Citroën anuncia recall do C3 ano 2008 e 2009

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2009 17:40 Portal Vrum
Giulliano Ricciardi/Citroen/Divulgação - 4/8/08
Agência Estado

A PSA Peugeot Citroën do Brasil convocou hoje (02/06) os proprietários de automóveis modelo C3 com motor 1.4 fabricados em 2008 e 2009 e 1.6 produzidos em 2009 a comparecer a uma concessionária da marca para verificação e eventual substituição das placas dos tambores dos freios traseiros. O recall anunciado alerta os consumidores que o problema pode provocar o aparecimento de trincas, redução de eficiência na frenagem e acidentes.

Os números de série dos chassis dos veículos envolvidos no recall vão de 8B500207 a 8B568476 para automóveis 1.4 produzidos em 2008; 9B500001 a 9B517713 para veículos 1.4 fabricados em 2009; e 9B500684 a 9B517699 para motores 1.6 produzidos em 2009.

A verificação e eventual substituição das placas dos tambores dos freios têm duração de cerca de uma hora. A Fundação Procon-SP recomenda aos proprietários que entrem em contato com a PSA Peugeot Citroën pelo telefone 0800-011-8088 ou pela página da empresa na internet (www.citroen.com.br) para obter mais informações.

Caso o consumidor encontre dificuldades para efetuar o reparo das peças, o Procon solicita que ele telefone para a instituição (11-3824-0717) e protocole uma reclamação. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, os proprietários que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais.

MODELO ANO/MODELO CHASSIS INICIAL (*) CHASSIS FINAL (*)
C3 1.4i 2008 8B500207 8B568476
C3 1.4i 2009 9B500001 9B517713
C3 1.6i 2009 9B500684 9B517699

(*) Entre os intervalos da tabela acima, há veículos que não estão inclusos neste recall. Para confirmação, contate o Serviço de Atendimento ao Cliente Citroën (www.citroen.com.br).
Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
10 de janeiro de 2011
18 de dezembro de 2009

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação