Dica de segurança - Salve seu pescoço

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/07/2009 16:13 Caderno de Veículos /Estado de Minas
Cerol: um olho na pista, outro no céu e antena no guidão - Téo Mascarenhas/Esp. para EM/D.A Press - 22/7/05 Cerol: um olho na pista, outro no céu e antena no guidão
A inocente brincadeira de empinar pipa ou papagaio pode virar tragédia. Nesta época do ano, com a proximidade das férias escolares, o pesadelo do cerol volta a assombrar os motociclistas. A linha coberta com a mistura de vidro moído e cola, feita para 'mandar' a pipa do amigo em uma disputa aérea, também corta o pescoço dos motociclistas. A solução é ficar de olho na frente, nos lados e, também, para cima. Porém, existem algumas atitudes preventivas. Normalmente, as pipas são soltas em lugares mais abertos, como praças, avenidas e ruas largas e campinhos de futebol.

Nessas áreas, é bom triplicar a atenção. Aglomerações de garotos ou pipas no céu são outros fortes indicadores. Outra saída é instalar as antenas corta linha no guidão da moto. Pelo menos uma em cada lado do guidão, para não dar chance de um enrosco lateral. As antenas variam de preço, mas não são equipamentos caros e nem de difícil instalação. Para tentar coibir, a Lei 14.349 proíbe o cerol, com multa que vai de R$ 100 a R$ 1,5 mil, além da apreensão do material e responsabilização dos pais. Quase uma ficção. É melhor ligar o radar e aproveitar as várias blitzes de instalação grátis de antenas em frente às concessionárias Honda de Belo Horizonte.

Leia também

Cerol - Arma de brinquedo

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe