Gilera GP 800 - De scooter a 200 km/h

Com motor, freios e suspensões de moto esportiva, modelo conserva comodidades e mordomias para uso nas grandes cidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/09/2007 14:33 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Rodas têm aros de 16 polegadas na dianteira e de 15 na traseira - Fotos: Gilera/Divulgação Rodas têm aros de 16 polegadas na dianteira e de 15 na traseira
Comodidade e praticidade, sobretudo nos deslocamentos urbanos, sempre foram os principais atributos dos scooters. A marca italiana Gilera, que atualmente pertence ao grupo italiano Piaggio, quer mudar radicalmente a escrita, acrescentando também muita esportividade a esta receita, com o lançamento do modelo GP 800. O novo scooter acelera de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, tem velocidade máxima declarada de 200 km/h e é capaz de fazer curvas como uma moto, inclinando em até 45 graus.

Para tanto, o departamento de pesquisa e desenvolvimento da Piaggio projetou e construiu um motor de dois cilindros em V, com inclinação de 90 graus, de 839,3 cm³ (inédito em scooters), equipado com injeção eletrônica e refrigeração líquida, que desenvolve 75 cv a 7.250 rpm. É o maior e mais potente motor da história da (quase centenária) marca de dois anéis entrelaçados. O Gilera GP 800 tem performance comparável à de uma motocicleta. Entretanto, conserva a mordomia do câmbio automático continuamente variável (CVT).

Esportivo
Para conferir toque a mais de esportividade, o câmbio CVT foi dotado do efeito freio motor, que auxilia nas desacelerações, como se o piloto estivesse reduzindo marchas. Para garantir frenagens eficientes, o GP 800 está equipado com dois discos de 300 mm de diâmetro na roda dianteira (também como uma moto), com pinças Brembo. O conjunto traseiro tem disco de 280 mm. Ambos com o requinte de tubulação hidráulica, revestida de malha metálica, para conservar a precisão e sensibilidade dos manetes, independentemente das condições de uso.
Motor de dois cilindros em V fornece 75 cv - Motor de dois cilindros em V fornece 75 cv

Este pacote garante uma performance esportiva fora dos centros urbanos, já que o Gilera GP 800 também está apto a encarar estradas, criando a categoria scooter touring para viagens. E já que as estradas também são a sua praia, o modelo tem rodas em liga leve, com aros maiores que os scooters tradicionais, sendo de 16 polegadas na dianteira (calçada com pneu sem câmara radial, 120/70) e de 15 polegadas na traseira (com pneu 160/60). Para melhorar o conforto aerodinâmico, o pára-brisa pode ser regulado eletricamente em altura.

Cacoetes
Capaz de rodar esportivamente, como uma moto, e até na frente de algumas delas, nas estradas, o GP 800, porém, não perdeu suas características urbanas. Embaixo do banco tem um porta-malas com chave, que cabe um capacete, do tipo fechado, apesar do tamanho do motor. Para estacionar, conta com um freio de mão, já que o câmbio automático não trava o motor. Já entre os opcionais, o GP 800 pode ser equipado com bauleto de 48 litros, chave codificada antifurto e navegador com GPS.

As suspensões também obedecem a um padrão motociclístico, apesar do 'corpo' de scooter. Na dianteira o sistema é telescópico, com tubos de 41 mm de diâmetro e 122 mm de curso. Na traseira o conjunto é do tipo monoamortecedor regulável (em balança de alumínio), com 133 mm de curso. O quadro é em aço, com tubos treliçados, garantindo a rigidez para desempenhos esportivos. O peso a seco é de 245 kg, o painel é completo, com direito a tela digital e conta-giros. O visual é volumoso, típico dos scooters, mas, na dianteira, os dois faróis empilhados se destacam. O preço ainda não foi divulgado.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe