Para situações de emergência

São vários os sistemas disponíveis para alertar o motorista, entre os quais um que detecta o momento de estresse e limita informações no painel, para não desviar a atenção

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/04/2008 15:06 Enio Greco /Estado de Minas
City Safety conta com radar ótico no pára-brisa e monitora os carros da frente - Volvo/Divulgação City Safety conta com radar ótico no pára-brisa e monitora os carros da frente

A Volvo disponibiliza uma série de equipamentos de segurança ativa em seus modelos. Alguns deles podem ser encontrados também em automóveis de outras marcas, como Volkswagen, Mercedes-Benz e Toyota.

Sistema inteligente de informação ao motorista (IDIS)
Sistema eletrônico que não deixa o motorista se distrair com informações desnecessárias durante situações de estresse. Ele checa continuamente algumas funções do carro, como movimento das rodas, posição do pedal do acelerador, controles dos freios etc. Em momentos de estresse, qualquer informação de menor importância, como chamada telefônica, é atrasada.

Faróis ativos bi-xenônio
Os faróis podem girar até 15 graus em cada sentido, ampliando o campo de visão em curvas. Para evitar o ofuscamento da visão do motorista que trafega em sentido contrário, o ângulo dos faróis é ajustado de acordo com o peso transportado ou situação (se o carro está acelerando ou freando).

Assistência hidráulica do freio (HBA)
A pressão no freio é reforçada hidraulicamente e, em situação de emergência (caso o motorista não pise forte no pedal), o HBA faz com que o ABS atue de forma eficiente, encurtando a distância de frenagem.

City Safety
Dispositivo que será item de série no novo XC60. Estudos feitos pela Volvo revelam que 75% dos acidentes urbanos se referem a colisões em velocidade inferior a 30km/h. Muitas vezes, o motorista nem chega a frear. Quando o motorista da frente freia repentinamente, o City Safety identifica o risco de colisão por meio de um radar ótico, integrado na parte superior do pára-brisa, e aciona o freio de forma automática, mesmo que o condutor não pise no pedal. Caso o carro esteja em velocidade de até 15km/h, o sistema evita o acidente. De 16km/h a 30km/h, o impacto da colisão é atenuado, preservando a integridade dos ocupantes e reduzindo os danos nos veículos.

Assistência de emergência em estradas
Usando radar e câmeras, o sistema monitora o caminho à frente, indicando a aproximação de carros e a disciplina do motorista em sua faixa. Caso o veículo apresente uma tendência de bater nos veículos da frente, ou sair da faixa, um aviso sonoro é ativado. Se o motorista não reagir, uma força é aplicada ao volante de direção automaticamente, ajudando o motorista a retornar para a faixa pretendida. Sistema semelhante equipa o novo VW Passat CC.

Pre-Crash
A Toyota desenvolveu o sistema que tem a função de monitorar os olhos do motorista, verificando se eles estão devidamente abertos. Uma câmera direcionada para a face do condutor e um processador de imagem transmitem informações para um computador, que avalia a posição das pálpebras. Se o Pre-Crash constata que existe a iminência de colisão e que os olhos do motorista não estão abertos, um alerta é acionado. O sistema estará disponível nos próximos modelos da Toyota a serem lançados no Japão.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação