Não compre no escuro - Orçamento salgado

Usado que atrai pelo preço, esportividade e itens de conforto, o VW Golf foi analisado pelos especialistas da série. Custo elevado de manutenção é ponto negativo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/04/2009 20:03 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
A segunda geração do Golf, importada da Alemanha, foi lançada no Brasil em 1998 e nacionalizada já no ano seguinte - Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 28/3/06 A segunda geração do Golf, importada da Alemanha, foi lançada no Brasil em 1998 e nacionalizada já no ano seguinte
O focalizado da série Não compre no escuro é o Volkswagen Golf, nas duas primeiras gerações do modelo no Brasil. O objetivo é ajudar o leitor que está pensando em comprar um usado, listando os defeitos crônicos do automóvel. As informações, prestadas por especialistas em diversas áreas (mecânica, elétrica, lanternagem, pintura, acabamento, emissão de ruídos), também são úteis para aqueles que já têm um Golf mais antigo e querem montar um plano de manutenção. A série também traz a lista de recalls de cada veículo.

O Golf chegou ao Brasil, importado do México, em 1994. A versão era a esportiva GTI, com motor 2.0, que desenvolvia 115 cv. No ano seguinte, chegaram mais versões: a GLX 2.0 e GL 1.8, (vinda da Alemanha). Em 1996, essa última versão também passou a vir do México, com injeção multiponto, que lhe rendia 96 cv. Em 1998, foi lançada uma nova geração do modelo, produzida na Alemanha, a quarta desde seu lançamento na Europa, em 1974. As versões eram a 1.6, de 101 cv, 2.0, de 115 cv e o 1.8 GTI, de 150 cv. Já no ano seguinte, essas mesmas versões passaram a ser fabricadas no Brasil. Em 2007, o modelo passou por um face-lift e trouxe como novidade a motorização 1.6 flex.

Não compre no escuro - Ford Courier
Não compre no escuro - Chevrolet Kadett e Ipanema
Não compre no escuro - Fiat Marea
Não compre no escuro - VW Apollo e Ford Verona
Não compre no escuro - Chevrolet Vectra
Não compre no escuro - Fiat Tipo
Não compre no escuro - Volkswagen Kombi
Não compre no escuro - Ford Escort
Não compre no escuro - Chevrolet Monza
Não compre no escuro - Fiat Tempra
Não compre no escuro - Volkswagen Santana
Não compre no escuro - Ford Ka
Não compre no escuro - Chevrolet Corsa
Não compre no escuro - Fiat Uno Mille
Não compre no escuro - Volkswagen Fox
Não compre no escuro - Peugeot 206
Não compre no escuro - Renault Clio
Não compre no escuro - Ford Fiesta
Não compre no escuro - Chevrolet Celta
Não compre no escuro - Volkswagen Gol
Não compre no escuro - Fiat Palio


Problemas e orçamento

Como principalmente a primeira geração do Golf é importada e circulou por aqui por pouco tempo, algumas peças originais do motor são caras e nem sempre estão disponíveis nas autorizadas, e mesmo no mercado paralelo não são fáceis de se encontrar, o que pode obrigar o proprietário a visitar ferros-velhos.
Troca do módulo de ignição do Golf GTI de segunda geração custa R$ 3.250. Substituição do jogo de velas do modelo de primeira geração pode chegar a R$ 900 - Volkswagen/Divulgação Troca do módulo de ignição do Golf GTI de segunda geração custa R$ 3.250. Substituição do jogo de velas do modelo de primeira geração pode chegar a R$ 900

MECÂNICOS

Geral
Folgas nas buchas dos leques, bieletas e coxins com rolamentos
Troca: R$ 400

Barulho nas rodas
Troca do cubo e rolamento:
R$ 182 por roda

1ª geração
Falha nos cabos de vela
Troca: R$ 900

Trinca na mangueira do respiro do motor
Adaptação: R$ 150
Troca: R$ 635

Trinca na base do corpo da borboleta
Troca da base: R$ 3.700

2ª geração
Falha nos cabos de vela
Troca: R$ 610

Testes do Golf

. Golf GT 2.0 Flex - Para botar banca
. Golf Sportline 1.6 Flex - Golf também entra no clima
. Golf GTI 1.8 Turbo - Pode pisar que tem

ELÉTRICOS

1ª geração
Geral
Falha na bobina e módulo de ignição
Troca: R$ 190

Falha no sensor de temperatura da água
Troca: R$ 80

Golf 2.0 GTI
Falha no medidor de massa de ar
Troca: R$ 240

Falha na bomba de combustível
Troca: R$ 300

Golf 2.0 GLX
Falha no relé do sistema de injeção eletrônica
Troca do relé: R$ 100

Falha no sensor hall
Troca: R$ 460

Golf 1.8 GL
Falha no sensor de posição da borboleta
Troca: R$ 400
Falha no corretor da marcha lenta
Troca: R$ 400

Golf 1.8 MI
Falha no relé do sistema de injeção eletrônica
Troca do relé: R$ 100

Falha na válvula de controle da marcha lenta
Troca: R$ 370

2ª geração
Geral
Falha no medidor de massa de ar
Troca: R$ 240

Golf 1.8 Turbo
Falha no módulo de ignição
Troca: R$ 3.250

Falha no sensor de temperatura da água
Troca: R$ 80

Defeito no corpo de borboleta
Troca: R$ 630

Golf 2.0
Falha na bobina de ignição
Troca: R$ 190

Golf 1.6
Defeito no corpo de borboleta
Troca: R$ 630

Falha no sensor de temperatura da água
Troca: R$ 80

Falha na bobina de ignição
Troca: R$ 190

LATARIA/CARROCERIA

Com o passar dos anos, as soldas da carroceria se soltam, causando barulho devido ao atrito entre as chapas de aço
Refixação dos pontos de solda: de R$ 100 a R$ 500

RUÍDOS (causados por)

Dilatação de peças plásticas dos faróis e painel de instrumento
Vibrações na barra de sustentação do teto
Para-choques bambos
Folga nos trilhos dos bancos, presilhas das portas e componentes das máquinas dos vidros
Isolamento precário de triângulo, macaco, chave de roda, estepe e guarnições traseiras

A mão-de-obra de um tira-grilos, que elimina os ruídos do carro, custa a partir de R$ 200

Melhor custo/benefício - Peruas atrevidas
Melhor custo/benefício - Compactos premium - Sem prêmio para a segurança
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.4 e 1.6 - Franceses em destaque
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.0 - Mais por menos
Melhor custo/benefício entre R$ 30 mil e R$ 45 mil - Caro em conta
Melhor custo/benefício entre R$ 23 mil e R$ 29 mil - Peladinho com conteúdo


RECALL

Para consultar se seu Golf está em dia com os recalls, consulte a Central de Relacionamento com Clientes da Volkswagen pelo telefone 0800 019 5775

Substituição da lanterna traseira esquerda (veículos equipados com faróis de neblina de série acoplados à lanterna traseira)
Ano do recall: 2008

Verificação da galeria de combustível e troca da peça, que pode apresentar fissura, provocando vazamento de combustível.
Ano do recall: 2006

Substituição da unidade de controle do sistema de freios ABS.
Ano do recall: 2001

Troca do braço da suspensão dianteira
Ano do recall: 2000

Modelos já analisados: Gol; Palio; Celta; Fiesta; Clio; Peugeot 206; Fox; Uno; Corsa; Ka; Santana; Tempra; Monza; Escort; Kombi; Tipo; Vectra; Verona e Apollo; Marea; Kadett; Courier.

Colaboraram para a reportagem: AutoWay (31-3442-7342); Alinha Rodas (31-3295-3913); o tira-grilos Luiz Fernando Machado (31-3226-2677); Autowatt (31-2526-4516); Magnus Alinhamento (31-3463-9720).
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação