Trânsito - Educando conforme a cultura

Campanhas e vídeos veiculados em diversos estados e países revelam o espírito de cada localidade. Independentemente do formato, iniciativas precisam ser constantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/10/2006 22:01 Paula Carolina /Estado de Minas
Campanha de empresa de Curitiba lembra com a mensagem o perigo da combinação álcool e direção - Campanha de empresa de Curitiba lembra com a mensagem o perigo da combinação álcool e direção
O espírito alegre do baiano contrasta com a seriedade do paranaense. Enquanto em Salvador a advertência vem brincando em Curitiba, o alerta começa com um apelo emocional forte. De Nordeste a Sul, o objetivo é conscientizar para os perigos do trânsito, não importa a fórmula. Assim como nos países desenvolvidos, especialmente na redução de acidentes, a forma muda, indo desde tons de repreensão ao motorista idiota, que transgride as leis, mesmo sabendo que vai ser punido, a um profundo apelo à vida, com o uso de imagens chocantes. Não importa. O fim é sempre o mesmo: alertar para o que todos sabem, mas ainda estão longe de acreditar acidentes acontecem e não é somente com os outros.

Durante o Fórum Volvo de Segurança no Trânsito, em Curitiba, em setembro, vídeos de educação para o trânsito de diversas campanhas premiadas no Brasil e no mundo foram apresentados e discutidos por especialistas, que compartilham uma única conclusão: as campanhas precisam ser mais duradouras.

Salvador

O espírito de folia é contagiante nas campanhas promovidas pela prefeitura de Salvador e a criatividade ganha destaque. Os vídeos cativam o público, sem deixar de passar a mensagem. O primeiro, depois de exibir imagens dos diversos modelos de veículos flex, que podem ser abastecidos com gasolina, álcool ou a mistura de ambos em qualquer proporção, traz a mensagem: Eles podem combinar álcool e gasolina, você não. No segundo, diversas imagens de postes chamam a atenção. E o vídeo informa: Tem coisa melhor para beijar no carnaval.
Filme alemão mostra cenas chocantes - Fotos: Carlos Altman/Reprodução/Goodyear Filme alemão mostra cenas chocantes

Curitiba

Com apelo bem diferente, a Unimed Curitiba elaborou campanha com forte fundo emocional. Um dos vídeos mostra uma criança, à espera do pai, que não volta; enquanto outro revela a angústia de uma mãe, que não encontra a filha no quarto pela manhã. Em seguida, a mensagem: Por favor, se beber, não dirija. Ainda mais tocante, é composição feita para rádios, que usa como mote a música Outra vez, interpretada por Roberto Carlos: Você foi o maior dos meus casos, de todos os abraços, o que eu nunca esqueci (). Das lembranças que eu trago na vida, você é a saudade que eu gosto de ter. Neste ponto, a canção é interrompida pela informação do número de 26 mil mortos e 20 mil feridos no trânsito brasileiro, seguida do mesmo pedido: Se beber, não dirija. E finalizada: Só assim, sinto você bem perto de mim, outra vez.

Gaúchos

Também seguindo o tom emocional, vídeos do Detran-RS alertam para os feriados prolongados. Imagens de cama vazia, balanço sem ninguém, vaga de garagem sem carro, velotrol sem criança, são fortes e a mensagem é clara: Neste feriado, nem todas as pessoas vão voltar para casa. Não seja uma delas. Respeite os limites de velocidade.


Nova Zelândia

O tom é mais agressivo. O pequeno filme mostra vários passos de um pai, desde a compra de um alimento para a filha até a chegada no carro. A cada momento, o pai cruza com um personagem e a mensagem é a seguinte: Ele está preparado para matá-lo (a), seguida do aviso final, depois que ele entra no carro e acelera: Se você está preparado para correr, está preparado para matar. Outro vídeo relata o drama interior de um homem, que parece ter acabado de beber e anda em direção ao veículo. Ele vê inúmeras pessoas pedindo para que não dirija, mas arrisca e sai. Novamente, a mensagem agride: Eles bebem. Eles dirigem. Nós morremos. Em seguida, o aviso de que naquele período a polícia local estará realizando testes de bafômetro: Se beber e dirigir, você é um perfeito idiota.

Berlim

Mas o filme mais chocante fez parte do Festival de Berlim, em 2003. As cenas são impressionantes e o vídeo chega a ser forte. A história começa apresentando um casal de namorados, que demonstram estar alegres e apaixonados. Mas o locutor avisa: Hoje, ele vai bater nela com tanta força que a deixará com lesão cerebral permanente. O casal encontra alguns amigos e pega carona no banco de trás de um automóvel. Ela está com cinto de segurança, ele não. Em seguida acontece o acidente. O rapaz é arremessado várias vezes para fora e para dentro do veículo até que bate com força na cabeça da namorada, já inconsciente. Ele e outros ocupantes morrem na hora. Ela é levada em estado grave, e o resultado todos já sabem.

Jornalista viajou a convite da Volvo do Brasil
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação