Need For Speed estreia nos cinemas brasileiros para o delírio dos fãs de carros

Baseado na série de videogame de mesmo nome, o longa tem como pano de fundo veículos modificados que atingem potência e velocidade de impressionar qualquer piloto profissional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/03/2014 13:03 Luciana Morosini /Diario de Pernambuco
Carro do filme é inspirado no Mustang GT 500 - Melinda Sue Gordon/Divulgação Carro do filme é inspirado no Mustang GT 500

Mesmo que o roteiro envolvendo carros superesportivos, corridas e mulheres bonitas não seja nada original, os apaixonados pelo mundo das quatro rodas têm encontro marcado a partir desta quinta-feira no cinema, quando estreia Need For Speed. Baseado na série de videogame de mesmo nome, o longa tem como pano de fundo veículos modificados que atingem potência e velocidade de impressionar qualquer piloto profissional. E o melhor é que o espectador, deixando-se envolver pelo ronco do motor turbinado, pode se sentir parte da aventura. A sensação, em algumas sequências, é que você está no comando do volante ou até de carona no banco do passageiro, inclusive com o som simulando o silêncio maior no interior do carro e as trocas de marchas.

VEJA FOTOS DA PRÉ-ESTREIA DO FILME EM BH PARA LEITORES DO VRUM!

A primeira cena eletrizante se dá quando um racha noturno é realizado, mas que, com a participação apenas de carros antigos, serve mais para provar as habilidades do protagonista Tobey Marshall (Aaron Paul) à frente do volante. Para os apaixonados por carro, a aventura começa mesmo quando Dino Brewster (Dominic Cooper) deixa de lado a antiga rivalidade - que só aumenta ao longo do filme e que conduz todas as disputas nas pistas - com Tobey e leva à sua oficina especializada em modificar veículos a carcaça de um Ford Mustang.

O Mustang acaba se transformando, em termos automotivos, no protagonista, já que é responsável por guiar praticamente as 2h10 de filme. E não só por isso. O modelo, baseado no GT 500, ganha um motor 5.8 Supercharged de 900 cavalos de potência, força suficiente para levá-lo a mais de 370 km/h. Números exorbitantes também para seu valor: na película, ele é vendido por US$ 2,7 milhões.

Koenigsegg Agera chega a 400 km/h - Melinda Sue Gordon/Divulgação Koenigsegg Agera chega a 400 km/h


A bordo do Mustang, Tobey cruza os Estados Unidos de encontro ao seu rival Dino para enfrentá-lo em uma corrida e vingar um fato do passado. Mas o trajeto, ao lado da bela Julia (Imogen Poots) - que cumpre a cota na mistura de mulheres bonitas e velocidade - não é fácil. Rotas urbanas e de estradas são cenários de perseguições mirabolantes com a polícia, com direito até ao carro literalmente voar.

Em uma ocasião, o Ford encara de frente um Hummer, modelo militar conhecido por sua robustez. A mocinha ainda esnoba, dizendo que o Hummer foi um "jipinho criado para diminuir seu complexo de inferioridade". Piada, claro. A destruição é tanta que, para rodar o longa, foram construídos sete Mustangs iguais.

DE ENCHER OS OLHOS
Antes mesmo de o Mustang modificado mostrar suas habilidades, a cena do portão da garagem se abrindo e revelando três modelos iguais do Koenigsegg Agera, que chegam a mais de 400 km/h cada, é de encher os olhos. Um deles ainda participa da corrida final, tendo como concorrentes um Bugati Veyron (carro mais veloz do mundo pelo Guiness), Lamborghini Sesto Elemento, Saleen S7, Spano GTA e MCLaren P1 - uma frota de mais de US$ 7 milhões no filme. Para amenizar a dor no coração, vale ressaltar que são todos réplicas.

Por último, para deixar gostinho de quero mais, a nova geração do Mustang - que vem com duas opções de motor, um turbo 2.3 Ecoboost e um V8 5.0 com mais de 425 cv - faz uma aparição meses antes da sua estreia oficial. Só não imagine quanto a Ford pagou para ter tanta visibilidade em um filme que promete roubar a atenção dos apaixonados por carros.

Cenas eletrizantes recheiam Need for speed  - Melinda Sue Gordon/Divulgação Cenas eletrizantes recheiam Need for speed

Tags: estreia

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
06 de julho de 2015