BMW F 800 R - Reforço na família F

Mais nova integrante dessa linha, equipada com motor de dois cilindros paralelos, tem estilo naked, visual agressivo e vai disputar segmento ainda pouco explorado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/11/2008 16:10 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Desenho agressivo foi inspirado na prima maior, K 1300 R - BMW/Divulgação Desenho agressivo foi inspirado na prima maior, K 1300 R
A alemã BMW apresentou a mais nova integrante da recentemente criada família F, com o lançamento da F 800 R. A nova motocicleta vai disputar um segmento inexplorado, das motos do tipo roadster (naked) de média cilindrada, em que a marca alemã estava ausente. Para desenvolver o novo modelo, porém, a engenharia da BMW não teve que queimar muito fosfato, já que a caçula F 800 R é derivada da pioneira F 800 S, com meia carenagem, lançada em 2006, e que já deu os filhotes F 800 ST, estilo esporte turismo, e F 800 GS, estilo todo-terreno.

A estreante motocicleta F 800 R tem visual nitidamente inspirado na gigante K 1300 R, com estilo naked, ou pelado, com mecânica propositalmente à mostra, mas motor completamente diferente. Pela primeira vez em sua história de 85 anos, a BMW usa propulsor de dois cilindros paralelos, em vez dos tradicionais boxer, mono ou quatro em linha. O motor, fabricado pela austríaca Rotax, tem soluções técnicas inovadoras e deu origem à família F, que agora ganha o quinto integrante.

Técnica
O motor de 798 cm³, quatro válvulas por cilindro, inclinado em 30 graus, está equipado com injeção eletrônica e refrigeração líquida e tem interessante sistema de contrapesos, composto por uma falsa terceira bieleta central, que tem movimento contrário ao dos pistãos, que trabalham juntos, anulando grande parte de suas vibrações. Esta arquitetura possibilitou a construção de um propulsor mais compacto, ajudando a diminuir as dimensões gerais da moto, e que fornece 87 cv a 8.000 rpm.

Para reduzir o centro de gravidade, rebaixar e centralizar as massas, proporcionando melhor dirigibilidade, o tanque de 16 litros foi deslocado para debaixo do banco, enquanto o falso tanque abriga a parte elétrica e o filtro de ar. Para atender às características de rodagem no estilo roadster, o torque foi privilegiado com relações de transmissão mais curtas da quarta à sexta marcha. A correia de transmissão, presente na prima F 800 S, também foi substituída por corrente convencional na F 800 R.

Comodidades
A tradicional sofisticação da marca BMW pode ser adquirida em prestações na inédita F 800 R. Os freios, com duplo disco de 320 mm de diâmetro e pinças de quatro pistãos Brembo na dianteira, têm opcionalmente o sistema ABS. Igualmente opcionais são os punhos aquecidos, alarme, sistema de controle da pressão dos pneus, escape Akrapovic e banco com altura regulável entre 775 e 825 mm de altura, alem de bolsas, etc. O amortecedor de direção, entretanto, vem como equipamento original.

A suspensão dianteira e do tipo telescópica, regulável, com tubos de 43 mm de diâmetro e 125 mm de curso. A suspensão traseira tem monoamortecimento, em balança nova de alumínio, também com 125 mm de curso. O quadro, em tubos de aço, é igual ao da F 800 S, assim como as rodas, com aros de 17 polegadas e pneus esportivos. O peso a seco é de 182 kg, enquanto o peso em ordem de marcha (abastecida), de 204 kg. O visual inclui farol assimétrico, pequena carenagem de painel, que tem instrumentos analógicos e digitais. A nova BMW F 800 R vai ser vendida no Brasil, mas preço e data ainda não foram definidos.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe