Salão de Los Angeles - Estrelas da Califórnia

Mostra da capital mundial do cinema não tem a mesma importância de grandes shows, como Paris, Genebra ou Frankfurt. Mas, a cada edição, aumenta o número de estréias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/11/2007 10:58 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Honda FCX - Gabriel Bouys/AFP Honda FCX
A segunda maior cidade dos Estados Unidos é dona da maior frota de carros do país. Cortada por uma rede de auto-estradas, lá tudo é feito a bordo de um veículo. Nada mais natural do que abrigar um salão do automóvel, que fica aberto ao público até domingo. Como os moradores passam boa parte da vida dirigindo, várias marcas apostam nos híbridos. Modelos também atendem as rígidas leis antipoluição do estado americano da Califórnia.

Chrysler/Dodge
A dupla americana apresentou as versões híbridas dos utilitários-esportivos (SUVs) Chrysler Aspen e Dodge Durango. O motor a combustão é o tradicional Hemi V8 5.7, acoplado a um conjunto elétrico. Os modelos são os primeiros híbridos em grande escala do grupo Chrysler e chegam ao mercado já em 2008. A expectativa do fabricante é de uma melhora de 25% no consumo rodoviário (onde o modo híbrido é menos usado) e de até 40%, no consumo urbano. Os veículos também contam com a tecnologia que desativa metade dos cilindros, em situações nas quais é exigida pouca potência.

Honda
A montadora japonesa usou o salão para a apresentação mundial do FCX Clarity. O modelo é movido por célula a combustível, alimentada por hidrogênio. A nova célula é 65% menor do que a geração anterior, permite uma autonomia de até 435 quilômetros, produz 100 kw de força e o único elemento deixado no meio ambiente é água. O carro estará disponível apenas na modalidade de leasing, em quantidades limitadas, a partir de meados do próximo ano.
Toyota Sequoia e Pontiac Vibe - Toyota/Divulgação - Pontiac/Divulgação Toyota Sequoia e Pontiac Vibe

Lincoln
A marca de luxo da Ford nos Estados Unidos apresentou o MKS, sedã que ocupa o meio da linha de produtos do fabricante. Em termos de estilo, o carro recupera a grade dupla usada na década de 1940, por modelos como o Continental. O motor é V6 3.7, de 273 cv, em conjunto com câmbio automático de seis velocidades. A tração é dianteira, mas há a possibilidade de equipar o veículo com tração integral. Entre os equipamentos estão assentos elétricos com aquecimento e refrigeração, piloto automático auto-ajustável e faróis que seguem a trajetória das curvas.

Lotus
A novidade do pequeno fabricante britânico de veículos esportivos foi a versão especial Elise Califórnia. Tendo como base o modelo SC, que usa motor com supercharger, de 240 cv, a série Califórnia tem um aerofólio traseiro maior, rodas e interior exclusivos. Pesando apenas 900 kg, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,4 segundos, e a velocidade máxima é de 240 km/h. O consumo, de acordo com o fabricante, é de apenas 13 km/l.

Nissan
Também vendido no Brasil, o Murano passa pela reestilização de meia-idade. O modelo apresentado em Los Angeles chega às revendas dos EUA, no início de 2008, já como modelo 2009. Além das modificações na grade e faróis dianteiros, o interior também foi renovado. Entre os equipamentos, a novidade é um sistema de navegação, que recebe informações sobre as condições de tráfego em tempo real; e uma câmara embutida na traseira, para facilitar as manobras em marcha à ré.

Pontiac
A marca americana, do Grupo General Motors, mostrou a nova geração do hatchback Vibe. O estilo foi renovado, mas mantém características semelhantes às do modelo que substitui. A linha 2009 também marca a volta dos Pontiacs GT, com tração integral, veículos de família, mas com vocação esportiva. Outro apelo do carro é o preço, similar ao de um sedã, porém, com mais espaço interno.

Toyota
Outro modelo renovado foi o utilitário-esportivo Sequoia, da Toyota. O grandalhão usa o mesmo chassi da picape Tundra e compartilha os motores V8 4.7 e 5.7 que produzem, respectivamente, 276 cv e 381 cv, com opções de câmbio automático de cinco ou seis velocidades. Tração integral é de série em todos os modelos, assim como a terceira fileira de assentos. Entre os pontos fortes do modelo, está a capacidade de reboque de até 4,5mil quilos.

Chevrolet
Como outras montadoras, a Chevrolet apresentou um híbrido em Los Angeles. Além do motor V8 6.0 a gasolina, a picape Silverado conta com um acumulador elétrico de 300 volts. O sistema é chamado de Energy Storage System (EES) e permite uma economia de combustível de 40% na cidade e de 25% no circuito misto. Usando somente eletricidade, a picape tem autonomia de cerca de 300 quilômetros.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
25 de outubro de 2012

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação