Salão do Automóvel - Ao alcance do consumidor

Novidades apresentadas chegam entre o fim deste mês e fevereiro. Apenas um carro inédito esteve na mostra, mas também houve espaço para o mais potente do país

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/10/2006 23:19 Rafael Bozzolla /Estado de Minas
Mégane Grand Tour terá motores 1.6 flex e 2.0 a gasolina. Civic Si com motor 2.0 de 192 cv será carro mais potente do país - Fotos: Rafael Bozzolla/EM - 10/2006 Mégane Grand Tour terá motores 1.6 flex e 2.0 a gasolina. Civic Si com motor 2.0 de 192 cv será carro mais potente do país
Mesmo com poucas novidades, a feira de São Paulo mostrou modelos e versões que estarão em breve no mercado. Curiosamente, a maior parte desses lançamentos foi feita pelas montadoras com menos tempo de Brasil, ou seja, franceses e japoneses. A exceção foi a GM, que mostrou um utilitário importado da Argentina com preço abaixo dos concorrentes.

Renault
Trouxe a maior novidade da indústria no salão: a perua do sedã Mégane, chamada de Grand Tour, que já está sendo produzida nas versões 1.6 16v flex e 2.0 a gasolina, com potências de 110/115 cv e 138 cv, respectivamente. A nova perua chega em 24 de novembro. A versão 1.6 vem com câmbio manual de cinco marchas e para a 2.0 há a opção do câmbio manual de seis velocidades ou automático de quatro, com possibilidade de trocas seqüenciais. Os preços ainda não foram divulgados.

Honda
Apresentou as versões flex do monovolume Fit 1.4 e do Civic. Uma particularidade de ambos é o reservatório de gasolina para partida a frio, que fica isolado do compartimento do motor, com bocal separado. O sistema injeta uma pequena quantidade de gasolina sempre que o carro for ligado. Isso evita que a gasolina estrague no reservatório. O Civic flex, cujo motor tem potência de 140 cv (álcool) e 138 cv (gasolina), chega em novembro. Já o Fit 1.4 (80 cv com gasolina e 83 cv com álcool) vai estar à venda em dezembro. Mas o carro que mais chamou a atenção no estande da Honda foi o Civic Si, uma versão esportiva do sedã com motor 2.0 (com tecnologia de abertura variável de comando de válvulas) de 192 cv, que passa a ser o carro mais potente do país. O câmbio é manual de seis marchas. Entre os equipamentos, destaque para o controle de estabilidade - único carro nacional com o sistema. O Civic Si chega às revendas em fevereiro.

Citroën
Mostrou o C4 Picasso, que chega em março mas não substitui o Xsara Picasso, pois vai ocupar um nicho de mercado superior. O preço fica na casa dos R$90 mil e oferece assentos para sete ocupantes. Já o Xsara Picasso, que fica em produção até 2012, ganhou motor 1.6 16v flex (de 110 ou 113 cv) e já está à venda a partir de R$ 52,5 mil. A expectativa é que o novo motor fique com 60% das vendas do monovolume. Apesar de reconhecer que há o perigo de canibalização, a Citroën acredita que o aumento na base de clientes potenciais compensa a perda nas margens de lucro.
Jipe Tracker tem tração integral com reduzida e custa R$ 58.990. Já o câmbio automático com trocas sequenciais é novidade para o 206 - Fábio Gonzales/ABC Imagem/GM/Divulgação 17/10 / Roberto Konda/Peugeot/Divulgação 19/10 Jipe Tracker tem tração integral com reduzida e custa R$ 58.990. Já o câmbio automático com trocas sequenciais é novidade para o 206

Chevrolet
A marca aproveita os acordos comerciais com os vizinhos e coloca um modelo com preço competitivo: o Tracker, que é a antiga geração do Suzuki Grand Vitara (feita na Argentina) e que já foi vendido por aqui na versão diesel entre 2001 e 2004 com a marca da gravatinha. O seu alvo é bem claro: o Ford EcoSport. O jipe vem com motor 2.0 a gasolina de 128 cv, tração 4x4 com reduzida, airbag duplo, ar-condicionado e rodas de liga de 16 polegadas. As vendas começam em novembro ao preço de R$ 58.990. O Tracker ainda pode afetar as vendas do Mitsubishi Pajero TR4, que também tem motor 2.0 e tração integral com reduzida, mas custa R$ 74 mil.

Peugeot
Aposta em outra novidade e anunciou para o próximo ano a disponibilidade do câmbio automático de quatro velocidades com opção de trocas seqüenciais para as carrocerias hatch e perua do compacto, quando equipado com o motor 1.6 16v flex de 113/110 cv.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
25 de outubro de 2012

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação