Estado de Minas

Nostalgia »

Encontro reúne milhares de fãs para se despedir da Kombi em São Paulo

Mais de 170 veículos foram expostos, desde modelos antigos até a derradeira Last Edition na fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo


Thiago Ventura - Portal Vrum

Publicação: 09/12/2013 11:20 Atualização: 09/12/2013 13:57

Centenas de Kombis foram expostas na planta da marca alemã (Nelson Almeida/AFP)
Centenas de Kombis foram expostas na planta da marca alemã

Proprietários e admiradores da Kombi já contam os dias para a despedida do veículo. Após 56 anos de produção, o utilitário deixa de ser fabricado no próximo 31 de dezembro. Para homenagear a “Velha Senhora”, fãs se reuniram nesse domingo na fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo (SP) para uma última homenagem.

CLIQUE E VEJA FOTOS DO ENCONTRO DE KOMBIS!

Mais de 170 unidades do veículo, desde a primeira geração até a derradeira Last Edition participaram do encontro. Cerca de duas mil pessoas doaram dois quilos de alimento para entrar na fábrica e conferir a exposição, organizada pelo Sampa Kombi Clube.

O modelo mais antigo em exibição foi uma unidade azul 1950, importada da Alemanha, da primeira versão comercializada. Além de veículos de São Paulo, várias Kombis do interior paulista, Rio de Janeiro e Paraná marcaram presença. O destaque ficou por conta de um modelo Westfalia 1971 dos Estados Unidos. David Paton deixou a California para dar uma volta no mundo no carro aproveitou a passagem pela cidade para participar do encontro.

Clique  e veja detalhes da Kombi Last Edition!


"A Kombi foi o carro que construiu o Brasil. Durante trinta anos, ela reinou absoluta como único veículo pequeno e médio para transporte de cargas e pessoas”, afirma Eduardo Gedrait, presidente do Sampa Kombi Clube. “Foi mais de um ano de trabalho para realizar o encontro e estamos muito satisfeitos com o resultado", completa.


O Brasil é único país do mundo que ainda produz a segunda geração da Kombi. A despedida dos fãs atraiu imprensa de vários países. Além de emissoras da Europa, até a Al Jazeera do Catar e a CCTV da China mostraram a paixão do brasileiro pelo modelo.

De modelos originais e bem conservados a Kombis tunadas, diversos modelos foram perfilados em frente a planta da marca alemã. "A Kombi fez diferença na vida de muita gente e vai deixar lembranças", afirma Carlos Leite, gerente de Produto e Marketing de Comerciais Leves da Volkswagen do Brasil.

Kombi Last Edition atraiu admiradores do modelo (Nelson Almeida/AFP)
Kombi Last Edition atraiu admiradores do modelo


O encontro foi mais uma das estratégias de Marketing da empresa para o “deslançamento” da Kombi. A marca lançou um hotsite onde admiradores podiam mandar histórias com o veículo. A Apartir dos relatos feitos no site, foram selecionadas algumas pessoas que estão sendo homenageadas pela Kombi no “anúncio-testamento” com os desejos do modelo. O último desses é justamente o encontro desse domingo.

 

No próximo ano, todos os veículos deverão sair de fábrica com airbag e ABS, itens que a Kombi não dispõe. Na Europa, o modelo está na quinta geração (a versão vendida no Brasil é da segunda), mas a Volkswagen não tem planos de comercializá-lo no Brasil.

"Nosso dever agora é manter viva a memória do carro e continuar a ajudar outros interessados a restaurar o modelo. O legado da Kombi é o trabalho: um veículo com motor a ar simples, sem nenhum conforto, mas sempre disposto a carregar tudo que fosse necessário", define Gedrait.



 (Nelson Almeida/AFP)
 (Nelson Almeida/AFP)
 (Nelson Almeida/AFP)
 (Nelson Almeida/AFP)
Modelo seis portas em destaque (Nelson Almeida/AFP)
Modelo seis portas em destaque



Veja vídeo com a Kombi Last Edition:


Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: mauro almeida
KOMBI VOCE SO TEM UMA ALEGRIA NO DIA QUE VENDE, JA VAI TARDE E MUITO TARDE CARRO INUTIL AS PESSOAS COMPRAVAM E JA ANDAVAM COM UMA MEIA DUZIA DE EXTINTOR DE INCENDIO, INCLUSIVE O KOMBI ALEM DE PAGAR SEGURO E IPVA PAGAVA TAMBEM TAXA DE INDENCIO | Denuncie |

Autor: leonardo fernandes
Eu não sentirei saudades nenhuma de um veiculos ultrapassado já há muitos anos. Qtas vezes na estrada vimos acidentes envolvendo esse veiculos em que as vitimas se não era fatais ficavam presas nas ferragens , fora o risco de capotagem. PRA MIM JA VAI TARDE. Me desculpen quem gosta mas gosto é gosto | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque