Usados - Do tamanho do bolso

É possível comprar um bom carro gastando até R$ 10 mil, metade do que custa o veículo novo mais barato do mercado. Porém, é preciso pesquisar bem e ficar atento aos detalhes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 09/02/2007 23:52
Elba de 1987 pode ser comprada por R$ 4,9 mil, mas, por ter 20 anos de uso, exige muita atenção - Fotos: Arquivo/EM Elba de 1987 pode ser comprada por R$ 4,9 mil, mas, por ter 20 anos de uso, exige muita atenção
O motorista Carlos Valadares aproveita a folga, vai à revenda em que conhece um dos vendedores, na Avenida Vilarinho, em Venda Nova, e pergunta sem cerimônia: "Tem alguma jóia de R$ 7 mil para minha prima?". O vendedor não perde tempo, tira as mãos da cintura, põe o braço no ombro do pretenso comprador e aponta para um Chevrolet Kadett, no fundo do pátio; mostra um Ford Escort, ali pertinho; e estica a conversa sobre planos de financiamento e condições de pagamento. A prima de Carlos tem R$ 2,5 mil para pagar a entrada e pretende financiar o resto. Ela faz parte de um grande universo, alheio aos salões encerados das concessionárias de veículos novos, e que pode pagar menos de R$ 10 mil por um carro.

ESTRUTURA

O vendedor da Nikini Vilarinho, Juscelino César Souza, explica que, ao comprar um veículo com o limite de preço de R$ 10 mil, o importante é examinar a estrutura do carro. "Os problemas de mecânica podem ser arrumados", explica. As dicas dele são: um Kadett GSI 2.0, ano 1991, avaliado em R$ 8,9 mil; um Escort Hobby 1.0, ano 1994, por R$ 8,8 mil; e um Monza GL de 1994, a R$ 9,8 mil.

Descobre-se o filé mignon mais tenro quando se pergunta ao vendedor que veículo ele compraria, se tivesse R$ 10 mil no bolso. "Um Fiat Uno 1.3, de 1995", responde Juscelino, de bate-pronto. A vantagem do Uno em relação ao Kadett, Escort e Monza, explica, é ser um veículo ainda em produção, apesar de ter sido submetido a diversas reestilizações e modificações nos 12 anos de mercado.
Já o Monza de 94 custa quase R$ 10 mil e, mesmo assim, precisa de cuidados com a estrutura - Já o Monza de 94 custa quase R$ 10 mil e, mesmo assim, precisa de cuidados com a estrutura

REVENDA

O gerente comercial da loja da SRM Veículos da Avenida Vilarinho, também em Venda Nova, Paulo Farias, aponta alguns modelos da Ford, como boas compras: Versailles, de 1994 (R$ 8 mil a R$ 9 mil); Del Rey, de 1990 (R$ 6 mil); e o mesmo Escort (R$ 8 mil a R$ 9 mil) indicado por Juscelino. Sobre o Uno, a consideração de Farias é de que ele não "proporciona conforto". Como opção até R$ 10 mil, sugere um Fiat Prêmio, de 1992, que tem um porta-malas maior e é vendido entre R$ 7 mil e R$ 8 mil.

Quem quer mais conforto, explica Farias, pode escolher um Tempra até 1994, mas ressalta que tem que ser modelo de 8V, porque o de 16V "bebe demais". Quando a pergunta é que carro ele compraria para o filho, gastando até R$ 10 mil, Farias escolhe o "pouco confortável" Uno 1.0, de 1994. "É bom comprar o carro pensando em vender, e o Uno é um carro mais comercial", explica.

BARATINHO

Quando o negócio desce da casa dos R$ 5 mil, o jeito, ou melhor, o jeitinho, segundo Juscelino, é negociar bastante com o cliente. "É difícil dar muita garantia. Recomendamos ao comprador que peça a um mecânico para olhar motor e caixa e, às vezes, damos um desconto maior e diminuímos a garantia", afirma o vendedor. Porém, o Código de Defesa do Consumidor garante o mínimo de três meses de garantia para o produto. De toda forma, Juscelino indica algumas boas compras para quem pretende gastar até R$ 5 mil: um Chevette Hatch, de 1980 (R$ 3,8 mil); um VW Gol, de 1985, já refrigerado a água ( R$ 3,9 mil); e uma Fiat Elba, de1987, duas portas (R$ 4,9 mil).

Leia mais sobre veículos usados no Veja Também, no canto superior direito desta página.

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação