Estado de Minas

AVIAÇÃO »

Americano constrói réplica perfeita de Boeing 777 usando apenas papel e cola

Jovem projeta e fabrica cada peça, honrando todos os pequenos detalhes da aeronave, que está em processo de produção há mais de cinco anos


Marcello Oliveira - Portal Vrum

Publicação: 24/01/2014 18:36 Atualização: 24/01/2014 19:53

 (Fotos: Luca Iaconi-Stewart/Divulgação)
Entusiasta da aviação comercial, o estudante americano Luca Iaconi-Stewart está ganhando fama em todo mundo por conseguir transformar papel em réplicas de aviões ricas em detalhes. A obra de arte usa apenas papel liso, papelão e cola, além de explorar a paixão do jovem pelas aeronaves.

 


Seu último trabalho é a réplica idêntica de um Boeing 777-300ER, inspirado em um projeto da Air India que ele achou na internet. A partir daí ele construiu peça por peça, idênticas aos componentes usados no modelo real, porém, em tamanho 60 vezes menor do que o original.

Detalhes da classe econômica
Detalhes da classe econômica
O trabalho artesanal não é fácil e leva muito tempo, por isso o rapaz deixou o curso de arquitetura, em uma faculdade nos Estados Unidos, para se dedicar ao projeto. O Boeing 777 ainda não está concluído, mas o processo, que já dura mais de cinco anos, deverá estar pronto em aproximadamente seis meses. Para se ter uma ideia do esforço do artesão, somente as poltronas levaram três meses e a pintura levou mais um mês. Ele faz questão de honrar cada detalhe do avião, como portas, assentos (divididos em suítes, primeira classe, classe executiva e classe econômica), cabine de comando com todos os detalhes, motores, engrenagens das turbinas, reverso do motor, porão de cargas, cozinhas, carrinhos do serviço de bordo, trem de pouso e todas as camadas da fuselagem.

 

Veja também o avião homologado pela ANAC construído no quintal de uma casa em Contagem

 

Artesão reproduziu com total fidelidade a turbina GE90, produzida pela General Eletric
Artesão reproduziu com total fidelidade a turbina GE90, produzida pela General Eletric
Tudo começou quando ele cursava arquitetura em Nova York. O talento para as miniaturas veio ao fazer modelagem de algumas peças de avião para um trabalho acadêmico.

Hoje ele dedica tempo integral para seus trabalhos artesanais. Confira alguns vídeos que mostram o trabalho de Stewart:

 

 
 

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Gilberto Ladewig
Como modelista só tenho duas palavras: O CARA É SENSACIONAL. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque