Não compre no escuro - As escapadas da líder

Está animado com o custo/benefício de uma S10 usada? Antes de comprar uma, confira se a manutenção da picape cabe no seu bolso ou se é melhor optar por um modelo compacto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 31/05/2009 16:36 Pedro Cerqueira /Estado de Minas
Campeã de vendas há muitos anos, a picape S10 é cliente assídua das oficinas mecânicas, porém sua manutenção não é a mais cara da categoria - Fotos: Arquivo EM/D. A Press Campeã de vendas há muitos anos, a picape S10 é cliente assídua das oficinas mecânicas, porém sua manutenção não é a mais cara da categoria
A trigésima e última edição da série Não compre no escuro aponta os defeitos crônicos da picape Chevrolet S10. O objetivo principal da série foi ajudar o leitor a escolher o veículo usado que mais se enquadra em seu perfil. Quem já tinha o modelo analisado pôde aproveitar as informações para auxiliar na manutenção de seu carro. Todas as informações foram prestadas por profissionais qualificados de diversas especialidades (mecânica, elétrica, lanternagem, pintura, acabamento e emissão de ruídos), aos quais o caderno Veículos agradece a preciosa colaboração.

Veja mais fotos da picape Chevrolet S10!

A picape média S10 foi lançada no Brasil em 1995, com o motor 2.2 a gasolina. Pouco depois, veio a opção do propulsor 2.5 a diesel. Em 1996, a Chevrolet brindou os fãs de veículos de alta performance com a chegada de um V6 de 4.3 litros. Já em 2000, o motor a diesel 2.5 foi substituído por um 2.8, e o 2.2 a gasolina deu lugar a um 2.4. Dois anos depois, a fábrica deixou de produzir a versão equipada com o propulsor V6. Em 2005, o motor 2.8 a diesel ficou mais moderno, entrando na era da eletrônica. O motor 2.4 entrou na era flex no ano seguinte.

Não compre do escuro - Volkswagen Logus e Pointer
Não compre do escuro - Ford Ranger
Não compre do escuro - Chevrolet Omega
Não compre do escuro - Fiat Brava
Não compre do escuro - Volkswagen Polo
Não compre do escuro - Ford Focus
Não compre do escuro - Chevrolet Astra
Não compre no escuro - Volkswagen Golf
Não compre no escuro - Ford Courier
Não compre no escuro - Chevrolet Kadett e Ipanema
Não compre no escuro - Fiat Marea
Não compre no escuro - VW Apollo e Ford Verona
Não compre no escuro - Chevrolet Vectra
Não compre no escuro - Fiat Tipo
Não compre no escuro - Volkswagen Kombi
Não compre no escuro - Ford Escort
Não compre no escuro - Chevrolet Monza
Não compre no escuro - Fiat Tempra
Não compre no escuro - Volkswagen Santana
Não compre no escuro - Ford Ka
Não compre no escuro - Chevrolet Corsa
Não compre no escuro - Fiat Uno Mille
Não compre no escuro - Volkswagen Fox
Não compre no escuro - Peugeot 206
Não compre no escuro - Renault Clio
Não compre no escuro - Ford Fiesta
Não compre no escuro - Chevrolet Celta
Não compre no escuro - Volkswagen Gol
Não compre no escuro - Fiat Palio

PROBLEMAS E ORÇAMENTO

A picape S10 apresenta boa relação custo/benefício para quem precisa levar pequenas cargas. A manutenção dever ser criteriosa, pois, se ocorrer algum problema, a conta pode sair cara. Em comparação com a Ford Ranger, a S10 gosta mais de visitar as oficinas, mas em compensação sua manutenção é menos salgada que a da concorrente.
Fechadura da tampa traseira apresenta folga e é fonte de ruídos. Dependendo do estrago, reparo do diferencial pode chegar a salgados R$ 2.500 - Inferior: Marlos Ney Vidal/Estado de Minas - 29/9/05 Fechadura da tampa traseira apresenta folga e é fonte de ruídos. Dependendo do estrago, reparo do diferencial pode chegar a salgados R$ 2.500

MECÂNICOS
Geral
Desgaste prematuro nos pivôs da suspensão e nas buchas dos leques
Troca: R$ 480

Folga no braço pitman e no braço auxiliar
Troca: R$ 500

Motores a gasolina
Queima das velas e cabo de vela
Troca: R$ 300

Vazamento no cilindro traseiro de freio
Revisão do sistema de freio: R$ 250

Perda de pressão do cilindro mestre
Troca: R$ 450

Quebra do coletor do escapamento
Troca: R$ 600

Vazamento no retentor de roda do diferencial
Troca do diferencial: de R$ 1.500 a R$ 2.500

Quebra da carcaça da embreagem
Troca: entre R$ 1 mil e R$ 1.500

Motores a diesel
Queima da junta do cabeçote
Retífica do cabeçote: R$ 800

Falha na pressão da turbina
Troca: R$ 2.500

Quebra da hélice do radiador
Troca: R$ 1.480

Teste - Chevrolet S10 Advantage 2.4 Flexpower - A mesma cara, mas coração novo

ELÉTRICOS
Falha na sonda lambda
Troca: de R$ 170 a R$ 320

Falha no sensor de temperatura
da água
Troca: de R$ 85 a R$ 115

Falha na bomba de combustível
Troca: de R$ 260 a R$ 400

Defeito no motor de passo
Troca: R$ 168

Falha no sensor de rotação
Troca: de R$ 200 a R$ 360

Falha na válvula de controle de marcha lenta
Troca: de R$ 90 a R$ 270

Queima da bobina de ignição
Troca: R$ 170

RUÍDOS (causados por)
Para-choques bambos
Sustentação das máquinas dos vidros
Fixação do banco do passageiro
Fixação dos forros das portas
Componentes do vão do motor
Folga na fechadura da porta e tampa traseira

A mão de obra de um tira-grilos, que elimina os ruídos do carro, custa a partir de R$ 200

Melhor custo/benefício - Monovolumes compactos - O triunfo do óbvio
Melhor custo/benefício - Sedãs médios - Preço não garante conteúdo
Melhor custo/benefício - Peruas atrevidas
Melhor custo/benefício - Compactos premium - Sem prêmio para a segurança
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.4 e 1.6 - Franceses em destaque
Melhor custo/benefício - Sedãs com motor 1.0 - Mais por menos
Melhor custo/benefício entre R$ 30 mil e R$ 45 mil - Caro em conta
Melhor custo/benefício entre R$ 23 mil e R$ 29 mil - Peladinho com conteúdo


RECALL
Para saber se sua S10 está em dia com os recalls, ligue para o Centro de Atendimento ao Cliente Chevrolet: 0800-702-4200

Troca das mangueiras flexíveis dos freios dianteiros
Ano do recall: 1996

Verificação do sistema de direção
Ano do recall: 2000

Verificação e eventual substituição das rodas e das porcas de fixação
Ano do recall: 2003

Verificação e eventual substituição do servo-freio
Ano do recall: 2003

Substituição do módulo do sistema de freios ABS
Ano do recall: 2007

Substituição dos parafusos de fixação dos bancos dianteiros
Ano do recall: 2007

Verificação e eventual troca do pneu da roda reserva
Ano do recall: 2008

Inspeção e possível substituição do defletor do capô
Ano do recall: 2009

Colaboraram para a reportagem: THC Centro Automotivo (31-3422-2505); Alinha Rodas (31-3295-3913); o tira-grilos Luiz Fernando Machado (31-3226-2677); Autowatt (31-2526-4516); Magnus Alinhamento (31-3463-9720).

Modelos analisados: Gol; Palio; Celta; Fiesta; Clio; Peugeot 206; Fox; Uno; Corsa; Ka; Santana; Tempra; Monza; Escort; Kombi; Tipo; Vectra; Verona e Apollo; Marea; Kadett; Courier; Golf; Astra; Focus; Polo; Brava; Omega; Ranger; Logus e Pointer.
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação