Celta - Óleo passa pelo anel

Compacto da Chevrolet apresenta problema de vazamento na caixa de marchas, dificultando as trocas. Montadora e concessionárias confirmam o defeito em algumas unidades do modelo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/11/2007 10:44 Enio Greco /Estado de Minas
General Motors não pretende fazer campanha para reparar vazamento de óleo no hatch - General Motors/Divulgação General Motors não pretende fazer campanha para reparar vazamento de óleo no hatch
Algumas unidades do Chevrolet Celta vêm apresentando vazamento de óleo na caixa de marchas e, se o problema não for detectado e solucionado rapidamente, as conseqüências podem ser graves. Em alguns casos, percebe-se certa dificuldade no engate das marchas. Mas, se o vazamento não for contido, podem ocorrer danos mais graves nas engrenagens, travando a caixa.

Aparecido da Silva é proprietário de um Celta 2007. Comprou o carro zero e, depois de rodar 1.800 quilômetros, percebeu que as trocas de marchas já não eram feitas de forma tão suave e precisa. O câmbio agarrava na passagem da primeira para segunda marcha, e desta para a terceira. Com o carro ainda na garantia, Aparecido procurou a concessionária LiderBH, onde foi detectado inicialmente que o problema era a regulagem no trambulador (elemento de ligação entre a alavanca do câmbio e suas engrenagens).

Engates
Mas o serviço feito não deu resultado e, depois de certo tempo, Aparecido voltou a ter dificuldades no engate das marchas. Recentemente, ele resolveu levar o carro em outra concessionária Chevrolet, a Grande Minas, onde o problema começou a ser finalmente esclarecido. A equipe técnica da concessionária constatou que o nível do óleo da caixa de marchas estava muito baixo. A causa era um vazamento no retentor, um anel de borracha que fica na parte superior da caixa.

Como o carro ainda estava na garantia, acabou ficando na concessionária por alguns dias, aguardando a conclusão do serviço. O anel de borracha foi substituído em garantia, mas a assistência técnica da concessionária constatou que o câmbio estava com problema no sincronizador, que dificultava o engate das marchas. A substituição do componente foi autorizada por Aparecido, mas, por falta da peça, o Celta permanece na concessionária.

Vedador
Na Grande Minas, ele foi informado pelo consultor técnico de que o vazamento teria sido detectado em outras unidades do modelo. O caderno Veículos consultou a assistência técnica das concessionárias Chevrolet em Belo Horizonte e três confirmaram ter conhecimento do problema de vazamento da caixa de marchas do Celta. Em todas, a explicação foi a mesma: o anel vedador não segura o óleo.

De acordo com o departamento de Serviço e Pós-Vendas da General Motors do Brasil, o vazamento pelo trambulador do Celta já havia sido detectado. Para resolver o problema, a montadora disponibilizou informação técnica em todas as concessionárias e oficinas autorizadas no país, indicando como reparar o inconveniente. A GM explica ainda que o problema ocorre no anel anti-ruído interno do trambulador, que, em alguns casos, permitia "pequeno vazamento do óleo lubrificante". A montadora não pretende fazer campanha para reparar o defeito, pois considera que são apenas alguns casos e, quando os mesmos ocorrem, os clientes são atendidos em garantia na rede autorizada, sem custos.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação