Salão de Los Angeles

Novo Hyundai Santa Fe - Equilibrando conforto e esportividade

Andamos na nova geração do Santa Fe, que é vendido nos Estados Unidos por a partir de US$ 24 mil e que deverá chegar ao Brasil em abril por cerca de R$ 120 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/12/2012 15:09 / atualizado em 09/12/2012 10:24 Marcello Oliveira /Portal Vrum
O Santa Fe ganhou uma imagem bem mais agressiva - Marcello Oliveira/ Esp. EM/ D.A. Press O Santa Fe ganhou uma imagem bem mais agressiva

De Los Angeles, EUA
- Mostrado oficialmente pela primeira vez no Salão de Nova York, em abril deste ano, o novo Hyundai Santa Fe só chegou ao mercado norte-americano no segundo semestre de 2012. A nova geração, que também já é vendida na Ásia e na Europa, deverá chegar ao Brasil em abril de 2013, mesmo mês em que as concessionárias Hyundai nos Estados Unidos começarão a vender a versão alongada do novo Santa Fe. Ela tem capacidade para transportar sete pessoas e foi lançada neste mês no Salão de Los Angeles, que vai até este domingo (09).

Veja galeria de fotos do novo Hyundai Santa Fe


Nos Estados Unidos, dirigimos a versão cinco lugares, a primeira a chegar ao Brasil no próximo ano. No mercado americano, o SUV é oferecido em duas configurações, Sport e Sport 2.0T, ambas com opção de tração integral ou apenas dianteira.
 
Essa geração foi mostrada ao público brasileiro na última edição do Salão de São Paulo, porém sem muitos detalhes. Sabe-se que no Brasil, o Utilitário Esportivo terá um motor 3.3 V6 de 270 cv de potência, mas a Hyundai poderá surpreender os brasileiros com um moderno 2.0 Turbo com injeção direta de combustível e que também rende aproximadamente 270 cv. A vantagem desse bloco está no conceito 'downsizing', um motor menor com mais potência. Foi essa versão que dirigimos nas ruas de Los Angeles.
 
Primeiras impressões
O Santa Fe acabou ganhando uma imagem bem mais agressiva, semelhante ao adotado no Azera. A reestilização do SUV o colocou na atual linha de identidade da Hyundai, conhecida como escultura fluida. Quando o assunto é estilo, a Hyundai é incontestável. 
 
Com 2,70m de entre-eixos e 4,69 de comprimento, a vida a bordo continua aconchegante, isto é, conforto sem exageros. Mesmo com a carroceria quatro centímetros mais baixa do que a geração anterior, nenhum dos cinco ocupantes passam aperto ao entrar ou sair do veículo. O embarque e desembarque ficou até mais fácil. O que mudou foi mesmo o visual. Como a largura se manteve a mesma, o Santa Fe ficou mais 'parrudo', passando um ar de superioridade em relação ao antigo modelo.

Na versão vendida nos EUA, os opcionais incluem teto solar panorâmico - Marcello Oliveira/ Esp. EM/ D.A. Press Na versão vendida nos EUA, os opcionais incluem teto solar panorâmico

 
Na versão que dirigimos, a 2.0 T AWD, equipada com todos os opcionais disponíveis nos Estados Unidos (que inclui teto solar panorâmico, central multimídia com tela central de oito polegadas sensível ao toque e câmera de ré), o acabamento parecia de um carro de segmento superior. Não há falhas e nem desnivelamento nos arremates e o material empregado parece ser de excelente qualidade. Para o condutor, tudo está à mão e temos a impressão que o painel chegou mais perto do motorista, facilitando a dirigibilidade.
 
Com um motor turbinado que rende 270 cv aproximadamente, a condução fica ainda mais prazerosa do que na versão aspirada. É o toque esportivo que faltava ao SUV. Mesmo discreto, o sopro do turbo pode ser ouvido, ao mesmo tempo que você sente a resposta das acelerações. A direção elétrica conta com o sistema de regula a rigidez do volante de acordo com a velocidade, o que dá mais segurança em rodovias e ao mesmo tempo deixa a condução mais esportiva. As trocas de marchas são feitas pelo câmbio automático de seis velocidades com shiftronic, que possibilita trocas manuais.
 
Nosso trajeto de test-drive contou com trechos urbanos e bem congestionados no centro de Los Angeles, onde o Santa Fe mostrou seu dinamismo. Mesmo sendo um SUV, manobras em locais mais apertados foram executadas com grande facilidade. Nas rodovias próximas, o conjunto mecânico mostrou seu vigor. Tudo bem que o veículo estava vazio, sem carga e com apenas dois ocupantes, mas o comportamento não deve mudar com o veículo carregado e pronto para as férias da família.
 
Preços (Estados Unidos)
Santa Fe Sport 2.4 190 cv FWD - USD 24.450
Santa Fe Sport 2.4 190 cv AWD - USD 27.025
Santa Fe Sport 2.0 T 264 cv FWD - USD 27.700
Santa Fe Sport 2.0 T 264 cv AWD - USD 30.285

 
Com todos os opcionais, a versão topo de linha, a que testamos, chega aos USD 35.625 (cerca de R$ 70 mil).
 
A versão sete lugares ainda não teve os valores revelados, mas comenta-se que deverá custar entre USD 28 mil e USD 32 mil, podendo chegar aos USD 37 mil com todos os opcionais.
 
No Brasil, o novo Santa Fe deverá chegar em abril de 2013 e o preço não deve ficar em menos de R$ 120 mil para a versão de entrada e poderá chegar perto dos R$ 200 mil para a versão topo de linha. 
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
01 de julho de 2015
30 de junho de 2015