Estado de Minas

Lançamentos »

Mercedes-Benz CLA chega ao Brasil com preço de grife

Marca cobra R$ 150 mil pelo sedã que deveria ser o de entrada da marca


Bruno Vasconcelos - Diário de Pernambuco

Publicação: 25/01/2014 20:00 Atualização: 25/01/2014 19:34

Sedã da família de compactos tem estilo de cupê herdado do CLS (Wander Malagrine/Divulgacao)
Sedã da família de compactos tem estilo de cupê herdado do CLS
São Bernardo do Campo, SP - Tem gente que não consegue entender como uma parcela da sociedade paga R$ 400 numa calça jeans ou mais R$ 1 mil numa bolsa, quando têm produtos de qualidade similar com preços bem inferiores. É o peso da grife sobre as mercadorias que acaba agregando e distorcendo valores. Isso é comum também no setor automotivo. As marcas premium - principalmente as alemãs - se beneficiam da boa fama para cobrar um tanto a mais pelos seus carros que, algumas vezes, não oferecem muito além do que os concorrentes entregam. Caso mais recente e claro dessa situação é o novo Mercedes CLA, sedã (ou cupê de quatro portas) que chega ao Brasil pelo preço de R$ 150,5 mil, quando na verdade deveria ser o três volumes de entrada da montadora.

 

Veja mais fotos do Mercedes-Benz CLA

 

 

Durante o lançamento na fábrica da Mercedes (caminhões) em São Bernardo, a montadora afirmou que nos próximos meses chegará ao país uma versão mais barata do CLA, com menos equipamentos do que a que está nas revendas agora, a First Edition. O problema, porém, é que até na versão especial de lançamento faltam equipamentos que não poderiam faltar num carro de R$ 150 mil, como sensor de estacionamento ou ajustes elétricos nos bancos.

Destaque da traseira são as lanternas com LED (Wander Malagrine/Divulgacao)
Destaque da traseira são as lanternas com LED


Claro que o CLA First Edition não é "pelado". Longe disso. O modelo é premium e tem equipamentos que justificam a classificação, como ar-condicionado digital, central multimídia com GPS e piloto automático. O porém, mais uma vez, é que modelos da mesma categoria com preços inferiores oferecem mais.


A motorização 1.6 turbo de 156 cv de potência (mesma que puxa os compactos Classe A e Classe B) é suficiente para o CLA. O bom câmbio automatizado de dupla embreagem e sete velocidades deixa a rotação sempre baixa e o silêncio na cabine impressiona. A sensação após dirigir mais de 100 km em trecho urbano e de estrada é que um motor maior cairia bem melhor no carro que pesa 1.430 kg. A Mercedes também promete uma versão mais potente do sedã até o final de 2014.
O resumo da obra é que o CLA 200 é um bom carro, bonito e com pacote generoso de equipamentos. O que também é certo é que a Mercedes deveria estar cobrando algo na faixa de R$ 115 mil pelo modelo. Mas como grife tem clientela garantida, as 1.400 unidades que a montadora alemã vai importar do CLA em 2014 não deverão ficar muito tempo no pátio das lojas.

 

Mercedes vai deixar concorrentes preocupados. Clique e leia!

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: helvecio sa
BRASIL...PAIS DE OTÁRIOS, ONDE JÁ SE VIU DAR TANTO DINHEIRO POR UMA MERDA DESSAS. TEM MARCAS SEM GRIFE QUE OFERECE MUITO MAIS ITENS POR MUITO MENOS DINHEIRO... | Denuncie |

Autor: jota fer
Sou mais o Jetta TSI completo, como o meu. Até Keyless tem. Motorzinho de 156 cv. Não dá...... O Jetta tem 211 cv, é um cavalo!!! | Denuncie |

Autor: alvaro mello
sou mais o c180 de 114mil | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque