Não compre no escuro - Acerte na escolha

Quem está à caça de um VW Polo usado pode ir do céu ao inferno, dependendo da versão escolhida. Enquanto o motor 1.6 se mostra eficiente e de manutenção simples, não faltam restrições ao 2.0

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/04/2009 17:10 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Os faróis redondos duplos foram a marca registrada do modelo de 2003 a 2006 - Eduardo Rocha/RR - 11/7/02 Os faróis redondos duplos foram a marca registrada do modelo de 2003 a 2006
A 25ª edição de "Não compre no escuro" é sobre o Volkswagen Polo. Para auxiliar na compra de um usado ou ajudar o leitor que já tem o modelo a montar um plano de manutenção, especialistas em diversas áreas (mecânica, elétrica, lanternagem, pintura, acabamento e emissão de ruídos) listam os defeitos mais comuns e quanto custa para consertá-los. Para finalizar, a lista de recalls de cada modelo também está disponível .

Teste - VW Polo GT 2.0 Flex
Teste - VW Polo GTI 1.8 turbo
Teste - VW Polo Sedan 1.6 flex
Teste - VW Polo 1.6 flex
Lançamento - Polo Bluemotion

O Polo chegou ao Brasil em 1997, apenas com carroceria sedã. Esse modelo, que tinha como sobrenome Classic, vinha com motor 1.8 MI. Em 2001, o Polo Classic passou por um face-lift e teve apenas nesse ano a opção do motor 1.0 16V de 65 cv. Em meados de 2002, o modelo deixou de ser importado da Argentina. Em 2003, foi lançada uma nova geração do Polo, completamente nova. Os motores 1.6, de 102 cv, e 2.0, de 116 cv, estavam disponíveis tanto para o hatch quanto para o sedã.

A VW equipou o hatch com o propulsor 1.0 16V, o mesmo do Gol Power, de 79cv, mas não vingou. Em 2004, o modelo deixou de ser equipado com o motor 2.0. O Polo só entrou na era flex na linha 2006, quando também passou por um face-lift. Em 2007, na versão GTI, o hatch saiu de fábrica com motor 1.8 de 20V, que rendia 150 cv. Esta mesma versão foi relançada este ano, trazendo de volta a motorização 2.0 8V para o hatch, na versão GT. A última novidade do Polo foi um sistema de pré-aquecimento do combustível na injeção eletrônica, que substitui o tanquinho auxiliar para a partida a frio.

Não compre do escuro - Volkswagen Logus/Pointer
Não compre do escuro - Ford Ranger
Não compre do escuro - Chevrolet Omega
Não compre do escuro - Fiat Brava
Não compre do escuro - Ford Focus
Não compre do escuro - Chevrolet Astra
Não compre no escuro - Volkswagen Golf
Não compre no escuro - Ford Courier
Não compre no escuro - Chevrolet Kadett e Ipanema
Não compre no escuro - Fiat Marea
Não compre no escuro - VW Apollo e Ford Verona
Não compre no escuro - Chevrolet Vectra
Não compre no escuro - Fiat Tipo
Não compre no escuro - Volkswagen Kombi
Não compre no escuro - Ford Escort
Não compre no escuro - Chevrolet Monza
Não compre no escuro - Fiat Tempra
Não compre no escuro - Volkswagen Santana
Não compre no escuro - Ford Ka
Não compre no escuro - Chevrolet Corsa
Não compre no escuro - Fiat Uno Mille
Não compre no escuro - Volkswagen Fox
Não compre no escuro - Peugeot 206
Não compre no escuro - Renault Clio
Não compre no escuro - Ford Fiesta
Não compre no escuro - Chevrolet Celta
Não compre no escuro - Volkswagen Gol
Não compre no escuro - Fiat Palio

PROBLEMAS E ORÇAMENTO
Polo Sedan também apresenta problemas com componentes frágeis da suspensão. O Polo Classic desembarcou no Brasil em 1997, e até 2002, quando chegou a nova geração, era oferecido apenas como sedã - Eduardo Rocha/RR - 9/1/03 e Arquivo EM/D.A Press Polo Sedan também apresenta problemas com componentes frágeis da suspensão. O Polo Classic desembarcou no Brasil em 1997, e até 2002, quando chegou a nova geração, era oferecido apenas como sedã

O Polo apresenta bom desempenho, mesmo com motor 1.6, conforto, boa oferta de itens de série e não é um cliente assíduo das oficinas. Os principais defeitos são a frágil suspensão e o elevado consumo de combustível. Os especialistas ponderaram sobre a compra da versão 2.0, que tem peças difíceis de serem encontradas.

MECÂNICOS
Desgaste prematuro das buchas dos leques, articulações do setor de direção, coifas da caixa de marchas e rolamentos das rodas traseiras
Troca: R$ 500

Vazamento na carcaça da válvula termostática
Troca da carcaça: R$ 390

Trinca na mangueira do respiro do motor
Adaptação: R$ 150
Troca: R$ 635

ELÉTRICOS
Polo Classic 1.8
Falha no atuador de marcha lenta
Troca: R$ 160

Falha no módulo do ar-condicionado
Troca: R$ 590

Falha nos conectores de posição de borboleta e atuador
Troca: R$ 132 cada um

Queima da bobina de ignição
Troca: R$ 225

Falha no sensor de posição da borboleta
Troca: R$ 127

Falha no atuador de marcha lenta
Troca: R$ 140

Defeito no interruptor do radiador
Troca: R$ 195

Falha no sensor de temperatura da água
Troca: R$ 85

Polo 1.0 16V
Mau contato no conector do corpo de borboleta
Troca do conector: R$ 145

Falha no sensor de temperatura da água
Troca do sensor: R$ 200

Falha na bobina de ignição
Troca: R$ 320

Falha no interruptor do freio
Troca: R$ 150

Polo 1.6 e 2.0
Defeito no interruptor de freio
Troca do interruptor: R$ 130

Mau contato no conector do corpo de borboleta
Troca ou limpeza do conector: R$ 130

Falha na bobina de ignição
Troca: R$ 320

Polo Flex
Perda do reconhecimento de combustível pela central
Adaptação do combustível via scanner: R$ 140

LATARIA/CARROCERIA
Com o passar dos anos, as soldas da carroceria se soltam, causando barulho devido ao atrito entre as chapas de aço
Refixação dos pontos de solda: de R$ 100 a R$ 500

RUÍDOS (causados por)
Para-choque
Peças plásticas dos faróis e painel de instrumento
Barra de sustentação do teto
Folga nos trilhos dos bancos, presilhas das portas e máquinas dos vidros
Isolamento precário de triângulo, macaco, chave de roda e estepe

A mão de obra de um tira-grilos, que elimina os ruídos do carro, custa a partir
de R$ 200

Melhor custo/benefício - Sedãs médios - Preço não garante conteúdo
Melhor custo/benefício - Peruas atrevidas
Melhor custo/benefício - Compactos premium - Sem prêmio para a segurança
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.4 e 1.6 - Franceses em destaque
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.0 - Mais por menos
Melhor custo/benefício entre R$ 30 mil e R$ 45 mil - Caro em conta
Melhor custo/benefício entre R$ 23 mil e R$ 29 mil - Peladinho com conteúdo


RECALL
Para consultar se seu Polo está em dia com os recalls, consulte a Central de Relacionamento com Clientes da Volkswagen pelo telefone 0800 019 5775

Polo hacth 2007 a 2009: substituição da lanterna traseira esquerda nos veículos equipados com faróis de neblina de série acoplados à lanterna traseira
Data: 24 de novembro de 2008

Polo hatch e sedã 2006: verificação da galeria de combustível e troca da peça, que pode apresentar fissura, provocando vazamento de combustível
Data: 15 de agosto de 2006

Colaboraram para a reportagem: AutoWay (31-3442-7342); Alinha Rodas (31-3295-3913); o tira-grilos Luiz Fernando Machado (31-3226-2677); Autowatt (31-2526-4516); Magnus Alinhamento (31-3463-9720).

Modelos já analisados: Gol; Palio; Celta; Fiesta; Clio; Peugeot 206; Fox; Uno; Corsa; Ka; Santana; Tempra; Monza; Escort; Kombi; Tipo; Vectra; Verona e Apollo; Marea; Kadett; Courier; Golf; Astra; Focus.

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação