Exclusivo - Diversão na roça

Novo quadriciclo Honda TRX 420 Foutrax vai chegar com propulsot maior, injeção eletrônica e refrigeração líquida, além de visual mais atual. É indicado para trabalho e lazer

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/03/2008 14:49 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Visual foi levemente atualizado, especialmente na dianteira - Fotos: Honda/Divulgação Visual foi levemente atualizado, especialmente na dianteira
A Honda lançou em 2002 o quadriciclo TRX 350 Fourtrax, nas versões TM (tração 4x2, só nas rodas traseiras), e FM (tração 4x4, integral). O modelo permaneceu sem alterações até agora, enquanto a concorrência se modernizou e ocupou espaços. Para não perder o bonde da história, a montadora vai lançar o modelo TRX 420 Foutrax, ainda sem data marcada e preço fixado, mas, antecipado com exclusividade por Veículos.

Além de visual modernizado, o Foutrax 420 chega com motor totalmente novo. A cilindrada foi elevada de 329,1 cm³, do antigo modelo, para 420,2 cm³. A refrigeração, que era a ar, agora é líquida. O carburador foi substituído pela injeção eletrônica. Assim como o modelo antigo, serão duas versões: TM e FM, com tração no eixo traseiro e integral, respectivamente.

Trator
Esse mesmo modelo já é comercializado na Argentina e em outros países, porém, no mercado brasileiro, será nacionalizado na fábrica de Manaus, que já tem linha de montagem. Curiosamente, o modelo é equiparado a um trator, para efeitos fiscais, o que reduz a carga tributária e, conseqüentemente, o preço, já que pode ser usado como implemento agrícola, em sítios, fazendas, reflorestamentos, indústrias, construção civil etc.
Motor tem injeção eletrônica e refrigeração líquida - Motor tem injeção eletrônica e refrigeração líquida

Entretanto, grande parte dos consumidores usa o quadriciclo para o lazer, e nesse ponto o modelo Honda também atende às exigências. A suspensão dianteira é independente, com 160 mm de curso. A suspensão traseira é do tipo mono, igualmente com 160 mm de curso. A versão FM, com tração 4x4, tem ainda diferencial dianteiro autoblocante, que distribui a potência para a roda com maior tração em terrenos escorregadios e com diferenças de níveis, por intermédio de semi-eixos.

Recursos
Com esses recursos, pneus biscoito superaderentes, tipo balão de baixa calibragem (cerca de 4 libras em cada pneu, já que o peso é distribuído em quatro pontos), e mais a possibilidade de desligar a tração dianteira, o Foutrax vira um brinquedo nas trilhas, subidas íngremes, areia ou terrenos alagados. Para os mais abusados, existe um sensor de inclinação, que corta o motor, em caso de capotamento. Os freios dianteiros também são novos, com disco de 185mm em cada roda e acionamento hidráulico. O traseiro é a tambor, que atua ainda como freio de estacionamento.

Para o transporte de carga, o novo Foutrax 420 tem dois bagageiros: um dianteiro, com capacidade para 30 quilos, e o traseiro, para 60 quilos. A capacidade de reboque é de 385 quilos. A embreagem é automática, o câmbio de cinco marchas, mais a marcha a ré. O motor do tipo quatro tempos, com um cilindro, fornece 26,5 cv a 6.000 rpm e torque de 3,09 kgfm a 5.500 rpm (contra 20,6 cv a 6.500 rpm e 2,35 kgfm a 5.000 rpm do modelo 350). O quadro é um berço duplo em aço, e o peso a seco é de 237 quilos, no modelo TM, e 254 quilos, no FM. O tanque comporta 13,3 litros. O painel dispõe de luzes de advertência. O visual foi levemente modificado, com linhas mais modernas. As duas versões são vendidas em rede exclusiva. Em Belo Horizonte, a revenda é a Minas Motos, telefone (31) 2101-1833.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe