Sob o efeito do sol

Outros sistemas e componentes do carro acabam sofrendo com ação do calor nesta época do ano. Freios, embreagem e até mesmo o interior do veículo podem se alterar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/11/2006 01:00 Enio Greco /Estado de Minas
Rafael Bozzolla/EM - 18/9/06
Não é só o sistema de arrefecimento do motor que pode apresentar problemas, nos dias de temperaturas elevadas. Há outros componentes que devem ser lembrados, pois também estão sujeitos a alterações com o calor. Paulo Lozano, diretor-técnico da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), informa quais são e indica os principais cuidados.

Elétrico

Com a elevação da temperatura, é normal que se use com mais freqüência o ar-condicionado ou o sistema de ventilação, aumentando o consumo de energia. Para evitar problemas, Lozano recomenda a verificação da carga e estado geral da bateria, terminais e cabos. É bom checar também o nível do gás, compressor, mangueiras e polias do ar-condicionado. Calor e umidade elevados podem favorecer o aparecimento de fungos e bactérias prejudiciais à saúde.

Consumo

Com o calor, é normal que a evaporação do combustível aumente e os gastos também. Mas desconfie de cheiro de combustível no interior do carro, pois pode indicar algum vazamento no sistema de alimentação.

Freios

O diretor técnico da AEA explica que a temperatura ambiente exerce alguma influência no esforço de frenagem, mas não de forma contundente. Ele diz que, quando muito solicitados e aquecidos, os freios a tambor apresentam uma tendência maior de perder a eficiência de frenagem do que os sistemas com discos. Recomenda-se a revisão periódica do sistema e, para evitar problemas, descer serras engrenado em marcha reduzida.
Marlos Ney Vidal/EM - 13/7/06

Embreagem

Situações como uma subida de serra, com trânsito congestionado, em um dia de calor, podem causar problemas na embreagem. Para evitar, é recomendável que os elementos do sistema estejam sempre em bom estado de conservação. Lozano dá outras dicas importantes: evite fazer o controle de embreagem com o carro parado e não descanse o pé sobre o pedal, situações que causam o desgaste do sistema.

Pintura

Paulo Lozano lembra que algumas cores podem ser mais sensíveis aos raios ultravioleta, como o vermelho Bordeaux. Mas, em geral, ele acredita que o desgaste da pintura só ocorra a longo prazo.

Forninho

O interior do carro não deve ser prejudicado pelo calor e ação dos raios solares, já que os plásticos e tecidos usados são desenvolvidos e testados para resistir a essas situações. Mas o diretor-técnico da AEA esclarece que um carro totalmente fechado, parado sob sol forte, pode chegar a uma temperatura extremamente elevada, causando total desconforto a quem estiver em seu interior. O ideal é proteger o veículo da exposição prolongada ao sol.

Peso

Respeite os limites de carga recomendados pelo fabricante, pois a combinação de carro pesado e calor pode acarretar danos a alguns sistemas e componentes. Consulte o manual do proprietário para saber qual a carga total recomendada.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação