Melhor custo/benefício - Franceses em destaque

Entre os sedãs com motor 1.4 ou 1.6, Logan tem menor preço, mesmo todo equipado. Na faixa entre R$ 35 mil e R$ 40 mil, Peugeot 207 Passion 1.4 e Clio Sedan se dão bem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 17/12/2008 19:15 Paula Carolina /Estado de Minas
Único com opções 1.4 e 1.6, Passion é dos mais completos da categoria - Wagner Malagrine/Peugeot/Divulgação - 1/7/08 Único com opções 1.4 e 1.6, Passion é dos mais completos da categoria
A variedade de modelos e versões em um mesmo segmento de automóveis atualmente comercializados no mercado brasileiro é tamanha que, só entre os sedãs compactos (embora não seja compacto, o Renault Logan se enquadra no ranking devido ao preço) com motorização superior a 1.0 (1.4 e/ou 1.6), há três faixas distintas: os que custam de R$ 30 mil a cerca de R$ 35 mil; entre R$ 35 mil e R$ 40 mil; e acima de R$ 40 mil, já sendo considerada a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), de 5,5%, anunciada pelo governo federal na semana passada. Isso porque os de menor preço são carros mais básicos, com itens de série que beiram o essencial; enquanto os modelos de valor intermediário são mais equipados, tornando-se opção, em alguns casos, até mais atraentes. Já os mais caros fogem ao custo dos demais, mas são veículos de melhor acabamento e/ou com mais acessórios. Na quarta matéria da série que analisa a melhor relação custo/benefício, levando-se em conta preço do carro x equipamentos, os franceses se destacam.

. Melhor custo/benefício - Sedãs 1.0 - Mais por menos
. Melhor custo/benefício entre R$ 30 mil e R$ 45 mil - Caro em conta
. Melhor custo/benefício entre R$ 23 mil e R$ 29 mil - Peladinho com conteúdo

Logan
O francês da Renault (motor 1.6) chegou ao mercado com a missão de ter preço atraente. E conseguiu! Além de ser o maior e o mais espaçoso na sua faixa de preço, já é equipado, pelo menos, com itens considerados básicos para um carro de entrada: conta-giros, temporizador do limpador do pára-brisa, desembaçador do vidro traseiro, cintos de segurança traseiros laterais de três pontos retráteis, travas para crianças e preparação básica para som (sem alto-falantes). Além disso, se "montado" com os equipamentos mais pedidos a partir deste preço - direção hidráulica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos -, embora tenha de subir de versão (de Authentique para Expression) e ainda contar com um Pack de opcionais, o Logan continua sendo o de menor custo do segmento.

. Renault Logan Privilège 1.6 8V - Agilidade urbana
. Renault Logan 1.6 16V Flex - Carro racional
. Siena HLX 1.8 X Logan Privilège 1.6 16V - Malas gigantes

Pecado
A grande falha do Logan - comum a quase todos os veículos deste e de outros segmentos - está na falta do terceiro apoio de cabeça no banco de trás, só disponível na versão topo de linha, que é a Privilège, e que eleva o preço do carro em, pelo menos, R$ 7 mil. Outro problema está na cor: o carro, com pintura sólida (ou seja, sem que se pague mais pela pintura), só é vendido nas cores vermelha, que é pouco comercial, e branca, também complicada em Belo Horizonte por ser o tom obrigatório dos táxis.
Volkswagen Polo Sedan é caro e poderia ter mais itens de série - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 14/2/08 e 7/11/06 Volkswagen Polo Sedan é caro e poderia ter mais itens de série

Prisma
O segundo colocado é o Chevrolet Prisma, que tem motor 1.4. O carro tem os mesmos itens mencionados acima para o Logan e a mesma falha no que diz respeito ao terceiro apoio de cabeça atrás. Quando equipado com os quatro opcionais mais pedidos no mercado, permanece como vice-campeão.

. Chevrolet Prisma 1.4 Maxx - Convence pelo desempenho

Voyage
O novo sedã da Volkswagen (1.6) é o menos equipado dos veículos do seu segmento. Não tem, de série, cintos de segurança traseiros retráteis, conta-giros nem preparação para som; itens que o fazem perder uma posição no rankig. Em compensação, tem acessórios incomuns a automóveis de entrada, como ajuste de altura para o banco do motorista e abertura elétrica do porta-malas. Quando equipado como na opção 2 (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos), no entanto, cai, de terceiro, para quinto colocado, sendo ultrapassado por dois dos carros classificados na faixa intermediária - 207 Passion 1.4 e Clio Sedan 1.6 -, que são bem mais equipados.

