Segurança - Quando pisar, tem que parar

Para a viagem de férias, é importante revisar completamente todo o sistema de freios, que será bastante exigido, pois o carro vai levar muito mais peso

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/12/2006 00:43 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Na revisão do sistema de freios é importante verificar o estado das pastilhas e dos discos, para não ter surpresas depois - Marlos Ney Vidal/EM - 23/11/06 Na revisão do sistema de freios é importante verificar o estado das pastilhas e dos discos, para não ter surpresas depois
Carro em viagem de férias normalmente trafega com muito peso. E isso associado a uma longa descida sinuosa e altas velocidades, pode levar ao superaquecimento do sistema de freios, que deixa de funcionar justamente no momento em que mais se precisa.

Fading

É o fenômeno no qual ocorre a perda repentina de eficiência do sistema de freios, devido à alta temperatura dos materiais que se atritam, ou seja, da pastilha com o disco ou da lona com o tambor. Isso ocorre por causa da sobrecarga no sistema de freios, provocada por alta velocidade, excesso de peso e pelo uso prolongado. Depois que esfria, o freio volta a funcionar normalmente.

Ponto morto

Deixar o carro na banguela, ou seja, em ponto morto na descida, não vai proporcionar economia de combustível e ainda sobrecarrega os freios, que não vão contar com a ajuda do chamado freio-motor.

Prevenção

Uma forma eficiente de reduzir os riscos de superaquecimento do sistema de freios é cuidar de forma preventiva da manutenção. Além da troca de pastilhas e lonas, o motorista deve ficar atento ao prazo de troca do fluido de freio (consta no manual), pois ele tem características higroscópicas (capacidade de absorver umidade) e, com o tempo, vai adquirindo mais partículas de água, que abaixam o ponto de ebulição. Ou seja, o fluido vencido aumenta as chances de ocorrer superaquecimento do sistema.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação