Herói nacional - O Papai Noel de cada um

Amigos e clientes de oficina de Belo Horizonte fazem surpresa para o proprietário e levam o ator que interpretou o Vigilante Rodoviário para o churrasco de fim de ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/12/2008 15:35 Daniel Camargos /Estado de Minas
Carlos Miranda, o Vigilante Rodoviário - Fotos: Beto Novaes/EM/D.A Press - 20/12/08 Carlos Miranda, o Vigilante Rodoviário
Na noite de hoje todos imbuídos de boa-fé e espírito natalino aguardam a chegada do bom velhinho. Crianças olham para cima e esperam ver um trenó cortando o céu carregando o Papai Noel na missão de distribuir presentes mundo afora. Na Rua Cristal, no bairro Santa Tereza, o proprietário da oficina Top Car, Cláudio Marques Novaes, não espera mais nada para este Natal, pois teve seu desejo realizado no último sábado. Em vez do roupas vermelhas e barba branca, o Papai Noel de Cláudio chegou fardado, com coturno engraxado, quepe na medida e vestimenta alinhada: o Vigilante Rodoviário. Isso mesmo, o ator e tenente-coronel da reserva Carlos Miranda, de 75 anos, entrou na oficina dirigindo o Simca Chambord 1959, idêntico ao usado no seriado exibido na TV Tupi na década de 1960 e depois repetido pela TV Cultura na década seguinte. A aparição aconteceu durante o churrasco de confraternização de fim de ano da oficina e foi uma idéia dos amigos e clientes de Cláudio, que têm seus carros antigos restaurados por ele.



"Em um encontro de carros antigos, que aconteceu em Araxá, eu vi o Vigilante lá e tentei conversar com ele, tentei duas vezes, mas não consegui porque começava a chorar", lembra Cláudio. Fã do seriado, que assistia quando criança, ele tem fitas com gravações em casa e desta vez conseguiu conversar com o ídolo, disfarçando a emoção com a ajuda dos óculos escuros. "Meu pai teve dois Simcas na época que passava o seriado e, talvez por isso, tenha me marcado tanto. Era o carro de prender bandido", explica.

Vítor Lima, um dos clientes de Cláudio, disse que a idéia inicial era presenteá-lo com um motor de avião, mas a logística de transporte era complicada e um outro amigo, colecionador de Simca, teve a idéia de trazer o Vigilante Rodoviário para o churrasco. Para não estragar a surpresa, foi montada uma operação de guerra. Enquanto o churrasco acontecia, duas bombas foram estouradas do lado de fora e os participantes fingiram estarem com medo e simularam uma ligação para a polícia. Essa foi a deixa para o Vigilante entrar na oficina dirigindo o Simca com a sirene ligada.
Simca Chambord 1959 foi restaurado por Carlos e é usado por ele em diversos eventos - Simca Chambord 1959 foi restaurado por Carlos e é usado por ele em diversos eventos

Com a chegada do Vigilante, o público se dividiu. Enquanto metade ia cumprimentar o herói, a outra observava o impecável Simca. A festa estava feita e, abraçados com o ator Carlos Miranda, todos cantaram os versos da música tema do antigo seriado: O seu olhar amigo / é um farol que avisa do perigo/ audaz e temerário / para agir a todo instante / da estrada vigilante.

Carlos Miranda, que interpretou o inspetor Carlos, atende todos e explica que ainda tem a 5ª geração do seu fiel cão Lobo, mas que não o trouxe, pois é complicado viajar com o cachorro de Águas da Prata (SP), onde mora, até Belo Horizonte. Conta também que hoje é aposentado como tenente-coronel da reserva e que foi a primeira pessoa a entrar no Guinness Book, em 1992, como o ator que se transformou em personagem, pois depois do fim da série foi aprovado em concurso para a polícia rodoviária do estado de São Paulo.

Há seis anos que ele concluiu a reparação do Simca 1959 e acredita ser o mesmo carro usado na série. "Não há como comprovar, mas tenho quase certeza de que é o mesmo usado no seriado", explica. Ele encontrou aquele que acredita ser o original bastante destruído em Santa Catarina e recuperou o veículo. Com o carro pronto e a farda alinhada, Carlos roda o Brasil e participa de festas, encontros de carros antigos, aniversários (principalmente de policiais rodoviários) até formaturas de novas patrulhas, nas quais é constantemente convidado para ser o patrono, além das homenagens promovidas pelos fã-clubes Brasil afora.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2016
26 de agosto de 2016

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação