Salão de Detroit - Em busca das raízes

Europeus brilham pouco, americanos apostam nos carros de produção e Toyota quer conquistar segmento das picapes. Veja os lançamentos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/01/2007 00:29 Rafael Bozzolla /Estado de Minas
Ford Focus - Rafael Bozzolla/EM Ford Focus
Detroit (EUA) * - Coincidência ou não, ao completar 100 anos, o North American International Auto Show (NAIAS) marca a volta do estilo americano ao salão. Depois de uma edição marcada pela preocupação quase obsessiva com o consumo, em 2006, a atual edição da mostra está mais próxima dos valores de espaço e potência, associados aos carros fabricados nos Estados Unidos. O Salão de Detroit abre as portas ao público sábado e termina dia 21.

Audi
Tentando reproduzir o sucesso que tem na Europa, apresentou o Q7 com motor a diesel e tecnologia Bluetec (emprestada da Mercedes). Com o novo propulsor, o carro cumpre as normas de poluição dos 50 estados americanos.

BMW
Sem modelos completamente novos, a BMW usou Detroit para o lançamento mundial do Série 3 conversível, que entra na tendência dos descapotáveis de teto rígido.

Chrysler
Introdutora da minivan nos Estados Unidos, a Chrysler apresentou a nova geração da Town & Country, que deve chegar ao Brasil com o nome de Grand Caravan.

Cadillac
Marca de luxo com maior associação com os EUA, a Cadillac renovou o sedã médio CTS. A geração anterior, de 2002, foi extremamente bem-sucedida, e o novo modelo segue as mesmas linhas, com um toque de evolução.
Toyota Tundra e Cadillac CTS - Rafael Bozzolla/EM - Rebecca Cook/Reuters Toyota Tundra e Cadillac CTS

Ford
O Focus americano era baseado na antiga geração do médio europeu, ainda comercializada no Brasil. Com o modelo, foi escolhida uma nova plataforma e estilo mais oriental. Mas que, infelizmente, não tem a força do estilo do carro que vai substituir. Também foi eliminada a versão hatch no mercado americano.

Lexus
Nos EUA, a marca de luxo da Toyota vende mais do que Mercedes ou BMW. Para acompanhar as rivais, lançou o sedã IS-F com 400cv. A letra F será usada para designar modelos de alto desempenho, como os AMG da Mercedes, M da BMW e S da Audi.

Maserati
Apresentou a versão do sedã Quattroporte, com câmbio automático de seis marchas.

Mitsubishi
Por causa do grande sucesso do Lancer Evolution nas provas de rali, a marca japonesa lançou a nova geração do carro e aproveitou para mostrar como será o Evo10.

Nissan
Para não ficar atrás das concorrentes Toyota (com o Rav4) e Honda (com o CR-X), a Nissan usa o Rouge para marcar sua entrada no mercado de utilitários-esportivos compactos.

Porsche
Outra marca européia com presença morna, tem como novidade o utilitário Cayenne, que passou por uma plástica e enterrou definitivamente os faróis em forma de ameba, como símbolo de estilo da montadora.

Toyota
Sem medo de enfrentar os americanos em casa, a nova picape Tundra entra na lista dos gigantes. É quase caminhão. À venda com cabine simples, estendida e dupla, na versão topo de linha, tem motor V8 5.7 e reboca até 4,9 toneladas.

Leia mais sobre o Salão de Detroit no Veja Também, no canto superior direito desta página. Acesse a galeria para ver mais fotos!

(*) Jornalista viajou a convite da Anfavea
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
25 de outubro de 2012

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação