Moto Morini 1200 Sport - Figurino antigo, roupa nova

Marca lança modelo de alta cilindrada de tecnologia moderna e estilo retrô, que lembra as motos da década de 1970

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/02/2008 23:44 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Quadro tem arquitetura em treliça e motor como parte integrante - Fotos: Moto Morini/Divulgação Quadro tem arquitetura em treliça e motor como parte integrante
A italiana Morini apresentou em janeiro dois novos modelos com a mesma base mecânica, com finalidades bem diferentes. A Scrambler 1200, que mistura elementos das motos de asfalto e das fora-de-estrada e uma esportiva, batizada de Sport 1200. As motos chamadas scrambler são as precursoras das fora-de-estrada atuais. Como ainda não havia o conceito, os modelos de asfalto eram adaptados, com escapes altos, suspensões reforçadas, etc. em uma mistura dos dois estilos, ou scrambler (em inglês).

As duas motos são baseadas no modelo 9 ½ e têm o sistema de escapamento de saída alta. A diferença da Scrambler para a Sport está nas rodas e na decoração. A Scrambler tem aro de alumínio de 19 polegadas na dianteira, mais apropriado para vencer as crateras da vida, com pneus para o fora-de-estrada e aro 17 na traseira, enquanto a Sport tem os dois aros de 17 polegadas, como nas motos de alto desempenho, com pneus esportivos 120/70 na dianteira e 180/55 na traseira.

Coração
Para completar, o modelo Sport 1200 tem estilo retrô, mas recheado da mais moderna tecnologia atual. O motor, projetado por Franco Lambertini, que também já trabalhou para a Ferrari, é um dois cilindros em V, com inclinação de 87 graus, de 1.187 cm³, de quatro válvulas por cilindro e injeção eletrônica, que desenvolve 117 cv a 8.500 rpm. Este propulsor é a base para os diversos modelos da marca em sua nova linha de motocicletas.
Motor com dois cilindros em V fornece 117 cv - Motor com dois cilindros em V fornece 117 cv

Renascida em 2005 pelas mãos dos herdeiros do fundador Alfredo Morini, depois de um longo período inativa, a Morini quer disputar o mercado com produtos de qualidade, que a tornaram conhecida dentro e fora das pistas, recorrendo aos principais fornecedores e desenhistas. Dessa forma, o visual da Sport 1200 é do estúdio de design Marabese, do projetista Luciano Marabese, que elaborou um modelo naked (pelado), com farol redondo, como nas motos da década de 1970.

Retrô
O estilo retrô também fica caracterizado pelo tanque arredondado, com capacidade para 21 litros, e pela pintura em duas cores. Como é uma moto de pretensões esportivas, uma pequena carenagem acima do farol tem a difícil tarefa de melhorar a aerodinâmica e o conforto do piloto em altas velocidades. A traseira é caracterizada pela saída alta dos escapes, pelo lado esquerdo. A rabeta, entretanto, é bastante curta, abandonando o estilo retrô, para adotar tendência mais atual, assim como o painel com elementos digitais.

A suspensão dianteira é invertida, com poderosas bengalas Marzocchi de 50 mm de diâmetro e 152 mm de curso. A suspensão traseira regulável é mono, com amortecedor Sachs deslocado para a lateral por causa da falta de espaço, ancorado em balança de alumínio. O quadro tem arquitetura em treliça e o motor como parte integrante para reduzir peso e aumentar a rigidez. O freio dianteiro tem duplo disco de 320 mm, com pinças Brembo. O traseiro tem disco simples de 22 mm. O banco fica a 800 mm do chão e o peso a seco é de 198 kg.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas
11 de dezembro de 2017
04 de dezembro de 2017

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação