Miza Vite 150 - Vocação urbana

Scooter produzido no Brasil tem tecnologia chinesa e porte avantajado, além de bauleto traseiro de série. Banco espaçoso e baixo proporciona posição de pilotagem relaxada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/03/2008 12:35 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Na dianteira, enorme farol em formato triangular - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM- 30/11/07 Na dianteira, enorme farol em formato triangular
O mercado brasileiro de motocicletas cresceu e está cada vez mais diversificado, oferecendo ao consumidor uma variedade de modelos, com opções que se enquadram em seu perfil e exigências. E esse fenômeno ocorre também entre os práticos scooters, urbanos por natureza. Essa expansão mercadológica tem ainda um outro efeito benéfico: a concorrência, que obriga os fabricantes a um crescente aumento de qualidade, atendimento, pós-venda, peças de reposição e preço.

De olho no mercado e nessa equação, a Miza, marca brasileira que usa tecnologia e produtos chineses, disputa o consumidor urbano com o scooter Vite 150. Um modelo de porte avantajado, que o faz parecer maior do que um 150, bauleto traseiro de série, com encosto para a garupa, painel equipado com amperímetro e conta-giros, freio a disco na roda dianteira e as comodidades de praxe, como partida elétrica e câmbio do tipo CVT, automático.
Freio a disco dianteiro tem ABS mecânico - Freio a disco dianteiro tem ABS mecânico

Marca
A Miza, fundada em 2006, surgiu da sociedade de um distribuidor de automóveis, um executivo de multinacional e um engenheiro mecânico. O nome, porém, não tem origem oriental. É simplesmente a junção dos nomes Maria e Luiza, esposa e filha dos sócios. A marca também comercializa motonetas e motocicletas e está estruturando sua rede de distribuidores em todo o Brasil. O scooter Vite 150 usa motorização do fabricante chinês Luojia.

O grande porte proporciona conforto, já que o largo escudo frontal oferece proteção contra respingos em trechos molhados, além de comodidade aerodinâmica. Por outro lado, atrapalha a movimentação no trânsito urbano, sua verdadeira praia, já que perde agilidade entre os carros. O banco, entretanto, é bastante espaçoso e baixo e conta com encosto lombar, que oferece posição de pilotagem bastante relaxada, com os pés esticados.

O motor de um cilindro, com 149,6 cm³, segue a cartilha do segmento para modelos de baixa cilindrada. Do tipo quatro tempos, tem refrigeração a ar forçada, com ventoinha, e está instalado junto à roda traseira, fornecendo 8,7 cv a 8.000 rpm e torque de 0,97 kgfm a 7.000 rpm. Para extrair desempenho mais substancial, é necessário encher o motor, o que talvez explique a presença do conta-giros em um veículo equipado com câmbio automático.

Apesar do porte, o porta-malas sob o banco não comporta um capacete. Entretanto, o bauleto traseiro de série multiplica o espaço para transportar pequenas compras e volumes. O freio dianteiro a disco tem sistema antibloqueio mecânico e as rodas são aro 10 polegadas. O visual inclui um enorme farol na dianteira em formato triangular, com faroletes laterais e setas integradas aos retrovisores. O modelo 2008 vai ganhar pára-brisas fumê, um pouco mais curto, e grade frontal cromada. O scooter Miza Vite 150 custa R$ 5.990 e a revenda em Belo Horizonte é a MM Motos, telefone (31) 3462-8355.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe