Publicidade

Estado de Minas

Moto Serviço - Verificando a folga


postado em 13/05/2009 18:31

As correntes das motocicletas são as responsáveis por levar o torque do motor à roda traseira e, por isso mesmo, sujeitas a diversas forças e tensões, além de poeira, água, areia e detritos do dia-a-dia, sofrendo um desgaste natural com o uso. Por isso, precisam estar sempre lubrificadas e também com certa folga, para não comprometer a segurança. Se a corrente está mais folgada ou bamba, pode soltar e enroscar, travando a moto. Se estiver demasiadamente apertada, acelera o desgaste.

Como as suspensões da motocicleta se movimentam com as irregularidades do solo, a corrente deve mesmo ter uma folga, para suportar as oscilações. Mas, como então saber se a corrente está ajustada e com a folga correta? Em primeiro lugar, é necessário verificar o alinhamento entre as rodas. Em seguida, fazer o ajuste, por meio dos mecanismos que a motocicleta dispõe na balança da suspensão traseira. A folga, ou barriga, não deve ultrapassar os 15 milímetros, já considerando o peso do piloto.

Segurança - Freando corretamente

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade