Bienal também é Ragga

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/12/2007 23:59 Portal Vrum
Mancha mandando o Backflip - Fotos: Paulo Rios/Ragga Mancha mandando o Backflip
Por Bernardo Biagioni - Revista Ragga

Ouvidos mais atentos diriam ter escutado um barulho de tambores soando pela parte de trás da arquibancada. A platéia gritava, aplaudia, assoviava e se movimentava em todas as direções. O silêncio veio de forma repentina. Mancha, biker amador de Belo Horizonte, desceu a rampa pedalando a bikezinha de dirt e se jogou para trás no primeiro salto, encaixando na base um backflip perfeito. O público voltava a fervilhar, os gritos e assovios estalavam pela atmosfera e abafavam o som das motos que circulavam na pista dos fundos.

A Bienal do Automóvel 2007 trouxe, exclusivamente para o evento, a rampa Gate de Dirt Bike. Comumente utilizada no X-Games, o brinquedinho de seis metros de altura e 13 de comprimento, dava gás para os bikers executarem suas manobras pelos dois saltos que ficavam adiante.
Celso Huslan no freestyle e Marcel Fernandes no rock crowling - Celso Huslan no freestyle e Marcel Fernandes no rock crowling

"E aí Henrico, anima um 'Superman'?" Mancha desafiava o biker mineiro para uma das manobras mais alucinantes da modalidade Dirt Bike: "Agora, velho!" Sem hesitar, os caras desceram pela Gate e voaram, literalmente, no primeiro salto, planando com muita leveza na rampa de recepção

"Quem é o melhor da galera aqui?" Perguntei para o Henrico que desprendia o capacete do pescoço para descansar. "Pó, acho que o Maike ali." Profissional e um pouco retraído, Maike honrou a coroa entregue por seu colega. Desceu a rampa pedalando, pulou o primeiro salto olhando para os lados e, no segundo jump, mandou um Tailwhip sensacional que tirou a platéia dos bancos.

Na mesma arena das bikes, as motos faziam a apresentação de Freestyle de Motocross. Com uma rampa de pouco mais de três metros de altura e uma recepção montada sobre um caminhão, Gian Bergamini, Celso Huslan, Fred Kirillos e Natan Azevedo rasgavam o céu nublado de Belo Horizonte com manobras insanas sobre as duas rodas. Os 'Supermans' arrancavam aplausos da platéia, que tentava dividir a atenção entre os aéreos das motos e a ousadia do Dirt Bike.

Em um canto não muito isolado da arena das motos e bikes, Marcel Fernandes de Abreu apertava os últimos parafusos de seu Jipe. Um gramado mal-cuidado carregava inúmeros blocos de concreto de até 5 metros de altura, sem falar em outros veículos estranhos com rodas enormes. Os curiosos começaram a se amontoar na cerca da arena assim que Marcel deu partida eu seu 'carrinho': "Prazer, isso é o Rock Crawling", brincou o piloto. "Se traduzirmos para o português, o esporte teria um nome próximo à 'rastejando sobre pedras'. O objetivo das competições do Rock Crawling é transpor obstáculos. Trata-se, basicamente, de um Trial, mas feito com veículos 4x4."

Entusiasmada com a idéia de promover eventos 'radicais' durante a exposição de veículos conceituados no mercado automobilístico mundial, a Bienal cedeu espaço para última etapa do Campeonato Brasileiro de Rock Crawling, promovido pela UNRoC (União Nacional de Rock Crawling). "A brincadeira foi importada dos Estados Unidos. Os veículos do Brasil evoluíram bastante nos últimos três anos, mas ainda estamos longe dos nossos colegas norte-americanos. Esta é a segunda edição do campeonato, sinal que o esporte está se firmando.", diz Marcel Fernandes, que é competidor e organizador da etapa mineira do champ.

O Expominas provou que não estava cedendo espaço para um evento exclusivo dos tiozões do churrasco. A Bienal do Automóvel 2007 também é Ragga. No que se refere à adrenalina, aventura e emoção a produção da exposição deu aula.

Leia mais notícias radicais no site da Revista Ragga!

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
25 de outubro de 2012

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação