Em clima (verde) e amarelo

Medo de vandalismo muda funcionamento das concessionárias durante a Copa do Mundo

No último fim de semana antes do mundial, lojas tentam compensar dias fechados e fazem promoções. Revendas abrem neste sábado e domingo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/06/2014 15:02 / atualizado em 07/06/2014 20:07 Paula Carolina /Estado de Minas

Concessionária  instala proteção na avenida Cristiano Machado -  Beto Magalhaes/EM/D.A Press Concessionária instala proteção na avenida Cristiano Machado

Junho tinha tudo para ser um mês com muitos gols no setor automotivo, já que seria o último a vigorarem as alíquotas reduzidas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que deveriam voltar à composição original  a partir de 1º de julho. Esta semana, no entanto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, já sinalizou que o aumento do imposto pode não ser total. Conforme sua declaração, um aumento deve haver – o que indica nova alta nos preços dos veículos mês que vem –, mas o percentual ainda não foi definido, o que significa que a recomposição do IPI não deve ser total, como havia sido anunciado em janeiro. Além disso, depois das depredações sofridas durante as manifestações que ocorreram no período da Copa das Confederações, ano passado, o clima nas concessionárias de Belo Horizonte é tenso, bem mais amarelo do que verde. E maio foi mais um mês de queda nas vendas, que no acumulado do ano já atinge redução de 5,5% em relação ao ano passado. Uma boa notícia é que, com tudo isso, o governo já estuda medidas para estimular o crédito e voltar a impulsionar as vendas do setor.


Cenário ruim para quem vende, bom para quem quer comprar, que encontra um mercado ávido por consumidores e disposto a negociar. Para este fim de semana, inclusive, considerado o último “útil” do semestre, e em que as concessionárias abrem também amanhã, foram programadas diversas ofertas e campanhas novas, sendo uma boa oportunidade para sair de carro zero. A partir da próxima semana, com o início da Copa, dia 12, o horário de funcionamento das revendas vai variar de acordo com os jogos e a localização geográfica da loja. Na primeira fase, concessionárias que não estão localizadas em região de acesso ao Mineirão ou próximo ao Expominas, onde será a Fan Fest do mundial em Belo Horizonte (festa oficial da Copa com shows e telão para apresentação dos jogos), devem funcionar normalmente nos dias de jogos na capital. Nos dias de jogo do Brasil (fora de Belo Horizonte), fecham duas horas antes de a partida começar. Já aquelas localizadas em região passível de manifestações e baderna terão calendário específico, sendo que muitas nem abrirão em dias de jogos em Belo Horizonte. A maioria montou um aparato de proteção com fachadas blindadas e contratação de seguranças armados. Passada a primeira fase da Copa, as medidas serão reavaliadas, de acordo com os acontecimentos.

Ao receber Jetta zero comprado na Reauto, Luís Vicente Bernardi Pereira ressalta custo x benefício - Euler Júnior/EM/D.A Press Ao receber Jetta zero comprado na Reauto, Luís Vicente Bernardi Pereira ressalta custo x benefício


VW E enquanto a Copa não começa, vale tudo para entrar no clima e atrair o consumidor. A concessionária Reauto, de Contagem, por exemplo, hoje e amanhã, dá um aparelho de TV LCD e uma camisa oficial da Seleção para quem comprar um carro zero. Em promoção na revenda também estão as últimas unidades do Fox 1.6 14/14 (ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, airbag duplo e freios ABS) a partir de R$ 39.900. A Volkswagen mantém a taxa 0% para o Gol e o Fox, ambos 14/14, com entrada de 50% e prazos que vão de 12 meses a 36 meses conforme o carro.

CHEVROLET Finda a campanha que dava descontos como os de funcionário, todas as revendas ficaram fechadas na quinta-feira e reabriram ontem com novas ofertas. Destaque para as propostas de financiamento, que vão até a véspera da Copa, dia 11. Para o Onix 1.0 LT 14/14, há opção com entrada de 40% e parcela balão de 15% para o final do plano. O prazo total é de 48 meses, com parcelas de R$ 500 e juros de 0,99%. Já para os modelos Cobalt, Prisma 1.0, Spin, S10 e Cruze Sedan (todos 14/14, exceto o Prisma que inclui já os 14/15), a taxa é 0%, com entrada de 60% e prazos a partir de 18 meses, variando conforme o carro. Há opção com taxa de 0,99% para o Celta, o Classic, o Onix e o Prisma 1.4, com 60% de entrada, em 36 meses. E para o Cruze Sedan, há bônus de até R$ 5 mil.

FORD Ofertas para os modelos 14/14: o Fiesta Rocam pode ser negociado com taxa 0% (50% de entrada/24 meses) e carência de 120 dias para o início do pagamento; o New Fiesta também pode ser comprado com taxa 0% (60%/18) ou à vista o cliente escolhe entre R$ 1 mil em vale-combustível ou três revisões grátis (oferta semelhante vale para o Focus, o EcoSport e a Ranger diesel 3.2). Já para a linha 14/15: para o New Fiesta há R$ 1 mil em vale-combustível e para o EcoSport, R$ 2 mil. Entre as ofertas das concessionárias, destaque para duas últimas unidades, na Pisa, do Fusion 2.5 flex 13/14 (sem teto solar, preto ou prata) por R$ 89.900; três unidades da Ranger XLS flex cabine dupla 4x2 prata 14/14, R$ 73.900; últimas unidades do Fiesta Rocam hatch 1.0 preto (ar-condicionado, direção hidráulica, alarme, travas e vidros dianteiros elétricos, airbag duplo e freios ABS), R$ 29.900.

FIAT O mote agora é o Palio. O Novo Palio Fire 1.0 duas portas 14/15 (R$ 24.490) pode ser negociado com entrada de R$ 2.500, mais seis parcelas de R$ 478 e 30 de R$ 954 (taxa de 1,45%). Já o Novo Palio Attractive 1.0 quatro portas 14/14 (R$ 32.990) pode ser negociado com entrada de R$ 3.300 mais seis prestações de R$ 618 e 30 de R$ 1.236 (mesma taxa). Na Roma, outras opções: o Novo Palio Fire quatro portas pode ser negociado com entrada de R$ 4.990 mais 60 parcelas de R$ 569 (taxa de 1,53%) e o Novo Palio Attractive 1.0 quatro portas, nas mesmas condições, tem prestação de R$ 699. Já para o Palio Attractive 1.4 (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos, airbag duplo e freios ABS, CD original), plano semelhante tem entrada de R$ 9.990 e parcelas de R$ 799 (mesmas taxa e prazo).

AUDI Taxa 0% para o A4, com 50% de entrada e prazo de 24 meses.

Beto Magalhaes/EM/D.A Press.

Tags: Copa do Mundo

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Marco
Marco - 07 de Junho às 16:46
Essa atitude de blindar a entrada das lojas que vendem carros, mostra muito bem em que país estamos...SÓ ISSO. Até na África, não foi preciso fazer o que estão fazendo aqui no Brasil: aparato de guerra para segurança e chapas de aço para proteger patrimônio...É MOLE?
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
03 de agosto de 2015