Respeite a tampa preta

Testamos o VW up! Connect 2018, que traz poucas alterações no visual, mas mantém bom conjunto mecânico

Linha 2018 do compacto up! teve mudanças sutis de design, tendo concentrado maior esforço no interior, mais sofisticado. Motor turbo continua trazendo o melhor dos dois mundos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/05/2017 15:58 Pedro Cerqueira /Estado de Minas


Jair Amaral/EM/D.A Press
 

O Volkswagen up! chegou à meia idade tão em forma que, após três anos de mercado, sua reestilização foi muito suave. Na dianteira, para-choque mais pronunciado e faróis com elementos internos bem definidos deram aspecto mais esportivo ao compacto. Um friso ligando os faróis dá a impressão de um veículo mais largo. A traseira ganhou para-choque com linhas mais definidas e lanternas escurecidas com novo padrão de cores (repare que todo o conjunto óptico ganhou uma nova cara sem mudar de formato), dando mais personalidade às linhas e uma nova assinatura visual noturna. A versão testada foi a Connect, série especial e limitada que visualmente se diferencia pelas faixas laterais, rodas diamantadas de 15 polegadas, além de teto e retrovisores em preto brilhante.

Jair Amaral/EM/D.A Press

Jair Amaral/EM/D.A Press

Já o interior do up! ganhou uma atenção especial nesta reestilização. O motorista agora conta com um painel de instrumentos que proporciona melhor visualização (menos na versão de entrada Take, que ainda não conta nem com conta-giros, uma economia desnecessária). A telinha do painel de instrumentos ficou maior e oferece recursos como velocímetro digital, computador de bordo e informações de áudio. A parte frontal do painel tem novas texturas, que variam de acordo com a versão. Um filete de LED ilumina todo o contorno do painel, criando um ambiente sofisticado (conteúdo não disponível na versão de entrada). A VW ficou devendo iluminação dos comandos dos vidros elétricos, trava e ajustes elétricos dos retrovisores.Também a partir da versão intermediária Move, o up! traz um novo volante multifuncional revestido em couro.

CONECTIVIDADE A série especial Connect tem o teto forrado com tecido preto, a mesma cor do acabamento plástico que envolve as colunas, resultando em um interior mais esportivo. Esta versão também é a única que traz de série o sistema Composition Phone, que funciona com o aplicativo Maps + More. O sistema multimídia oferece rádio, Bluetooth, entradas USB e auxiliar, além de telefonia, funcionando a partir de uma tela de cinco polegadas (não tátil). Usado com o smartphone, por meio do aplicativo, você acrescenta navegação a esse pacote. O uso do aplicativo é também uma forma de usar os recursos em uma tela tátil (a do seu celular), o que pode ser bem prático para encontrar seus contatos telefônicos, já que basta “desenhar” na tela com o dedo uma letra para obter uma busca dos seus amigos com aquela inicial.

Jair Amaral/EM/D.A Press

Além das mídias, telefonia e navegação, o aplicativo te mostra de forma mais amigável o computador de bordo e o Think Blue, que avalia o quanto seu modo de dirigir é econômico. Os mostradores do conta-giros e da temperatura do motor pouco ajudam, já que essas informações estão no painel de instrumentos. O smartphone pode ser fixado no novo suporte do painel, item de série, que traz uma entrada USB que, além de ler informações de um pendrive, também carrega o telefone. Como sempre alertamos para esses sistemas que usam o telefone, é preciso ter uma atenção especial para evitar que alguém “faça um vale” no seu aparelho. A tela de cinco polegadas do painel também trabalha em conjunto com os sensores traseiros de estacionamento, exibindo um diagrama com a distância do veículo para o obstáculo.
Jair Amaral/EM/D.A Press

TURBO Se o modelo não precisava mudar muito por fora, a parte mecânica também não devia nada aos concorrentes, e o up! 2018 não teve qualquer mudança nesta linha. A série Connect é oferecida apenas com a motorização 1.0 turbo (TSI, as três letrinhas mágicas da Volkswagen). O bacana desse motor é a versatilidade, já que te permite ter um carro comportado no trânsito lento da cidade e um verdadeiro foguetinho na estrada. Ultrapassagens e retomadas são rápidas e seguras, ao mesmo tempo que é possível manter um ritmo lento na cidade sem subir muito o giro e nem trocar muito de marcha. E o melhor de tudo, sem beber muito combustível. A suspensão é ligeiramente mais firme do que a de um up! “normal”, e a direção tem pesos adequados em cada situação. Baseado na versão Move, o up! Connect custa salgados R$ 54.990. Seu concorrente mais próximo é o Hyundai HB20 1.0 turbo, com câmbio manual, vendido a partir de 49.830, enquanto a versão mais em conta do up! turbo tem preço de R$ 52.790.

Jair Amaral/EM/D.A Press

Jair Amaral/EM/D.A Press
 

Tags: pedro cerqueira minas de estado vrum compacto tsi connect up! volkswagen teste

Veículos

Encontre seu veículo

Últimas notícias

ver todas
18 de dezembro de 2016
14 de dezembro de 2016

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação