Publicidade

Estado de Minas

Haobao Motos - Onça chinesa

Com fábrica em Manaus, a marca oriental desembarca no Brasil, produzindo modelos para uso urbano, como a motoneta HB 110, a motocicleta HB 125 e o scooter HB 150


postado em 11/06/2008 16:25

Scooter HB 150 (mais acima) tem freio a disco nas duas rodas. Motoneta HB 110 tem câmbio semi-automático e rotativo(foto: Fotos: HaoBao/Divulgação)
Scooter HB 150 (mais acima) tem freio a disco nas duas rodas. Motoneta HB 110 tem câmbio semi-automático e rotativo (foto: Fotos: HaoBao/Divulgação)
A marca chinesa de motocicletas HaoBao já pôs um pé no Brasil, com três modelos. A motoneta HB 110, o scooter HB 150 e a motocicleta HB 125 foram apresentados em outubro de 2007. Até o fim do ano, vai ampliar sua linha, lançando três novas motocicletas. Uma street 150, equipada com freio a disco traseiro, uma custom 250 e uma on-off road 200. O outro pé foi colocado com a instalação de uma fábrica em Manaus, na qual monta seus modelos vindos da China, em uma área construída de 3 mil metros quadrados, no pólo industrial da cidade.

A enigmática escrita chinesa, com seus indecifráveis caracteres, produzem expressões de efeito, que nem sempre encontram uma tradução literal ou adequada em outras línguas. A HaoBao, que na China quer dizer algo pomposo como onça veloz, ou onça de fogo, aqui, virou simplesmente HaoBao. A fábrica brasileira é uma subsidiária da marca chinesa, que está implantando sua rede de concessionárias e conta com cinco revendas em Minas. Esta política demonstra a importância do mercado nacional e a intenção de fincar raízes.

Entrada
O modelo de entrada é a motoneta HB 110. Uma Cub para uso urbano, equipada com porta- objetos embaixo do banco, rodas em liga leve, câmbio semi-automático e rotativo. Da quarta e última marcha, pode-se engatar o neutro e a seguir para a primeira marcha. Tudo registrado por um display no painel, que também tem sensor de celular. O motor de um cilindro, refrigerado a ar, fornece 6,8 cv a 8.500 rpm. No tanque, cabem 4 litros, e o peso a seco é de 97 kg. O preço sugerido é de R$ 3.950.
Motocicleta HB 125 tem partida elétrica, freio a disco dianteiro e painel completo
Motocicleta HB 125 tem partida elétrica, freio a disco dianteiro e painel completo

Esta motoneta também conta com partida elétrica, freios a tambor, e garupeira traseira, além de um visual bastante semelhante a outros modelos de origem asiática. O scooter HB 150, segue a mesma linha. O desenho parece ter sido clonado do scooter Sundown Future 125, de origem chinesa, fabricado pela marca Loncin. O motor tem um cilindro, refrigeração a ar forçada, câmbio automático do tipo CVT, partida elétrica, rodas em liga leve e freios a disco. O preço sugerido é de R$ 5.800.

Moto
O scooter HB 150 conta ainda com garupeira traseira, porta-malas sob o banco e um motor que rende 10 cv a 7.500 rpm. O peso a seco é de 117 kg, e o tanque comporta 6,5 litros. A motocicleta HB 125 é uma street utilitária e popular, que apresenta alguma sofisticação, mas não foge à regra. Apresenta bastante semelhança com a Suzuki Yes 125, por exemplo. Uma prática comum nos modelos chineses que utilizam tecnologia japonesa, mas com seus próprios desenvolvimentos.

A HB 125 tem rodas em liga leve, pedaleiras do passageiro ligadas ao próprio quadro, em uma peça conhecida popularmente como "bacalhau", para evitar vibrações, garupeira traseira, freio a disco na dianteira, partida elétrica, painel com conta-giros e marcador de combustível e suspensão traseira com duplo amortecedor. O tanque comporta 14 litros. O peso a seco é de 122 kg. O motor de um cilindro fornece 10,6 cv a 8.500 rpm. O preço sugerido é de R$ R$ 4.900. Em Belo Horizonte, a revenda é a Minas & Trilhas. (31) 2526-1099.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade