Estado de Minas

Tecnologia »

Equipamentos de luxo estão cada vez mais acessíveis nos veículos

Antes só eram encontrados em modelos muito caros agora podem caber na sua garagem


Bruno Vasconcelos - Diário de Pernambuco

Publicação: 05/05/2014 11:00 Atualização: 05/05/2014 11:18

Bancos de couro também deixaram de ser artigo de luxo (Volkswagen/Divulgacao)
Bancos de couro também deixaram de ser artigo de luxo
 

 

Câmbio automático, central multimídia com tela sensível ao toque e navegador GPS, bancos de couro e piloto automático. Não precisa voltar muito no tempo para lembrar que os itens citados acima faziam parte da lista de equipamentos apenas em carros de luxo - aqueles que não custavam abaixo da casa dos R$ 100 mil. Se você hoje tem um ou mais desses itens no seu carro e pagou menos de R$ 40 mil por ele, erga as mãos para o céu e agradeça às montadoras sul-coreanas Kia e Hyundai (mais tarde as chinesas contribuíram). Foi a chegada dos carros orientais com conteúdo mais generoso que acirrou a concorrência com as marcas "nacionais". Comprar um carro "completo" apenas com ar-condicionado, vidros elétricos e direção assistida já não é mais suficiente. Chegou a hora de o luxo entrar na sua garagem.

Bem vestidos
 

 

MyLink é vendido como opcional no Onix (Chevrolet/Divulgacao)
MyLink é vendido como opcional no Onix


Se o seu limite de gasto é na casa dos R$ 35 mil, não pense que você não vai levar um carro pelado para casa. Longe disso. Além dos "básicos" ar-condicionado, direção assistida (hidráulica ou elétrica) e vidros elétricos, e dos obrigatórios airbag e freios ABS, você poderá contar com alguns itens bem interessantes de conforto e segurança. Um exemplo é o Chevrolet Onix. O hatch com motor 1.0 litro na versão LT parte R$ 35.090, completinho e até com alguns mimos, como chave do tipo canivete, abertura elétrica do porta-malas e ajuste de altura da direção e do banco do motorista. Com mais R$ 1.400 é possível acrescentar ainda a central multimídia MyLink com tela sensível ao toque e que permite, entre outras coisas, que você use o GPS do seu smartphone diretamente na tela inserida no painel do carro. Se você acha que não precisa de uma central multimídia, mas quer o conforto dos bancos revestidos em couro (mesmo que sintético), a Volkswagen oferece no Move up! o opcional por R$ 670. Ou seja, você pode levar o hatch completo e mais esse mimo de luxo por R$ 36.060.

Espelho mágico

 

Retrovisor com Tilt-Down facilita a vida do condutor (Jo Calazans/Esp.DP/DA Press)
Retrovisor com Tilt-Down facilita a vida do condutor
 


Assim como vidros elétricos e ar-condicionado, o sensor de estacionamento está se transformando em item básico nos carros de entrada. Devido a popularização desse acessório, as montadoras estão investindo em outras tecnologias para auxiliar o condutor no ato de estacionar o carro. O Park Assist (que estaciona o carro praticamente sozinho) e a câmera de ré ainda são tecnologias caras, presentes apenas em veículos da faixa premium. Mas um equipamento que facilita bastante na hora de estacionar e que não é tão sofisticado é o retrovisor com função tilt-down. O nome é complicado, mas o uso do sistema é bem simples: Quando você engata a marcha à ré, o espelho do retrovisor do lado do passageiro se inclina para baixo e para fora, chegando a um ângulo que o motorista pode ver a distância do pneu traseiro para o meio-fio, evitando assim aqueles chatos arranhões na roda do carro. Quando a ré é desengatada, o espelho volta automaticamente para a posição anterior. Essa tecnologia, que antes fazia parte apenas de carros de luxo, agora pode ser encostada, como opcional, em carros na faixa de R$ 35 mil, como o Volkswagen Gol e Fiat Palio.

Sem embreagem

 

Câmbio PowerShift da Ford é um dos mais modernos do país (Ford/Divulgacao)
Câmbio PowerShift da Ford é um dos mais modernos do país
  A comodidade de enfrentar um engarrafamento sem ter que cansar a perna esquerda com a constante troca de marchas era um luxo para poucos. Há pouco mais de cinco anos, carros automáticos ou automatizados no Brasil era sinônimo de riqueza. Hoje é possível encontrar o item em carros que custam menos de R$ 40 mil. Há ainda a possibilidade de escolher entre o tipo de câmbio que dispensa a embreagem. O Onix, por exemplo, usa uma caixa automática com conversor de torque e seis velocidades. Ela está disponível no modelo com motor 1.4 na versão LT, que parte de R$ 39.990. O câmbio é vendido apenas no pacote que inclui todos os opcionais, inclusive o MyLink, e que deixa o preço final em R$ 46.790. Se fosse vendido separadamente, o câmbio automático custaria R$ 3.300.


Já o New Fiesta oferece uma transmissão bem mais sofisticada, a PowerShift, que é automatizada e de dupla embreagem. Esse tipo de câmbio é o mais comum em carros esportivos, pois tem desempenho mais rápido e eficiente. A Ford foi a primeira montadora a oferecer esse tipo de transmissão em carros produzidos no Brasil. Ela está disponível na versão SE do hatch com motor 1.6, partindo do preço de R$ 48.990. A Ford cobra R$ 4.500 pelo PowerShift, que deixa o New Fiesta por R$ 53.490.

 

Tanto o Onix quanto New Fiesta são exemplos de carros completos, sem embreagem e cheios de mimos. Mas se você quer apenas usufruir do conforto e comodidade do carro automatizado e não quer gastar muito, a Volkswagen virou o jogo com o up! I-Motion, que parte de R$ 30.990 na versão Move up! duas portas (o câmbio custa R$ 2.690). Nesse caso, você leva para casa um carro sem a embreagem, mas também sem ar-condicionado, vidros elétricos ou direção assistida. Para comprar o up! completinho e mais o I-Motion, prepare-se para pagar perto dos R$ 40 mil. O que não é muito se você pensar que há poucos anos, esses itens estavam presentes apenas em supercarros de luxo.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Jack Bauer
Eu não achei nada acessível. | Denuncie |

Autor: Marcelo Moraes
Cambio automático passou a ser "de série" nos USA em 1956. Bancos de couro e outros mimos eletrônicos também já são "de série" no exterior a bastante tempo, nas montadoras instaladas aqui...... Nós queremos carros de padrão FIFA mas as montadoras, se pudessem, nos dariam carros de padrão "Tata"... | Denuncie |

Autor: Joao Lucio Trindade Gomide
Cambio automático, ar condicionado (indispensável num pais tropical como o nosso) itens que já existem há quarenta anos e ainda serem considerados artigos de luxo. Que coisa!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas de particular
    ofertas em destaque