Piaggio MP3 Hybrid - O primeiro com dois

Scooter tem um motor elétrico e outro a gasolina, que funcionam simultânea ou separadamente, dependendo da necessidade, reduzindo a emissão de gases poluentes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/06/2009 17:19 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Desempenho é semelhante ao de uma 250 cm³ - Fotos: Piaggio/Divulgação Desempenho é semelhante ao de uma 250 cm³
O lançamento do scooter Piaggio MP3 Hybrid, com motorização elétrica e convencional a combustão, foi a prestação. Inicialmente, foi mostrado em 2007 como uma alternativa. Em 2008, foi apresentado na versão final, que só chegou ao mercado europeu em maio deste ano. A demora, entretanto, não arranhou o fato de ser o primeiro scooter em escala comercial equipado com dois motores, reduzindo o nível de emissões de poluentes e o consumo de gasolina, sem comprometer o desempenho, autonomia e o visual.

O segredo do Piaggio MP3 Hybrid, desenvolvido em conjunto com a Universidade de Pisa, é a integração eletrônica dos dois motores, que funcionam em paralelo. Ou seja, juntos sempre que houver necessidade. A gestão dos dois propulsores seleciona automaticamente a opção mais adequada para cada situação, unindo as vantagens de cada motor, mas não impede que o próprio piloto faça a escolha, conforme sua conveniência. Dessa forma, o condutor pode rodar só com o motor elétrico, só com o a gasolina ou com os dois simultaneamente.

O motor elétrico é alimentado por baterias de lítio, instaladas embaixo do banco, ocupando o espaço do porta-malas. Para não perder a capacidade de carga, outro porta-malas foi colocado na traseira, como se fosse um bauleto integrado, no qual também cabe um capacete. Para aumentar a autonomia nas frenagens, os sensores do motor elétrico percebem a manobra e funcionam como geradores, recarregando as baterias. Entretanto, se for necessário, as baterias também podem ser recarregadas na rede normal, em uma operação de cerca de três horas.
As baterias ficam embaixo do banco e são recarregadas nas frenagens - As baterias ficam embaixo do banco e são recarregadas nas frenagens

Com isso, o scooter MP3 Hybrid ganhou 25 quilos em relação ao modelo original. O motor a gasolina, igualmente acoplado à roda traseira, é um monocilindro, equipado com injeção eletrônica e 125 cm³. Com os dois motores em funcionamento, o desempenho é semelhante ao de um scooter de 250cm³. Nas arrancadas, no tráfego pesado das grandes cidades, funciona o motor elétrico, que tem respostas imediatas, até 40km/h. Depois entra o motor a gasolina, que pode funcionar paralelamente, em conjunto, nas situações em que há necessidade de mais potência ou sozinho.

Em percursos mais planos, avenidas de trânsito rápido ou até estradas, onde se exige menor esforço, o motor a gasolina é acionado individualmente. Com isso, contribui para a redução do consumo de combustível e aumenta a autonomia do propulsor elétrico, que não funciona o tempo todo. A Piaggio estima que, com a gestão eletrônica dos motores, contribua com até 85% de redução das emissões. O modelo escolhido para abrigar a tecnologia, o MP3, também tem um conceito mecânico inovador, com duas rodas na dianteira e uma na traseira.

As rodas dianteiras estão separadas por uma distância igual ao comprimento do guidão. Dessa forma, permite a mesma agilidade de um scooter tradicional nos apertados espaços urbanos e o conforto de parar no sinal sem pôr os pés no chão. Um sistema acionado pelo piloto trava a suspensão, que desarma automaticamente com a reaceleração. Também dá para estacionar sem o uso do descanso ou cavalete. As rodas têm aro 12 polegadas e um disco em cada, aumentando em cerca de 20% a eficiência nas frenagens. Tem ainda câmbio automático e freio de estacionamento.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe