Publicidade

Estado de Minas

Uai Folia comemora 60 anos do trio elétrico

Com modernos caminhões, Clauda Leite, Chiclete com Banana, Banda Eva, entre outros artistas, invadiram o Mega Space para comemorar a invenção de Dodô e Osmar que começou em um velho Ford Bigode


postado em 22/09/2010 11:00

(foto: Fotos: Divulgação)
(foto: Fotos: Divulgação)
Acompanhe também o VRUM pelo Twitter

Com a intenção de arrastar ainda mais pessoas pelas ruas de Salvador no carnaval de 1951, o mecânico Osmar enfeitou seu Ford 1929 e junto com seu amigo Dodô levaram música aos pontos de concentração da capital baiana.

Equipado com um gerador de 2 quilowatts, decorado com motivos carnavalescos e altofalantes montados nas partes dianteira e traseira, o Ford musical, entrou em cena no domingo de carnaval, por volta das quatro da tarde. Acompanhada por seis percussionistas, entre eles também Armando Mereilles, o sogro de Osmar, fantasiado de havaiana 'ula ula', a Fobica entrou na rua Chile na altura da praça Castro Alves, juntando se ao corso de automóveis do desfile oficial.

As décadas seguintes trouxeram uma maré de vans e caminhões, transformados em palcos moveis, aumentando cada vez mais em tamanho, sistema de som, e sofisticação nos detalhes da sua decoração. Quando Dodô e Osmar deixaram de desfilar em 1960, o fenômeno já estava consolidado

A ideia agradou e de lá para cá o trio elétrico passou por diversas transformações, até chegar aos modernos equipamentos que são utilizados atualmente no carnaval baiano.

No ano passado, o Jornal da Alterosa mostrou os bastidores do Trio Elétrico de Ivete Sangalo, um dos mais equipados do Brasil



Trios modernos e equipados, que nada lembram a velha Fóbica, também passaram pelo Mega Space no último final de semana, levando Cláudia Leitte, Chiclete com Banana, Banda Eva e outros artistas que reuniram cerca de 50 mil pessoas em dois dias de folia. A festa também comemorou os 60 anos do trio elétrico, que serão completados no próximo carnaval.

Veja a galeria de fotos do Uai Folia 2010!

Trio elétrico da banda 5% foge do convencional, mas ainda leva a essencia do velho Ford Bigode
Trio elétrico da banda 5% foge do convencional, mas ainda leva a essencia do velho Ford Bigode





Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade