Honda CB 600F Hornet - Adeus ao passado

Totalmente nova, linha 2008 do modelo ficou mais leve e potente, além de ganhar injeção eletrônica, aposentando o carburador, e opção de sistema de freios ABS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/09/2008 16:20 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Piloto fica encaixado, em posição levemente esportiva - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D. A Press - 5/9/08 Piloto fica encaixado, em posição levemente esportiva
O novo modelo CB 600F Hornet (vespa em inglês) custou para sair da toca. Lançada em 1998 na Europa, só voou para o Brasil no fim de 2004. Porém, enquanto do outro lado do Atlântico o modelo ia passando por sucessivas atualizações de estilo e técnica, inclusive substituindo o carburador pela injeção eletrônica, a nossa Hornet permanecia com o pé no passado, sem alterações. O modelo 2008, entretanto, corrige a distorção e ganha todas as inovações técnicas e de estilo da irmã estrangeira, além do status de nacional.

O estilo naked (sem carenagem) foi conservado, mas ganhou ares mais modernos, com o escape de ponteira baixa e curta, de formato triangular, centralizando e rebaixando as massas, em uma nova tendência mundial, mas que também deixou a distância livre do solo menor (135 mm) e mais vulnerável. O grande farol redondo deu lugar a um de superfície assimétrica e bicuda, encaixado em uma minicarenagem, com duas lâmpadas que proporcionam ótima iluminação.

Roupa
O novo visual também passa pelo painel, que agora tem um só instrumento analógico (conta-giros), enquanto na tela digital ficam o velocímetro, relógio de horas, mostrador de temperatura do motor, hodômetros e marcador de nível de combustível, com indicador em barras. Na traseira, a lanterna tem iluminação com leds, além de alças para segurança do garupa. A capa da suspensão dianteira, assim como as pinças de freio, são douradas, fazendo interessante conjunto com a pintura da "carroceria".

O motor quatro cilindros em linha, de 599,3 cm³ de cilindrada, equipado com injeção eletrônica, 16 válvulas, duplo comando e refrigeração líquida, foi herdado da superesportiva CBR 600RR, modelo 2007. Embora amansado para a nova utilização, passou de 96,5 cv para 102 cv a 12.000 rpm, com torque de 6,53 kgfm a 10.500 rpm. O quadro foi reprojetado, construído em alumínio, assim como a balança da suspensão traseira, mais longa em 39,1 mm, para evitar que a roda dianteira levante vôo nas arrancadas mais violentas.
Escape curto e baixo centraliza as massas, mas é mais vulnerável - Escape curto e baixo centraliza as massas, mas é mais vulnerável

Andando
Na estrada, em um percurso de Campinas a Belo Horizonte, pelas rodovias duplicadas Pedro I e Fernão Dias, a nova Hornet 600 mostrou seu lado esportivo. O piloto fica levemente curvado para a frente e com as pernas encaixadas nos ressaltos do tanque e ligeiramente flexionadas, pronto para atacar as curvas. O motor tem bastante fôlego para manter uma velocidade de cruzeiro, em torno dos 140 km/h (ou mais), mesmo sem o conforto de uma carenagem aerodinâmica, em sexta marcha, quase sem necessidade de cambiar, embora a vibração incomode, adormecendo as mãos.

A suspensão dianteira invertida, com tubos de 41 mm e 120 mm de curso, funciona melhor em pisos sem irregularidades. A suspensão traseira, mono, com 128 mm de curso, pode ser facilmente regulada para o peso e tipo de utilização. Na cidade, a nova Hornet surpreende pela agilidade e razoável diâmetro de giro do guidão, que permite fluir pelo trânsito, ouvindo o belo som do escape. O freio, com dois discos de 296 mm na dianteira e um de 240 mm na traseira, é preciso até ser exigido esportivamente, quando apresenta uma ligeira fadiga. Por outro lado, existe a opção do sistema ABS e CBS (distribuição da carga nas duas rodas). O modelo sem ABS pesa 173 kg e tem preço sugerido em Belo Horizonte de R$ 33 mil. O modelo com ABS pesa 177 kg e tem preço sugerido de R$ 36 mil.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe