhecer as técnicas de produção em linha de montagem nos Estados Unidos, ele fez com que a Austin inundasse a Europa dos anos 20 com o modelo Seven, de sucesso comparável ao Ford T. Nas décadas seguintes, a montadora lançou vários modelos, alguns com boas participações em competições.

Após a 2ª Guerra Mundial, a Austin passou por dificuldades financeiras e optou por suspender a produção de modelos esportivos. Em 1952, ocorreu a fusão da Austin com a Morris, mas os esportivos continuaram fora da linha de produção. Foi nesse mesmo ano que David Healey apresentou o Healey 100, um spider de dois lugares que tinha como proposta ser o esportivo mais barato da Inglaterra.
Rodas raiadas, pára-choques de metal e linhas arredondadas. Volante de três raios com metal é típico dos anos dourados. Motor 2.6 de quatro cilindros do Austin 90 - Rodas raiadas, pára-choques de metal e linhas arredondadas. Volante de três raios com metal é típico dos anos dourados. Motor 2.6 de quatro cilindros do Austin 90

O carro era equipado com motor quatro cilindros de 2.660 cm³ de cilindrada, o mesmo do Austin A 90. O câmbio era de três marchas e a suspensão dianteira independente. O carro chamou tanto a atenção que a Austin resolveu firmar um acordo com Healey. E, a partir daquele ano, a Austin passou a fabricar o esportivo com o nome de Austin-Healey.

O spider custava mais do que o Triumph TR, modelo de sucesso na época, mas tinha preço menor do que o Jaguar XK. Apesar de todo o entusiasmo em torno do Austin Healey 100, foram produzidas apenas 3.934 unidades do modelo, das quais existem cerca de 500 atualmente. O modelo 100-4 BN2 é considerado uma raridade entre colecionadores. Ele também marcou o fim da série 100.

O carro leiloado no Monterey Jet Center, na Califórnia, impressiona pelo estado de conservação e originalidade. O esportivo tem belo desenho, com a frente alongada e grade com filetes cromados. O desenho é típico dos anos 50, com linhas curvas e pequenos faróis redondos. O pára-brisa tem moldura cromada e sua inclinação pode ser regulada. As rodas são raiadas e a capota fica embutida atrás dos bancos.

O interior do carro é todo revestido em couro preto e o painel tem todos os instrumentos concentrados bem à frente do motorista. O volante também é típico da época, com aro fino e de três raios. No pequeno porta-malas, estão o macaco e algumas ferramentas. O modelo leiloado na Califórnia por US$ 80 mil foi produzido em setembro de 1955.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2016
26 de agosto de 2016

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação