Estado de Minas

OPORTUNIDADE »

Concessionárias ainda vendem carros 0km sem airbag e ABS e unidades com IPI reduzido

Ainda é possível fechar um bom negócio em revendas que mantêm nos estoques unidades faturadas no ano passado. Mas, fique de olho, pois a alta do IPI pode ser usada como desculpa para reduzir descontos ou até mesmo aumentar preços de carros de 2013


Marcello Oliveira - Portal Vrum

Publicação: 31/01/2014 17:10 Atualização: 31/01/2014 19:06

Renault Valence ainda tem 44 unidades do Clio. Sem airbag e ABS, ele é vendido por a partir de R$ 23.990 (Marcello Oliveira/EM/D.A PRESS)
Renault Valence ainda tem 44 unidades do Clio. Sem airbag e ABS, ele é vendido por a partir de R$ 23.990
Um mês após entrar em vigor a lei que obriga airbag duplo e freios ABS em todos os carros vendidos no Brasil, algumas concessionárias ainda registram nos estoques unidades faturadas no ano passado sem esses equipamentos. No entanto, o número de carros ofertados é pequeno e o desconto oferecido muitas vezes não compensa a aquisição. Além de ter um índice de desvalorização maior, a segurança certamente vale mais.

Nas concessionárias Valence, da Renault, há ainda 44 unidades do Clio, a preços que variam entre R$ 23,9 mil e R$ 29,9 mil, dependendo dos opcionais.

A rede Fiat mantém poucas unidades do Uno Mille, que deixou de ser produzido no fim de 2013. A série de despedida, a Grazie, quatro portas com vidros/travas elétricos, ar condicionado, direção hidráulica, pintura metálica, som mp3 com entrada USB e bluetooth e rodas de liga leve, teve o preço reduzido de R$ 31,9 mil para R$ 30.350. Já a última unidade do Uno Mille Way vendido na Tecar, duas portas, com pintura metálica (prata bari) e kit visibilidade é negociado por R$ 23.990. Na mesma loja, o último Palio Fire sem airbag/ABS 2013/14, quatro portas, com direção hidráulica, vidros/travas elétricos e kit visibilidade (desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro), é oferecido por R$ 27.390. O novo Palio Fire 2014, já com airbag e ABS é vendido atualmente como o carro mais barato do Brasil, por R$ 23.990.

A Ford já zerou seu estoque de Ka (que saiu de linha no fim do ano passado) e Fiesta Rocam sem airbag e ABS, assim como a Volkswagen com o Gol G4, que deu lugar ao Up!, que será lançado na próxima semana.

Resto de estoque sem IPI
Alguma revendas ainda trabalham com carros faturados no ano passado em seus estoques, ou seja, sem o reajuste provocado pela alta do IPI. Na concessionária Carbel, da Volkswagen, ainda há uma unidade do Polo, que continua sendo vendido por R$ 40,8 mil. O mesmo modelo, já com os aumentos, chega aos R$ 50 mil. Já o Fox Trend 1.6 completo + airbag/ABS ainda pode ser encontrado por R$ 37.990 e o novo Gol 1.0 13/14 completo, também com airbag e ABS, é oferecido por R$ 32.690 com financiamento com taxa de juros de 0,27% ao mês.

Nas concessionárias Fiat ainda é possível encontrar grande variedade de modelos faturados no ano passado com bons descontos. Alguns carros estão ainda mais baratos do que no ano passado, como o Linea Sublime com câmbio manual (completo + bancos em couro, som CD/mp3 integrado ao painel, rodas de liga de 17 polegadas), que em dezembro teve o valor reduzido de R$ 58,9 mil para R$ 53 mil, e hoje é negociado por R$ 51 mil. O Grand Siena Essence 1.6 completo mantém o mesmo desconto de R$ 4 mil oferecido em dezembro e pode ser negociado por R$ 43,9 mil. O novo Uno Way com airbag/ABS (completo – ar condicionado) pode ser comprado por R$ 29,9 mil.

Apesar de manter o mesmo valor de R$ 51,9 mil para a versão de entrada do Duster (com airbag e ABS) faturado em 2013, a Renault Valence vende o novo Logan com preços mais altos do que os encontrados em dezembro. A versão Expression 1.6 que era vendida há um mês por R$ 41,9 mil, hoje sai por R$ 44,8 mil, valor maior do que o cobrado pela versão topo da gama, a Dynamic, que no fim de dezembro chegou a ser ofertado por R$ 42,1 mil. No site oficial da Renault, o Logan Expression 1.6 vale R$ 40.490, já com pintura metálica. Questionada pela reportagem, a Valence informou que vários fatores incidem no preço do carro, inclusive a alta do IPI, o reajuste da montadora e o frete, embora a unidade em questão tenha sido faturada ainda no ano passado, fora do período de aumento da alíquota do imposto. A nova alíquota do IPI só pode ser cobrada para veículos que foram faturados em 2014.

Na outra concessionária Renault de BH, a Minas France, o mesmo modelo é oferecido por R$ 41.990, segundo o apurado com a gerência da empresa por telefone. O Duster é vendido por a partir de R$ 49.990. A dica para o consumidor é pesquisar bastante em diferentes concessionárias antes de fechar o negócio e aproveitar o resto do estoque ainda com o IPI reduzido e os possíveis bônus de fim de mês que as concessionárias oferecem para bater a meta de vendas do período.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Marcos Drummond
Não entendo a imprensa especializada. Vive criticando a falta de air bags e ABS como equipamentos essenciais e agora vem dizer que é "bom negócio" comprar veículos encalhados que faltam tais equipamentos. Eu hein? Por mim estas carroças mofariam nas concessionárias.... | Denuncie |

Autor: jp cp
o que ser "topo da gama"? | Denuncie |

Autor: aguinaldo da silva
comprar carro novo de estoque sem air bag e abs so doido que ta rasgando dinheiro atoa prefiro pagar um pouco mais para ter segurança. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque