Paixão de muitos brasileiros

Edição sobre a história dos automóveis no Brasil traz capítulo que enfoca o Chevrolet Opala, modelo fabricado durante 24 anos e que foi um dos ícones nacionais da marca

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/10/2008 09:45 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Fotos: Editora Alaúde/Divulgação
Quando se fala sobre as paixões dos brasileiros, alguns ícones não podem ficar de fora de forma alguma. Futebol, carnaval, cerveja e automóveis são, talvez, os principais, não necessariamente nessa ordem. E se a paixão é o automóvel, o leque se abre e surgem alguns nomes. Depois do VW Fusca, o Chevrolet Opala é para muitos um dos mais importantes modelos produzidos pela indústria automobilística brasileira, devido ao contexto da história do país quando foi lançado.

Para contar a trajetória do Opala, a editora Alaúde dá seqüência à publicação sobre a história dos automóveis no Brasil. O modelo é relembrado no livro Opala - O carro que conquistou o Brasil, escrito por Paulo Cesar Sandler e Rogério Simone, que tem pré-lançamento previsto para o Salão do Automóvel de São Paulo, no fim do mês. A publicação tem 272 páginas, mais de 440 imagens e ilustrações e preço de R$ 59,90. Mas os aficionados pelo modelo podem comprar antecipadamente por R$ 47, até o dia 20, pelo site da editora: www.alaude.com.br.

O livro traz interessantes passagens sobre a história do Chevrolet Opala, fabricado pela General Motors no Brasil de 1968 a 1992. Foram 24 anos de produção ininterrupta, o que fez do modelo um dos mais cobiçados por diferentes gerações. O Opala foi lançado em um dos períodos mais difíceis da história do país, tanto econômica quanto politicamente, mas mesmo assim alcançou a impressionante vendagem de aproximadamente 1 milhão de unidades.

O modelo Chevrolet foi apresentado ao público no Salão do Automóvel de 1968, em uma época na qual existiam poucas opções de automóveis para o consumidor brasileiro. Lançado em quatro versões, todas de quatro portas, o Opala tinha motores de quatro ou seis cilindros e câmbio de três marchas com alavanca na coluna de direção. Era um carro que oferecia relativo conforto para seis pessoas, com banco dianteiro inteiriço, e espaçoso porta-malas.

Ao longo de sua história, o Opala teve várias versões, com carroceria cupê, sedã e perua, que ganhou o nome de Caravan. O motor quatro cilindros denominado 153, de 2.508 cm³, desenvolvia 80 cv de potência. Já o seis cilindros de 3.800 cm³ fornecia 125 cv de potência. Mas o propulsor mais marcante na história do Opala foi o 250, de 4.100 cm³ e 148 cv, que equipava as versões SS e Gran Luxo.

Todos os detalhes e modificações feitas no modelo estão retratados no livro, considerado "uma homenagem a todos aqueles que apreciam e também aos que se dedicam à preservação do grande número de unidades que ainda existem desse automóvel".

Os autores
Paulo Cesar Sandler é médico e exerce clínica e pesquisa nas áreas de Psiquiatria e Psicanálise desde 1974, ligado à Faculdade de Saúde Pública e ao Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. É confesso apaixonado pela história automobilística, o que o levou a escrever sobre o assunto por alguns anos. A partir de 1968, produziu diversos artigos sobre a história do automóvel para revistas especializadas no Brasil e no exterior, dentre elas a Collectible Automobile. É o único brasileiro membro da Society of Automotive Historians, dos Estados Unidos.

José Rogério Lopes de Simone é bacharel em biologia pela Universidade de Guarulhos, exercendo sua atividade profissional na área gráfica e editorial há mais de 30 anos. Apaixonado por automóveis desde criança, em 1986 criou e editou uma das primeiras revistas especializada em carros antigos do Brasil, a Automóveis Históricos, da qual também produzia a fotografia e a iconografia. Grande conhecedor do universo automobilístico e aficionado por fotos de carros antigos, principalmente nacionais, tem arquivo pessoal de mais de cem mil fotografias digitalizadas. Rogério e Paulo Cesar são também autores dos livros "Simca, a história desde as origens", e "DKW, a grande história da pequena maravilha", publicações que compõem a série "História sobre Rodas" da Editora Alaúde.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2016
26 de agosto de 2016

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação