Direto do Salão de São Paulo - Multiuso de espírito jovem

Destaque da General Motors no Salão do Automóvel de São Paulo, Prisma Y é estudo estilístico para concorrer com o Ford EcoSport. Tem tudo para ser feito em série e segue onda aventureira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
O vidro da tampa traseira se integra às janelas laterais, favorecendo a visibilidade. O Prisma Y foi um dos destaques da montadora no Salão do Automóvel de São Paulo - Rafael Bozzolla/EM - 10/2006 (inferior) O vidro da tampa traseira se integra às janelas laterais, favorecendo a visibilidade. O Prisma Y foi um dos destaques da montadora no Salão do Automóvel de São Paulo
A General Motors lançou recentemente o sedã Prisma, três volumes derivado do compacto Celta, e em seguida apresentou outro modelo baseado na mesma arquitetura. Trata-se do Prisma Y, um carro-conceito totalmente desenvolvido pela área de design da GM do Brasil e que vem chamando a atenção no estande da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, que termina domingo. E o objetivo é esse mesmo: submeter o modelo ao gosto popular, já pensando na possibilidade de produzi-lo em série em um futuro próximo.

A montadora não diz sim nem não sobre a possibilidade de produzir o Prisma Y no Brasil, já que está relançando o jipe Tracker no mercado nacional. Mas tudo indica que o multiuso de estilo moderno tem chances de fazer parte da linha da GM, oferecendo uma proposta diferenciada.

Jovem

A identificação Y foi retirada das palavras em inglês young e youth, que, em português, significam jovem e juventude. E a idéia do conceito é exatamente essa: um carro de espírito jovem, de estilo aventureiro, que tenha desenvoltura na cidade, estrada e no campo. Versatilidade e esportividade também são atributos do Prisma Y, que tem capacidade para cinco pessoas e ainda transporta equipamentos de camping, pranchas de surfe e até bicicletas. Ou seja, é um carro muito voltadopara o lazer.
Com estilo robusto, marcado pela frente de cunha, conceito mescla as características de utilitário-esportivo, sedã e perua - Fotos: Eduardo Evora/General Motors/Divulgação Com estilo robusto, marcado pela frente de cunha, conceito mescla as características de utilitário-esportivo, sedã e perua

Com seu estilo robusto, marcado principalmente pela frente em cunha com vincos acentuados, o conceito também pode ser visto como um carro prático para o trânsito urbano. Mescla as características de um utilitário-esportivo, do sedã e de uma perua. Tem, como atrativo, o porta-malas com boa capacidade volumétrica (maior do que o do sedã) e diferentes possibilidades de aberturas horizontais e verticais.

Aventura

Pneus de uso misto e suspensão elevada são outras características que habilitam o Prisma Y a trafegar com mais desenvoltura sobre pisos irregulares. Na frente do carro, o pára-choque com faróis auxiliares incorporados segue o estilo usado nos modelos fora-de-estrada, com bom ângulo de ataque. Nas laterais, molduras de plástico contornam os pára-lamas e também a parte inferior das portas. O vidro da tampa traseira se integra às janelas laterais, favorecendo a visibilidade.

Outro destaque do modelo é o teto solar panorâmico, que se abre até o banco traseiro, possibilitando contato maior com o ambiente externo. O interior do carro segue o mesmo padrão do sedã Prisma: bem simples e apropriado para uso fora-de-estrada. O banco traseiro é totalmente rebatível e pode ficar na altura do assoalho, criando ampla área plana. É o sistema flexspace, o mesmo usado no monovolume Zafira.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
25 de outubro de 2012

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação