Moto Guzzi Stelvio 1200 NTX - Estrada de responsabilidade

Novo modelo tem vocação para grandes distâncias, sem escolher o caminho, e conta ainda com o eficiente motor Quattrovalvule Evoluzione, de 105cv e 11,5kgfm de torque

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/07/2009 11:45 Téo Mascarenhas /Estado de Minas
Para-brisa e o banco podem ser regulados - Moto Guzzi/Divulgação Para-brisa e o banco podem ser regulados
A Moto Guzzi, tradicional marca italiana, nasceu em Mandello Del Lario, com Carlo Guzzi e Giogio Parodi, em 1921. Atualmente pertence ao grupo Piaggio, também italiano, que, entretanto, conservou sua identidade, produzindo modelos robustos, com a marca registrada dos motores de dois cilindros, com arquitetura em V, inclinados em 90 graus, só que dispostos de forma perpendicular ao sentido de movimento. O modelo Stelvio 1200, com essa mesma configuração e vocação aventureira, foi lançado em março de 2008. E, no mês passado, a Guzzi apresentou a Stelvio 1200 NTX.

A vocação aventureira foi multiplicada e aperfeiçoada na versão NTX, ganhando equipamentos e técnica para cruzar o planeta, se necessário. O próprio nome, Stelvio, não foi escolhido por acaso. É uma tortuosa estrada, aberta em 1855, na região dos Alpes italianos, que cruza o Maciço de Ortles, na região da Lombardia e Trentino, a 2.758 metros de altitude, em uma ligação estratégica com a Suíça, Áustria e Alemanha. Atualmente, a região é uma badalada área de hotéis, restaurantes, spas e estações de ski. Dá para imaginar o visual da paisagem e o prazer de pilotar nessa estrada.

A região também se tornou um dos destinos preferidos para andar de moto. Com essa responsabilidade incorporada no próprio nome, a Moto Guzzi Stelvio 1200 NTX não pretende decepcionar. O motor, com 1.151cm³, nascido em 2006, com refrigeração a ar e óleo e injeção eletrônica, foi modernizado para cumprir a tarefa. Batizado de Quattrovalvule Evoluzione, fornece 105cv a 7.250rpm e torque de 11,5kgfm a 5.800rpm. Ambas em rotações inferiores às da versão anterior, proporcionando melhor desempenho.

Outra responsabilidade assumida pelo modelo foi a de encarar a concorrência. Inclusive a badalada BMW 1200 GS, carro-chefe da marca alemã, com um visual que, para os mais críticos, foi nitidamente inspirado na também aventureira germânica. Coincidências à parte, a Moto Guzzi Stelvio 1200 NTX está pronta para enfrentar qualquer distância e condições de estradas. Para tanto, está equipada com para-brisa regulável mecanicamente, banco também regulável em altura, entre 820mm e 840mm, guidão ajustável e manoplas com aquecimento.

O painel, com o tacômetro analógico e tela digital, tem computador de bordo que informa o consumo médio, instantâneo, distâncias, nível do combustível etc. Para trilhar os caminhos certos, esta maxitrail também pode ser equipada com o sistema de navegação por GPS. A bagagem pode ser acomodada em bolsas laterais de alumínio, bolsa central e bolsa de tanque. Na lateral direita do tanque, com capacidade para 18 litros, fica uma espécie de porta-luvas, que pode ser aberto com um botão no guidão, facilitando o pagamento de pedágios, combustível etc.

A nova Guzzi também pode ser equipada com pneus tipo off-road, para aventuras mais radicais. Os freios contam com o sistema ABS e têm dois discos de 320mm na dianteira, com pinças Brembo radiais. O traseiro tem disco de 282mm. A suspensão dianteira é invertida Marzocchi, com tubos de 50mm e curso de 170mm. A traseira é do tipo mono, Sachs, ancorada em monobraço, que é também por onde passa o eixo cardã da transmissão. Na iluminação, dois faróis redondos na dianteira e leds na traseira, que também abriga a saída do escape com ponteira alta. O peso em ordem de marcha é de 151kg e o câmbio de seis marchas. A Guzzi Stelvio NTX só vai chegar via importadores independentes.

Veículos

Encontre seu veículo

Ultimas Notícias

ver todas

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
Queremos sua ajuda para deixar a experiência no VRUM ainda melhor! Participe Participe