. Voyage 1.6 Trend - Mudança radical
. Duelo de gerações - Voyage 1985 X Voyage 2009

Corsa
O banco do motorista também tem regulagem em altura e outro item interessante é a terceira luz de freio (brake-light). O Corsa Sedan 1.4 tem ainda os demais itens da opção 1, mas, como o Voyage, perde para o 207 e o Clio Sedan na opção 2. Nessa situação, porém, é importante mencionar que, ao passar da versão Maxx para a Premium, o Corsa ganha cinto de segurança traseiro retrátil (e de três pontos) também para o passageiro do meio. Item raro e que deveria ser de série em todos os modelos.

Fiesta
Na linha 2009, a Ford já equipa o Fiesta Sedan 1.6 com o chamado kit Fly, que inclui os cintos retráteis laterais traseiros (dois), preparação para som e brake-light. Os demais itens da opção 1 são de série, mas os da opção 2 colocam o modelo da Ford como o último colocado entre os que custam menos e também mais caro do que os da faixa intermediária.

. Ford Fiesta Sedan Flex 1.6 - Mesmo bumbum

Modelos
R$ 30 mil e cerca de R$ 35 mil Preço básico (R$) Equipado Opção 1 (R$)
Logan Authentique 1.6 8V 31.290* 32.290*
Prisma Joy 1.4 31.442 31.442
Voyage 1.6 33.560 34.325
Corsa Sedan Maxx 1.4 33.987 33.987
Fiesta Sedan 1.6 35.620 35.620

Do meio para o pódio

Classificados na faixa intermediária, entre R$ 35 mil e R$ 40 mil, o Peugeot 207 Passion XR 1.4 e o Renault Clio Sedan Expression 1.6 alteram em grande parte o ranking dos sedãs compactos por já serem equipados, de série, com todos os itens das opções 1 e 2. Assim, quando o objetivo é comprar o que a indústria erroneamente chama de carro completo (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos), os dois franceses aparecem como opções de excelente relação custo/benefício, perdendo apenas para os dois primeiros colocados (Logan e Prisma). Além disso, o Clio ainda merece destaque por ter, de série, airbag duplo. Ambos, porém, têm um problema no que diz respeito à cor: a única opção de pintura sólida (sem custo) é a branca. E a metálica custa mais R$ 850 para o 207 e R$ 800 para o Clio.

Já o Siena (1.4), também na mesma faixa, é bem equipado, já tendo de série todos os itens da opção 1, além de direção hidráulica, faróis de neblina e computador de bordo. Além disso, é também o único que tem todos os apoios de cabeça, o que lhe deveria valer uma menção honrosa, à parte. Mas não tem, de série, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, pacote que o torna mais caro do que 207 1.4 e Clio Sedan.

Modelos
R$ 35 mil a R$ 40 mil Preço básico Equipado Opção 1
Siena ELX 1.4 37.206 37.206
207 Passion XR 1.4 38.790* 38.790*
Clio Sedan Expression 1.6 16V 39.790* 37.790

Caros
Quando lançado, o VW Polo foi classificado como compacto premium, pelo melhor acabamento e maior número de equipamentos. Mas, enquanto o primeiro quesito é verdadeiro, o segundo deixa, e muito, a desejar. O Polo Sedan 1.6 tem de série os itens da opção 1, além de computador de bordo e todos os cintos de segurança de três pontos retráteis, mas não tem, sequer, todos os da opção 2 (faltam vidros e travas elétricos), o que leva o preço do carro para mais de R$ 47 mil. Além disso, o valor sugerido (tabela) não existe, pois a VW resolveu incluir o sensor de estacionamento como item de série, ou melhor, como opcional obrigatório. Ou seja, não existe o carro sem o sensor, mas é preciso pagar R$ 660.

. Polo Sedan 1.6 Comfortline - Visual renova fôlego

Também classificado na faixa dos que custam acima dos R$ 40 mil, o 207 Passion 1.6 (único com opções de motor 1.4 e 1.6) tem, ainda, custo/benefício melhor do que o Polo. Além de ter todos os equipamentos das opções 1 e 2, vem com retrovisores e vidros traseiros elétricos, computador de bordo, faróis de neblina, sensor de chuva para acionamento do pára-brisa. Como na versão 1.4, é preciso pagar mais pela pintura metálica, se a escolha não for o branco.

Modelos
Acima de R$ 40 mil Preço básico Equipado Opção 1
Polo Sedan 1.6 43.310 + 660 43.310 + 660
207 Passion XS 1.6 44.000 44.000

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação