Não compre no escuro - Debulhando o Corsa

Caso você esteja "namorando" um Corsa hatch para ser seu veículo, não deixe de conferir os principais problemas apresentados pelo compacto da Chevrolet com o passar dos anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/01/2009 18:56 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Geração atual tem montagem melhor e apresenta menos problemas - Fotos: General Motors/Divulgação Geração atual tem montagem melhor e apresenta menos problemas
A nona edição da série "Não compre no escuro", com a colaboração de especialistas em diversas áreas (mecânica, elétrica, lanternagem, pintura, acabamento, emissão de ruídos), analisa o Chevrolet Corsa. O objetivo é auxiliar na compra de um usado e também ajudar o leitor que já tem o carro a montar plano de manutenção. Além de listar os principais problemas apresentados pelos modelos e o preço médio dos reparos, a série traz os recalls divulgados pelos fabricantes.

Histórico
O Corsa chegou ao mercado brasileiro em 1994, idêntico à segunda geração do modelo europeu, que foi lançado em 1993. As linhas arredondadas chamaram a atenção por aqui, assim como a injeção eletrônica (monoponto) e ignição digital equipando um modelo 1.0. Outra versão, a GL, tinha acabamento melhor e motor 1.4 de 60 cv. Ainda neste ano foi lançada uma versão esportiva, GSI, equipada com o motor 1.6 16V com duplo comando de válvulas e injeção multiponto.

. Não compre no escuro - Fiat Uno Mille!
. Não compre no escuro - Volkswagen Fox!
. Não compre no escuro - Peugeot 206!
. Não compre no escuro - Renault Clio!
. Não compre no escuro - Ford Fiesta!
. Não compre no escuro - Chevrolet Celta!
. Não compre no escuro - Volkswagen Gol!
. Não compre no escuro - Fiat Palio!

No ano seguinte a versão GL ganha opção de 5 portas, com novo desenho na traseira e ganho de 20 litros no porta-malas (agora com 280 litros). Em 1996, os motores 1.0 passam a vir com injeção multiponto e ganham 20% de potência. Com esse ganho, de 50 cv para 60 cv, o motor 1.4 foi aposentado e a versão GL passou a ser oferecida apenas com o motor 1.6 8V (de 92 cv). A versão GSI saiu de linha no fim de 1997. Em 1999, as versões 1.0 ficam ainda mais apimentadas com o lançamento da linha Super, com 16 válvulas, que desenvolvia 68cv.

Em 2000, o Corsa passa por um face-lift, que resultou em linhas mais robustas. Neste ano, o motor 1.0 ganhou versão a álcool, com ganho de 4 cv, e a versão GL saiu de linha, ficando o motor 1.6 8V como opção para a linha Super. Em 2001, os motores 16V, 1.0 e 1.6, saem de linha. No ano seguinte foi lançada a segunda geração brasileira, baseada na terceira geração do modelo europeu, apresentada dois anos antes. Começou a ser vendida em duas motorizações: 1.0, de 71 cv; e 1.8, de 102 cv. A primeira versão flex veio em 2004, equipando o motor 1.8. Apenas no ano seguinte que o motor 1.0 aderiu ao uso de álcool e gasolina em qualquer proporção. Em 2007, foi lançada uma opção intermediária de motor, o 1.4 Econoflex.

Problemas e orçamento

MECÂNICOS
Geração atual tem montagem melhor e apresenta menos problemas. Isolamento precário do painel central é uma das fontes de ruído - Geração atual tem montagem melhor e apresenta menos problemas. Isolamento precário do painel central é uma das fontes de ruído

Geral
Vazamento da bomba dágua
Troca: R$ 310

Vazamento na junta da tampa de válvulas
Troca da junta: R$ 30

Vazamento na junta do cárter
Troca da junta: R$ 78

Vazamento de óleo no retentor da haste coletora
Troca do retentor: R$ 70

Coluna de direção folga prematuramente
Troca: R$ 250

Setor de direção folga com frequência
Troca: R$ 350

Buchas da barra estabilizadora folgam com pequenos intervalos de uso
Troca: R$ 100

Rangidos nas molas dianteiras
Isoladores para molas: R$ 120

MOTOR VHC

Defeito no sensor do nível de combustível
Troca do sensor: R$ 120

ELÉTRICOS

Corsa Wind
Mangueira do sensor de pressão absoluta fura
Troca da mangueira e monitoramento: R$ 72

Defeito na bomba de combustível
Troca: R$ 220

Defeito no sensor de velocidade. Reparos prováveis:
Conserto do painel de instrumentos: R$ 160

Troca da engrenagem do cabo do velocímetro: R$ 62

Troca do cabo do velocímetro: R$ 71

Corsa 1.0 e 1.6 16V
Defeito na Válvula EGR (Válvula de Recirculação de Gases)
Troca da válvula: R$ 1.260

Limpeza: R$ 200

MOTOR VHC

Mal contato nos aterramentos do motor
Limpeza: R$ 60

Defeito na bobina de ignição
Troca: R$ 420

Motores flex
Mau contato no conector do corpo de borboleta
Troca do conector: R$ 80

Mal contato no aterramento da central e motor
Limpeza e reparos: R$ 120

Defeito na boia do tanque
Troca: R$ 270

LATARIA/CARROCERIA

Má qualidade das soldas da carroceria faz com que as chapas de aço se soltem e causem barulho

Refixação dos pontos de solda: de R$ 100 a R$ 500

Tampa traseira desregula com frequência

. Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.4 e 1.6 - Franceses em destaque
. Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.0 - Mais por menos
. Melhor custo/benefício entre R$ 30 mil e R$ 45 mil - Caro em conta
. Melhor custo/benefício entre R$ 23 mil e R$ 29 mil - Peladinho com conteúdo

PROJETO

Comando de válvulas se desgasta com facilidade porque apresenta baixa lubrificação

Substituição do comando de válvulas, balancins e tuchos hidráulicos: R$ 800

Como a bomba dágua é usada para tensionar a correia dentada, quando se troca esta última é necessário mexer na primeira, o que a leva a vazar com mais facilidade

RUÍDOS (causados por)

Para-choques ficam bambos com facilidade quando esbarram

Má regulagem das dobradiças e dos trincos do capô

Folgas nas portas e vidros das janelas

Isolamento precário do painel

Tampa dos alto-falantes bambeiam

Péssimo isolamento do estepe, macaco, chave de roda e triângulo

A mão-de-obra de um tira-grilos, que elimina os ruídos do carro, custa a partir de R$ 200

RECALLS

Confira se seu Corsa está em dia com os recalls ligando para o Centro de Atendimento ao Cliente Chevrolet: 0800-702-4200

Substituição dos parafusos da suspensão dianteira
Início: 25 de outubro de 2007

Verificação e substituição da bomba da direção hidráulica
Início: 27 de junho de 2007

Verificação e eventual substituição da alavanca do freio de estacionamento
Início: 19 de abril de 2006

Substituição do eixo da caixa do diferencial
Início: 29 de abril de 2004

Substituição da haste do pedal do acelerador
Início: 7 de novembro de 2003

Substituição do rolamento externo das rodas traseiras
Início: 7 de junho de 2002

Substituição das pinças de freio
Início: 4 de março de 2002

Substituição do fecho de cinto de segurança dianteiro
Início: 12 de fevereiro de 2001

Verificação do suporte do cinto de segurança
Início: 17 de outubro de 2000

Colaboraram para a reportagem: AutoWay (31-3442-7342); o "tira-grilos"
Luiz Fernando Machado (31-3226-2677); Autowatt (31-2526-4516); Marcha
Livre (31-3481-3200); Magnus Alinhamento (31-3463-9720).


Modelos já analisados: Gol; Palio; Celta; Fiesta; Clio; Peugeot 206; Fox; Uno.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação