Estado de Minas

Modelo mais vendido da marca »

Série especial do Renault Sandero tem interior em azul e preto

Carro é dedicado ao público jovem


Paulo Eduardo - Estado de Minas

Publicação: 12/04/2014 20:04 Atualização: 12/04/2014 20:14

Comportamento dinâmico exemplar em todos os tipos de piso e situações é característica Renault marcante no hatch Sandero (Euler Junior/EM/D.A Press)
Comportamento dinâmico exemplar em todos os tipos de piso e situações é característica Renault marcante no hatch Sandero
A Renault faz homenagem ao Sandero, com série dedicada ao público jovem, que tem no sistema Media Nav um dos atrativos. As rodas de liga leve aro 15 são na cor cinza-escuro assim como retrovisores e puxadores de porta. A ponteira de escapamento cromada tenta dar um toque de esportividade, mas o motor 1.0 limita o desempenho. O interior tem apliques em azul-claro nas laterais dos bancos dianteiros e traseiro, que são pretos, e a mesma tonalidade está nos cintos de segurança. Atleticanos e cruzeirenses devem gostar, mas a combinação dessas cores tem mais a ver com o Grêmio.

O sistema Media Nav tem tela de sete polegadas sensível ao toque e integrada ao painel, com memorização de 12 emissoras. O display é colorido e os menus têm fácil identificação. E há Bluetooth e GPS no sistema. Os adoradores de tecnologia não têm do que reclamar.

QUALIDADES O Sandero tem no espaço interno e porta-malas seus principais atributos, uma característica da família Logan. Três pessoas viajam sem aperto no banco traseiro, que tem três apoios de cabeça, mas cinto central abdominal. O porta-malas tem, de fato, 320 litros, conforme medição do caderno Vrum. O senão é o estepe do lado externo, que facilita o furto e a troca do pneu fica mais penosa. As dimensões reduzidas, pouco mais de quatro metros de comprimento, tornam o carro prático no uso urbano.

Interior faz alusão, sem querer, aos times brasileiros que seguem na Libertadores (Euler Junior/EM/D.A Press)
Interior faz alusão, sem querer, aos times brasileiros que seguem na Libertadores
O rodar é suave e macio, mas com ótima estabilidade, outra característica dessa família. O motorista encontra fácil a posição de dirigir e a visibilidade traseira lateral é prejudicada pela coluna C, que é muito larga. Os engates do câmbio são precisos e o motorista precisa muito deles, pois as trocas são constantes em topografia irregular. O motor 1.0 da Renault é um dos melhores do mercado, mas as dimensões do Sandero limitam o desempenho. Embalado na estrada, com rotações sempre na faixa ideal de torque (4.350rpm), o Tech Run vai bem mesmo com ar-condicionado ligado.

Para compensar a falta de fôlego nos aclives, as paradas no posto são poucas mesmo com as rotações do motor lá no alto. Registramos consumo com gasolina de 14,4km/l a 15,5km/l na estrada e de 8,8km/l a 10km/l na cidade. A nova geração do Sandero chega no mês que vem e esta é uma oportunidade de comprar um carro de ótima relação custo/benefício, pechinchando à vontade.

QUANTO CUSTA
O Sandero Tech Run tem todos os equipamentos de série e preço sugerido de R$ 38.180. ABS, airbag, direção hidráulica e ar-condicionado são de série na versão, entre outros.

 

A cor branca está na moda e contrasta com as rodas de liga leve cinza-escuro (Euler Junior/EM/D.A Press)
A cor branca está na moda e contrasta com as rodas de liga leve cinza-escuro


Ficha técnica
Motor Dianteiro, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 999cm³ de cilindrada, que desenvolve potências de 76cv (gasolina) e 77cv (etanol) a 5.850rpm e torques de 9,9kgfm (g) e 10,1kgfm (e) 4.350rpm
Transmissão Tração dianteira e câmbio manual de cinco marchas
Suspensão / Roda / Pneu Dianteira, independente, tipo McPherson, com triângulo inferior; e traseira semi-independente, com barra estabilizadora / 6 x 15 polegadas (liga leve) / 185/65R15
Direção Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
Freios Discos na dianteira e tambores na traseira com ABS
Peso 1.025 quilos
Tanque 50 litros
Dimensões (metros) Comprimento, 4,02; largura, 1,74; altura, 1,52; distância entre-eixos, 2,59

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: Juliano Rebello
O veículo não é ruim, visto ao público a que se destina. Já passou da hora da Renault fazer o "face lift" e de atualizar também a motorização. | Denuncie |

Autor: José Avelino Campos
Eu achei que a Renault já tinha atingido o limite da feiura de seus carros mas me enganei! Este Sandero consegue se superar no mau gosto... | Denuncie |

Autor: Jack Bauer
Eu acho que o Vrum deveria incluir na ficha técnica a nota do "Crash Test". O Sandero, pelo que me lembro, foi muito mal. | Denuncie |

Autor: Rangel Santos
Virou brincadeira essas séries especiais com motor 1.0, se for ser especial use o que tem de melhor e não motorzinho...e preço alto | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque